Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

sábado, agosto 28, 2010

Vale desenvolverá projeto de cobre na Zâmbia

A Vale informa que sua estratégica joint venture 50:50 com a African Rainbow Minerals Limited (ARM), companhia listada na bolsa de valores de Johanesburgo, irá iniciar o desenvolvimento do projeto de cobre de Konkola North na Zâmbia.

O projeto possui uma estimativa de investimento de aproximadamente US$ 400 milhões e início da produção previsto para 2013, atingindo capacidade máxima em 2015. A capacidade nominal estimada de produção é de 45.000 toneladas métricas por ano de cobre em concentrado.

A vida esperada da mina é de 28 anos, incluindo três anos do programa de exploração para avaliação da área A, que possui um potencial de expandir a produção de concentrado de cobre para 100.000 toneladas métricas por ano de 2020 em diante. Inicialmente, serão desenvolvidas as minas de South e East Limb, para em seguida minerar as camadas mais profundas, de maior teor e mais amplas.

O nosso investimento em Konkola North, localizado no rico cinturão do cobre na Zâmbia, será alavancado pelo extenso histórico da Vale no desenvolvimento de projetos bem sucedidos de mineração de larga escala em ambientes tropicais. O desenvolvimento deste projeto é consistente com nossa estratégia de nos tornarmos um dos maiores produtores mundiais de cobre e criará valor significativo para nossos acionistas.


Assessoria de Imprensa - Tel: 21 3814-4360/6301
Mônica Ferreira
www.vale.com/saladeimprensa

terça-feira, agosto 24, 2010

PRIMEIRO ATELIER DE CONFECÇÃO DE ARTEFATOS DE GRÃOS DE AÇAÍ NO BRASIL É INAUGURADO.

Porta-revistas e jornais...

Revestimos paredes residenciais com "azulejos"
ou "lajotas" confeccionados com grãos de açaí,
avitando gastos com massa corrida, cimento
e outros...

Modelos de "azulejos" com grãos de açaí...

Cadeira feita com grão de açaí...

Clientes testando nossos produtos...

Porta-jóias com toques japonês...

Artista Plástica Miuki Mikawa, apresentando
nossa linha diversificada de produtos...

Tapete de grão de açaí em cor natural...

Minha esposa testando a resistência da cadeira...

Tapete com detalhes em pintura verde...

Porta-jóia com detalhes japonês...

Porta-jóia com tampa...

Jarro com detalhe em flor...

Testando a resistência do nosso produto...

Depois de bater em todas as portas de órgãos públicos à nível municipal, estadual e federal sem obter nenhum apoio para um dos projetos mais inovadores do Pará, do Brasil e do mundo, que é o aproveitamento do grão do açaí de forma sustentável, fabricando com o mesmo diversos tipos de produtos utilitários, como CADEIRAS, MESAS, ARMÁRIOS, TAPETES, JARROS, REVESTIMENTOS PARA PAREDES RESIDENCIAIS e outros, o Artesão Valter Barreto, juntamente com sua esposa, a Artista Plástica Miuki Mikawa, inaugura no estado do Pará, seu atelier de confecção de artefatos de grãos de açaí "SEMENTE DA ESPERANÇA". O mais importante dessa iniciativa deste casal, é que o mesmo destinará 100% dos lucros auferidos com a venda e comercialização de cada produto, a atividades sociais em comunidades aonde o poder público municipal, estadual e federal, não se fazem presentes no nosso imenso Brasil. Para que isto aconteça, o casal utilizará deste veículo de comunicação tão imprescindível na vida de cada cidadão deste planeta que é a internet, para vender seus produtos aos interessados em qualquer lugar do nosso país. Inclusive, se colocando à disposição de qualquer entidade não governamental, prefeituras e empresas privadas, para ministrar oficinas de confecção de artefatos de grãos de açaí, cursos e palestras sobre o aproveitamento de produtos recicláveis como o grão de açaí.
Contatos através do e-mail: valterbt@gmail.com


Uma mensagem especial aos senhores empresários

Aos empresários dos diversos segmentos comerciais que desejarem nos apoiar nessa nossa iniciativa de aproveitar uma matéria prima que é jogada fora o ano inteiro no Norte do Brasil, que é o grão do açaí, transformando-o em produtos utilitários de qualidade e resistência as açoes do tempo, inclusive tendo um tempo de vida útil superior a maioria das árvores que são derrubadas no Brasil e principalmente na amazônia para satisfazer a ganância do lucro fácil do "homem predador" da natureza, pelo fato do mesmo ser anti-fungo e anti-cupim, adquira de nossas mãos TAPETES PERSONALIZADOS com o nome ou a marca de sua empresa, como também, divisórias para escritórios e salas de departamentos. Com certeza sua parceria conosco adquirindo nossos produtos confeccionados ecologicamente corretos, além de contribuir com o meio ambiente e a natureza, nos proporcionará a oportunidade de abrir portas de trabalho e renda para muitos pais, mães de família e jovens que se encontram fora do mercado de trabalho. Nossa contra partida, será divulgar no nosso blog o nome de sua empresa como nosso parceiro.


Valter Desiderio Barreto e Miuki Mikawa.

GOVERNO FEDERAL CADASTRA ARTESÃOS

Representante do governo municipal de Vigia de Nazaré.

Representante do governo estadual do Pará.




Agentes do governo estadual do Pará, esteve hoje em Vigia de Nazaré para realizar cadastramento de artesãos daquela região.
O objetivo do cadastramento dos profissionais da área artesanal segundo a representante do governo paraense, é para que os mesmo tenham uma ficha cadastral a nível nacional para facilitar o desenvolvimento de suas atividades artesanais como comercialização de seus produtos e inclusive, participação em Feiras promovidas por órgãos de governos estadual, municipal e federal.

Os cadastrados, receberão uma carteira de artesão, contribuindo assim para a isenção de qualquer tributo sobre seus produtos comercializados fora de seu domícilio de orígem, especialmente nas barreiras rodoviárias em qualquer região do Brasil, bastando só apresentar sua carteira de artesão aos agentes dos postos da Receita Estadual, Municipal e Federal.

segunda-feira, agosto 23, 2010

SINOBRAS: SINÔNIMO DE COMPETÊNCIA NO QUE FAZ.

Estou usando equipamento de segurança utilizado pela SINOBRAS






Vice-Presidente Ian Correia nos mostrando vergalhão testado

Funcionários da SINOBRAS

Forno em atividade

Foi no último dia 12 do mês em curso, que tive o grande privilégio de conhecer pela primeira vez, uma siderúrgica por dentro na acepção da palavra.
Graças ao Seminário sobre a Indústria do Aço para Jornalistas, promovido pelo Instituto Aço Brasil, cuja séde é no Rio de Janeiro, a convite do mesmo com todas as despesas pagas de deslocamento de Belém à Marabá via aérea e hospedagem de hotel e alimentação, que conheci de perto a cadeia produtiva do aço e suas complexidades, através da siderúrgica SINOBRAS, instalada na Rodovia PA 150 - Km 425 Distrito Industrial Marabá - PA.
A Siderúrgica Norte Brasil S.A - SINOBRAS tem capacidade para produzir 300 mil toneladas de aço laminado/ano.

A SINOBRAS é a primeira Siderúrgica Integrada das regiões Norte e Nordeste do Brasil e pertence ao Grupo AÇO CEARENSE, referência nos setores comercial e industrial de produtos siderúrgicos, há mais de 30 anos.

O aço produzido na SINOBRAS é resultado da harmonia entre o crescimento e desenvolvimento socioeconômico com a preservação ambiental.

COM TECNOLOGIA DE PONTA

A SINOBRAS produz aços longos para o mercado da construção civil brasileiro. Ao optar pelo processo de produção do aço por meio de aciaria elétrica, a SINOBRAS usa ferro gusa líquido e sucata e desta forma reduz impactos ambientais e a necessidade de recursos naturais.

Os processos operacionais da SINOBRAS são todos automatizados, os produtos são fabricados com a mais atualizada tecnologia disponível no mundo, atendendo a todos os requisitos das normas brasileiras, com qualidade e responsabilidade ambiental e social.

COM RESPEITO AO MEIO AMBIENTE

Para fabricar o aço de forma sustentável, a SINOBRAS preserva os recursos como água, solo e ar. O circuito fechado de água garante a redução de perdas no processo, uma vez que a água é utilizada em grandes volumes na usina, para o resfriamento de equipamentos e produtos.

A utilização de sucata no processo de fabricação do aço contribui para redução de resíduos na natureza e ainda gera empregos, impostos e renda com o fomento ao mercado de reciclagem.

Em suas fazendas de reflorestamento no estado do Tocantins, a SINOBRAS mantém 24.000 hectares de áreas próprias. Deste total, os 14.000 hectares já plantados garantem a autosustentabilidade em carvão vegetal. O total de áreas plantadas corresponde a 16.000 milhões de novas árvores.

COM QUALIDADE

A SINOBRAS produz vergalhões para concreto armado SL25, SL50 em barras e bobinas, barras mecânicas, fio-máquina, fios de aço SL60, treliças e telas eletro soldadas. Toda produção da SINOBRAS é comercializada no mercado interno brasileiro proporcionando qualidade de vida à população.

Os produtos são certificados com selo do INMETRO, através do órgão certificador Bureau Veritas. E, um diferencial é o atendimento customizado ao cliente que faz com que o produto SINOBRAS seja uma excelente opção em aço para construção civil. O aço da SINOBRAS tem excelência na qualidade com preço competitivo.

Valter Desiderio Barreto - Jornalista participante do seminário sobre a indústria do aço, promovido pelo Instituto Aço Brasil em Marabá, Pará no dia 12 de agosto de 2010.






Até quando vamos ver cenas como as de sábado, em um hotel no RJ?

Alexandre Garcia

A ação da polícia deixou muitas dúvidas sobre a tática usada no cerco aos bandidos.
A pergunta mais importante é: como isso tudo começou?

É o que todos nós temos que perguntar.

Com a convivência com a contravenção e depois com o crime, tudo muito normal, com o enfraquecimento da lei, da cultura de estacionar carro na calçada, pagar propina a guarda, de gente que ultrapassa sinal vermelho e se vangloria de ser esperto ao não cumprir a lei. Quando o império da lei se enfraquece e se fortalece a lei da selva, das armas, dos fuzis e das gramadas.

Até quando vamos ver cenas como essas?

Enquanto a lei não voltar a imperar sobre nossas cabeças, enquanto houver quem pague a compra de armas ilegais, comprando drogas.

Soa ofensivo para a cidadania dizer que até a Copa do Mundo isso não vai mais acontecer, que vai ser diferente. É preciso paz não por causa do esporte, mas por causa da morte que ronda o direito básico à vida e à liberdade de ir e vir e de trabalhar.

Segurança é dever do Estado, mas é responsabilidade de todos. O Estado não pode impor a lei se a sociedade a enfraquece. Não por causa dos estrangeiros para os Jogos dentro de quatro ou seis anos. O problema não é só da polícia, é nosso.

domingo, agosto 22, 2010

O ANEL

Um aluno chegou a seu professor com um problema:
- Venho aqui, professor, porque me sinto tão pouca coisa, que não
tenho forças para fazer nada. Dizem que não sirvo para nada, que não faço nada bem, que sou lerdo e muito idiota. Como posso melhorar?
O que posso fazer para que me valorizem mais?

O professor sem olhá-lo, disse:
- Sinto muito meu jóvem, mas agora não posso ajudá-lo, devo primeiro resolver o meu próprio problema. Talvez depois. E fazendo uma pausa falou:
- Se você me ajudar, eu posso resolver meu problema com mais
rapidez e depois talvez possa ajudar você a resolver o seu.
- Claro, professor, gaguejou o jovem, mas se sentiu outra vez desvalorizado

O professor tirou um anel que usava no dedo pequeno, deu ao garoto e disse:
Monte no cavalo e vá até o mercado. Deve vender esse anel porque tenho que pagar uma dívida.
É preciso que obtenha pelo anel o máximo possível, mas não aceite menos que uma moeda de ouro. Vá e volte com a moeda o mais rápido possível.
O jovem pegou o anel e partiu.
Mal chegou ao mercado começou a oferecer o anel aos mercadores.
Eles olhavam com algum interesse, até quando o jovem dizia o quanto pretendia pelo anel.

Quando o jovem mencionava uma moeda de ouro, alguns riam, outros saiam sem ao menos olhar para ele, mas só um velhinho foi amável a ponto de explicar que uma moeda de ouro era muito valiosa para comprar um anel.
Tentando ajudar o jovem, chegaram a oferecer uma moeda de prata e uma xícara de cobre, mas o jovem seguia as instruções de não aceitar menos que uma moeda de ouro e recusava as ofertas.
Depois de oferecer a jóia a todos que passavam pelo mercado e abatido pelo fracasso, montou no cavalo e voltou. O jovem desejou ter uma moeda de ouro para que ele mesmo pudesse comprar o anel, assim livrando a preocupação de seu professor e assim podendo receber sua ajuda e conselhos.
Entrou na casa e disse:

- Professor, sinto muito, mas é impossível conseguir o que me pediu. Talvez pudesse conseguir 2 ou 3 moedas de prata, mas não acho que se possa enganar ninguém sobre o valor do anel.
Importante o que me disse meu jovem, contestou sorridente. Devemos saber primeiro o valor do anel. Volte a montar no cavalo e vá até o joalheiro. Quem melhor para saber o valor exato do anel? Diga que quer vender o anel e pergunte quanto ele te dá por ele. Mas não importa o quanto ele te ofereça, não o venda. Volte aqui com meu anel.

O jovem foi até ao joalheiro e lhe deu o anel para examinar. O joalheiro examinou o anel com uma lupa, pesou o anel e disse:
- Diga ao seu professor que, se ele quer vender agora, não posso dar mais que 58 moedas de ouro pelo anel.

- 58 MOEDAS DE OURO! Exclamou o jovem.
- Sim, replicou o joalheiro, eu sei que com tempo eu poderia oferecer cerca de 70 moedas, mas se a venda é urgente...
O jovem correu emocionado a casa do professor para contar o que ocorreu.
- Senta, disse o professor e depois de ouvir tudo que o jovem lhe contou, disse:
- Você é como esse anel, uma jóia valiosa e única. Só pode ser avaliada por um especialista. Pensava que qualquer um podia descobrir o seu verdadeiro valor?
E dizendo isso voltou a colocar o anel no dedo.

Todos nós somos como esta jóia. Valiosos e únicos e andamos por todos os mercados da vida pretendendo que pessoas inexperientes nos valorizem.

Repense o seu valor!


Colaboração da nossa leitora Irene Leite Ferreira de Parauapebas, Pará.

quinta-feira, agosto 19, 2010

Em tempos de polícia técnica e científica, polícia ouve vidente

Alexandre Garcia

A polícia ouviu uma vidente no caso do assassinato do ex-ministro José Guilherme Villela. Há dois mil anos, imperadores ouviam pitonisas para saber os augúrios das batalhas próximas. O crime já faz um ano sem que a polícia tenha descoberto os executores.

Agora, a filha, um ex-policial, uma ex-empregada, uma vidente e o marido estão presos por atrapalhar as investigações. O assassinato do ex-advogado do presidente Collor e ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral tem todos os ingredientes para um bom romance policial, cheio de mistérios. Tem até uma vidente a dar pistas falsas que a então presidente do inquérito aceitou.

Em tempos de polícia técnica e científica, uma vidente dá informações sobre onde encontrar uma chave. Agora, a vidente não conseguiu prever em causa própria – a própria prisão. Mesmo estando no Rio Grande do Sul, perto da fronteira com o Uruguai, não anteviu sua prisão. Agora, vai ter que explicar se algum anjo exterminador a inspirou na previsão da chave plantada para incriminar outras pessoas.

A polícia acredita que essa seja a chave do mistério.

Atentado a desembargador no Sergipe é crime político

Alexandre Garcia

O presidente do Supremo pediu proteção federal aos juízes eleitorais. A medida é necessária porque atentados assim são do tempo da República Velha, antes de 1930. Não dá para aceitar que volte esse tipo de crime eleitoral, de crime político.

É, sim, um crime político o que aconteceu em Sergipe. Atacar um desembargador do Tribunal de Justiça é um crime político. Atacar um ex-secretário de segurança é um crime político. Atacar um homem que preside as eleições no estado é um crime político.

E não é apenas uma questão estadual. É federal também. O alvo é um homem que preside a eleição de presidente da República em Sergipe. Não há como minimizar esse atentado que tem todas as características de encomendado e planejado, ainda que possa ter motivações pessoais.

O presidente da Justiça Eleitoral disse que é um caso isolado e incomum. Não é. Todos nós vivemos em um país em que os direitos humanos se medem pelo número de homicídios. Em média, 137 brasileiros são assassinados por dia.

sábado, agosto 14, 2010

INSTITUTO AÇO BRASIL PROMOVE SEMINÁRIO PARA JORNALISTAS.

Colegas Jornalistas do Sul do Pará.

Presidente do IABr e Vice da SINOBRAS e equipe.

Presidente do Instituto Aço Brasil fazendo anotações


Jornalista Valter e dupla de repórteres da TV Cultura de Belém.

Equipe da SINOBRAS em apoio ao seminário.

Presidente do Instituto Aço Brasil IABr e o Vice da SINOBRAS

Ian Correia - Vice-Presidente da SINOBRAS.

Foto registro dos participantes do seminário.


Marco Polo de Mello Lopes - Presidente Executivo do IABr

Foi com muita honra e satisfação que este blogueiro participou no último dia 12 do mês corrente, do Seminário sobre a INDÚSTRIA DO AÇO para Jornalistas, promovido pelo Instituto Aço Brasil, no auditório da siderúrgica Sinobras, no Distrito Industrial de Marabá estado do Pará.
Com certeza todos que tiveram o privilégio de participar deste tão importante evento aprenderam muito sobre a importância do aço na vida de cada cidadão, não só brasileiro, como do mundo inteiro, pois o mesmo está presente em quase tudo que é utilizado por cada um de nós. Presentes estavam os principais responsáveis pelo seminário. MARCO POLO DE MELLO LOPES, Presidente Executivo do Instituto Aço Brasil, cuja séde é no Rio de Janeiro, e parte do seu staf do corpo administrativo, e o Vice-Presidente da SINOBRAS, IAN CORREIA. O seminário teve seu início as 9:30 da manhã do dia 12, encerrando-se as 19 horas, com pequenos intervalos para os Coffe Breaks e almoço e visitas às dependências da usina Sinobras. Posteriormente faremos uma matéria mais detalhada sobre o que aprendemos no seminário, da importância da produção de aço no Brasil por empresas comprometidas com o progresso do nosso pais, respeitando o meio ambiente numa convivência harmoniosa com a natureza, a exemplo do que faz a Usina Sinobras, grande referência de competência e responsabilidade social, ambiental e sustentabilidade econômica do nosso país. Quero deixar registrado aqui, meus agradecimentos pelo honroso convite do Instituto Aço Brasil para participar desse tão importante conclave, patrocinando nosso deslocamento de Belém a Marabá por via área ida e volta, como também hospedagem e alimentação e o transbordo entre aeroporto e hotel. Um agradecimento muito especial a competente equipe da Assessoria de Comunicação do Instituto Aço Brasil no Rio de Janeiro, que cuidou de forma eficiente não só de nossas inscrições como do nosso deslocamento com envio de passagens aéreas até Marabá e a nossa recepção até o prédio do auditório da Sinobras naquele município. Nossos agradecimentos, são extensivos também, a equipe de apoio da Usina Sinobras que nos proporcionou uma excelente recepção inclusive nas visitas aos setores da usina.

terça-feira, agosto 10, 2010

Vale: Goro produz metal pela primeira vez

A Vale informa que o projeto Goro, localizado na Nova Caledônia no sul do Pacífico, produziu com sucesso as primeiras quantidades de produtos de metal de níquel.

O trabalho de comissionamento das operações do Goro está quase completo. Ele continuará a ser executado nos próximos meses, esperando-se que a refinaria esteja em operação até o final do ano.

O Goro é um projeto de níquel laterítico com capacidade nominal para produzir anualmente 58.000 toneladas métricas de níquel e 4.000 toneladas métricas de cobalto como subproduto.

Rio de Janeiro, 9 de agosto de 2010

sexta-feira, agosto 06, 2010

A Verdade Nos Transforma

“A palavra graciosa de Deus pode fazer de vocês o que ele quer que vocês sejam e dar-lhes tudo que vocês venham a necessitar.” Atos 20:32 - Msg.

O crescimento espiritual é o processo no qual substituímos as mentiras pelas verdades. Jesus orou: Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade. Santificação exige revelação. O Espírito de Deus usa a Palavra de Deus para nos tornar semelhantes ao Filho de Deus. Para nos tornar semelhantes a Jesus, devemos preencher nossa vida com a sua Palavra. A Bíblia diz: Por meio da Palavra, somos unidos e moldados para as tarefas que Deus tem para nós.

A Palavra de Deus é diferente de qualquer outra palavra. Ela é viva. Jesus disse: As palavras que eu lhes disse são espírito e vida. Quando Deus fala, as coisas mudam. Tudo ao seu redor - toda a criação - existe porque disse Deus. Foi pelas suas palavras que tudo veio a existir. Sem elas, você nem estaria vivo. Tiago observa: Deus decidiu nos dar vida pela palavra da verdade, de modo que sejamos a mais importante de todas as coisas que ele fez.

A Bíblia é muito mais do que um manual de doutrinas. A Palavra de Deus gera a vida, cria a fé, produz mudanças, afugenta o diabo, realiza milagres, cura feridas, edifica o caráter, transforma as circunstâncias, transmite alegria, supera a adversidade, derrota a tentação, infunde esperança, libera poder, limpa nossas mentes, cria as coisas e nos garante o futuro eterno! Não podemos viver sem a Palavra de Deus! Nunca subestime o valor dela. Você deve considerá-la tão essencial para sua vida como a comida. Jó disse: Dei mais valor às palavras de sua boca do que ao meu pão de cada dia.

A Palavra de Deus é o alimento espiritual do qual você tem de se alimentar, para cumprir seu propósito. A Bíblia é chamada de nosso leite, pão, comida sólida e doce sobremesa. Essa refeição completa é o menu do Espírito Santo para o fortalecimento e crescimento espiritual. Pedro nos aconselha: ... desejem de coração o leite espiritual puro, para que por meio dele cresçam para a salvação.

Para ser um saudável discípulo de Jesus, alimentar-se da Palavra de Deus deve ser a primeira prioridade. Jesus chamou isso de “permanecer”, Ele disse: Se vocês permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente serão meus discípulos.

A Bíblia deve se tornar o critério definitivo para minha vida: a bússola na qual confio para saber a direção, o conselho a que dou ouvidos para tomar decisões sábias, e o parâmetro que utilizo para avaliar todas as coisas. A Bíblia deve sempre ter a primeira e a última palavra em minha vida.

Extraído do Livro: Uma Vida Com Propósitos

Autor: Rick Warren

Para Meditar: "Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão de alma e espírito, e de juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração." Hebreus 4:12.

Oração: “Senhor, eu sei que a Tua Palavra é a Verdade, ajuda-me a permanecer na Tua Palavra e me santificar cada dia mais, em nome de Jesus.” Amém.

Vale já está pagando horas in itinere







Vale inaugura mina de rocha fosfática no Peru

Implantação de Bayóvar envolveu investimento de US$ 566 milhões e gerou cerca de 1300 empregos. Empreendimento marca o início de uma das maiores operações de rocha fosfática da América do Sul
A Vale oficialmente inaugurou ontem a mina de rocha fosfática de Bayóvar, um dos maiores depósitos de rocha fosfática da América do Sul, situada no deserto de Sechura, no departamento de Piura, no Peru. Com capacidade de produção de 3,9 milhões de toneladas métricas anuais, a mina de Bayóvar começou a operar dia 10 de julho. O investimento total na implantação do empreendimento foi de US$ 566 milhões.

Além da mina a céu aberto, a operação inclui uma planta concentradora, uma estrada industrial de 32 km, área de descarga de caminhões, correia transportadora sobre o terreno, área para secagem e armazenamento, porto, linha de impulsão de água do mar e linhas de transmissão. A produção de rocha fosfática da Vale no Peru será destinada, principalmente, aos mercados do Brasil, da América do Norte e da Ásia.

Para viabilizar a operação de Bayóvar, a Vale priorizou a contratação de mão de obra local, com o objetivo de criar oportunidades de trabalho para os moradores locais e contribuir para o desenvolvimento da província de Sechura. Foram gerados cerca de 1300 empregos diretos e indiretos para os sechuranos na etapa de implementação. A operação se inicia com aproximadamente 300 postos de trabalho locais.

A Vale e seus sócios na mina de Bayóvar - Mosaic e Mitsui - estão comprometidos com o desenvolvimento da comunidade de Sechura. Desde 2008, foram executados 15 programas sociais, beneficiando cerca de três mil moradores, todos da área de influência direta e indireta da operação. Além disso, estão sendo implementados programas que beneficiarão a província de Sechura em infraestrutura e capacitação de mão de obra, saúde, saneamento básico e educação.

O crescimento da indústria de fertilizantes está sustentado no aumento da demanda global por nutrientes. Este cenário se deve principalmente ao rápido desenvolvimento econômico dos países emergentes, que vem sendo acompanhado por uma maior produção de biocombustíveis e aumento da produção agrícola de países já considerados potências nesta área, como os da Ásia e o Brasil.

A operação de Bayóvar contribui para que a Vale se transforme em líder global na indústria de fertilizantes. Com seus investimentos neste segmento, a Vale dará um importante suporte como fornecedora de matéria-prima para a expansão da agricultura, contribuindo para que os agricultores possam ter um ambiente mais competitivo na oferta de insumos essenciais para a produtividade de suas lavouras.

Além de Bayóvar, no negócio de fosfatados, a Vale concluiu, em 27 de maio, a aquisição dos ativos de fertilizantes da Bunge no Brasil e do controle da Fosfértil, e realiza estudos para desenvolver o projeto Evate, em Moçambique. Na área de potássio, a Vale tem operado com êxito a mina de Taquari-Vassouras no Brasil desde o início dos anos 90, além de contar com um portfólio extenso de projetos que inclui: Carnalita, no Brasil; Rio Colorado e Neuquén, na Argentina; e Regina, no Canadá.

Sobre a Vale

A Vale é a segunda maior mineradora diversificada do mundo. Presente em mais de 30 países, é a maior produtora mundial de minério de ferro e pelotas, material essencial para a indústria do aço, e um dos maiores produtores de níquel, que é utilizado para produzir aço inoxidável, baterias, ligas de metais especiais, químicos e outros produtos. A empresa também produz cobre, manganês, ferro-ligas, potássio, bauxita, alumina, alumínio e carvão, entre outros produtos presentes na vida diária das pessoas. Para mais informações, acesse: www.vale.com/saladeimprensa

Sobre a Mosaic

A Mosaic Company é uma das líderes mundiais em produção e comercialização de fertilizantes de fosfato concentrado e potássio. A Mosaic fornece fertilizantes à base de fosfato e potássio assim como nutrientes para alimentação voltados à indústria agrícola mundial. Mais informações sobre a empresa estão disponíveis em www.mosaicco.com.

Sobre a Mitsui

A Mitsui é uma das empresas mais diversificadas do mundo nas áreas de trading, investimentos e serviços. A empresa tem 151 escritórios em 66 países (junho 2010). Utilizando sua rede global de escritórios e recursos de informação, a Mitsui realiza negócios que abrangem desde venda de produtos, logística global e financiamento, até o desenvolvimento de importante infraestrutura internacional e outros projetos nas seguintes áreas: produtos de minério de ferro e siderurgia, veículos, navegação e aviação, produtos químicos, energia, alimentos e varejo, serviços para o consumidor, informação, eletrônica e telecomunicações, mercado financeiro e logística de transporte.

Para mais informações, visite o site: http://www.mitsui.co.jp/en/index.html

quinta-feira, agosto 05, 2010

Namorada de Bruno chega ao DI algemada e chorando após ser presa


Fernanda Gomes de Castro, namorada do Bruno, foi presa em Belo Horizonte

Além dela, oito pessoas estão presas por envolvimento no caso Eliza.
Polícia localizou Fernanda no apartamento de Macarrão, em Minas.


A namorada do goleiro Bruno, Fernanda Gomes de Castro, chegou ao Departamento de Investigações por volta das 18h30, depois de ser presa em Belo Horizonte. A jovem estava algemada, e chorava muito. Ela chegou ao DI com a delegada Ana Maria dos Santos, que participou do inquérito sobre a morte de Eliza Samudio, e estava acompanhada de uma advogada. Depois ela foi encaminhada ao Instituto de Medicina Legal para exame de corpo de delito. Ela retornou ao DI e foi encaminhada ao Complexo Penitenciário Estevão Pinto.

Fernanda estava no apartamento de Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, em Belo Horizonte. Ela é a única que estava em liberdade entre os nove denunciados pela Promotoria de Contagem (MG) por envolvimento no desaparecimento e morte de Eliza.

Segundo o delegado Wagner Pinto, o mandado de prisão preventiva da jovem foi expedido pela juíza Marixa Fabiane Lopes, nesta quarta-feira (4). "Estávamos tentando cumprir o mandado desde ontem [quarta]. Com base em informações coletadas pela nossa investigação, conseguimos descobrir que ela estava escondida no apartamento do Macarrão."

Oito pessoas já haviam sido presas por envolvimento no caso: o goleiro Bruno; Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão; Marcos Aparecido dos Santos, o Bola; Sérgio Rosa Sales; Dayanne Souza; Elenilson Vítor da Silva; Flávio Caetano; e Wemerson Marques. Todos os acusados negam o crime.


Fernanda chegou algemada e chorando ao DI, em
Belo Horizonte (Foto: Pedro Triginelli/G1)Segundo a Secretaria de Defesa Social de Minas Gerais, Elenilson, Wemerson e Flavio estão presos no Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem (MG). O primo do goleiro, Sérgio Rosa Sales, está no Centro de Remanejamento de Presos São Cristóvão; e a mulher de Bruno, Dayanne Souza, está no Complexo Penitenciário Estevão Pinto, ambos em Belo Horizonte.

O promotor Gustavo Fantini revelou, em um comunicado distribuído à imprensa, na manhã desta quinta-feira, que todos os nove indiciados no caso do desaparecimento e morte de Eliza foram denunciados. Todos vão responder na Justiça por homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado, ocultação de cadáver e corrupção de menor, exceto Bola, que responderá por dois crimes. Bola foi denunciado por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver.

saiba mais

Namorada de Bruno é presa em apartamento de Macarrão em MGCronologia do caso Eliza SamudioEntenda o caso
Nascida em Foz do Iguaçu (PR), Eliza Samudio se mudou para São Paulo e posteriormente para o Rio. Em 2009, teve um relacionamento com o goleiro Bruno, engravidou e afirmou que o pai de seu filho é o atleta. O bebê nasceu no início de 2010 e, agora, está com a mãe da jovem, em Mato Grosso do Sul.

A polícia mineira começou a investigar o sumiço de Eliza em 24 de junho, depois de receber denúncias de que uma mulher foi agredida e morta perto do sítio de Bruno.

A jovem falou pela última vez com parentes e amigas no início de junho.

O corpo de Eliza não foi encontrado. Mas os delegados consideram a jovem morta.

Luta pelo fim da violência contra a mulher é de toda a sociedade


Por Mirian Leitão
imprimir Depois de todas as conquistas na sociedade, no mercado de trabalho, as mulheres ainda são vítimas de violência. Ao olhar os avanços da mulher, pensamos que isso ficou no passado. Mas não é verdade.

Pode ser que o número de denúncias esteja aumentando porque as mulheres têm mais coragem e mais acesso a locais onde reclamar. Mas os dados são inequívocos: as mulheres continuam sendo vítimas de violência dentro de casa.

Nem sempre a violência é física. Pode ser moral, com agressões verbais, que vão minando a autoconfiança da mulher, que não consegue sair dessa situação. Quando os filhos são testemunhas ou parte da violência, acabam reproduzindo esse comportando. Isso cria a sucessão da violência.

Esse é um problema milenar, que acontece em todas as sociedades. Tem que ser enfrentado de todas as formas. Temos que lutar seriamente contra esse problema.

Há uma história interessante sobre isso: na Suécia, um urso matou um caçador no mesmo dia em que um marido matou a mulher. Os jornais deram mais destaque ao urso. Os homens da cidade acharam isso tão absurdo que fizeram um movimento nacional para aumentar a punição ao agressor contra a mulher.

A luta pelo fim da violência contra a mulher é da sociedade, não só da mulher.

COMENTÁRIO:

A VIOLÊNCIA NÃO SÓ CONTRA A MULHER, MAS CONTRA TODA A RAÇA HUMANA, ESTÁ ASSOCIADA A FALTA DE DEUS NO CORAÇÃO DO HOMEM. NENHUMA AUTORIDADE DESTE MUNDO TERÁ O PODER DE ACABAR COM A VIOLÊNCIA QUE GRAÇA A CADA DIA EM TODOS O SETORES DA SOCIEDADE.

NENHUMA LEI POR MAIS SEVERA QUE SEJA, IMPEDIRÁ QUE SERES HUMANOS PRATIQUEM TODO TIPO DE VIOLÊNCIA, ASSIM COMO TEMOS VISTO NOS ÚLTIMOS DIAS NOS TELEJORNAIS, ENVOLVENDO INDIVÍDUOS INDEPENDENTEMENTE DE FORMAÇÃO ACADÊMICA, SOCIAL E FINANCEIRA, COMO POR EXEMPLO: O EX-GOLEIRO DO FLAMENGO BRUNO E O ADVOGADO MIZAEL QUE MATOU A EX-NAMORADA.

A QUESTÃO DA CRIMINALIDADE ESTÁ INTRISECAMENTE LIGADA AO FÓRUM ÍNTIMO DO SER HUMANO COMO NOS AFIRMA O PRÓPRIO JESUS CRISTO NO EVANGELHO DE MARCOS, CAPÍTULO 7, VERSOS 21, 22 E 23.

"Porque de dentro, do coração dos homens, é que procedem os maus desígnios, a prostituição, os furtos, os homicídios, os adultérios, a avareza, as malícias, o dolo, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Ora, todos estes males vêm de dentro e contaminam o homem".

No Livro do Profeta Oséias, capítulo 4, a partir do verso 1º, encontraremos os verdadeiros motivos de tanta violência imperando e grassando no mundo. "Ouvi a palavra do Senhor, vós, filhos de Israel, porque o Senhor tem uma contenda com os HABITANTES DA TERRA, porque nela não há VERDADE, nem AMOR, nem CONHECIMENTO DE DEUS. O que só PREVALECE é PERJURAR, MENTIR, MATAR, FURTAR E ADULTERAR, e há ARROMBAMENTOS e HOMICÍDIOS. Por isso, a TERRA está de LUTO, e todo o que MORA nela DESFALECE, com os ANIMAIS DO CAMPO e com as AVES DO CÉU; e até os PEIXES DO MAR PERECEM...".

Então, acabamos de ver que o único antídoto para esse mal chamado violência contra as mulheres, crianças, idosos, contra a natureza e contra a todos, é o ser humano tomar VERGONHA NA CARA e se CURVAR diante de DEUS, o TODO PODEROSO, e pedir perdão pelos seus pecados, arrependendo-se de tudo àquilo que tem feito que desagrada ao Senhor, inclusive deixando de ADORAR outros deuses, como as IMAGENS DE ESCULTURA, que Deus tanto condena, e se CONVERTER ao SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO, nascendo de novo, e transformando-se em uma NOVA CRIATURA conforme diz a Palavra de Deus.

Examine a Bíblia, se você examiná-la com humildade diante de Deus, com certeza absoluta, Ele através do Espírito Santo, lhe fará convencer-se que a única culpa de toda a tragédia da humanidade está em cada um de nós, quando insistimos em DESOBEDECER os MANDAMENTOS do Senhor Deus. E para você tomar essa atitude, você não precisa de nenhuma religião, nenhum PASTOR, nenhuma PADRE, nenhum tipo de líder religioso, você só precisa ir ao encontro do SENHOR JESUS CRISTO que é O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA, e ninguém irá ao PAI se não for por Ele.

Valter Desiderio Barreto - Escritor, artesão, ex-professor de psicologia, filosofia, sociologia, pós-graduado em psicanálise, jornalista e teólogo.

Justiça decreta prisão preventiva de Bruno e mais 8 no caso Eliza, diz MP


Fernanda, ao lado do advogado Ércio Quaresma, é
considerada pelo promotor como foragida da
Justiça.

Promotor afirma que juíza já expediu mandados e TJMG não confirma.
Polícia tenta cumprir prisão de Fernanda Gomes, única em liberdade.

O promotor Gustavo Fantini disse, nesta quinta-feira (5), que a juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues expediu o mandado de prisão preventiva para o goleiro Bruno e oito envolvidos no desaparecimento e morte de Eliza Samudio. Ele afirmou que todos foram denunciados por quatro crimes. A assessoria de imprensa do TJMG não confirma que os mandados de prisão tenham sido expedidos.

Entre os nove denunciados, Fernanda Gomes de Castro é a única que está em liberdade. A Polícia Civil de Minas Gerais informou que recebeu o mandado de prisão contra ela nesta quarta-feira (4). O delegado Wagner Pinto disse que não sabe informar se Fernanda está em Minas ou no Rio de Janeiro, onde mora. Ele considera Fernanda como foragida da Justiça e pediu ajuda à polícia do Rio de Janeiro para prendê-la.

saiba mais

Cronologia do caso Eliza Samudio
Termina nesta quinta prazo de prisão temporária de suspeitos de caso Eliza
Promotor denuncia indiciados no inquérito do caso Eliza Samudio
Polícia diz que inquérito do caso Eliza foi concluído.
Bruno usou intervalo da Copa para matar Eliza, diz delegadoSegundo o promotor, todos eles vão responder na Justiça por homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado, ocultação de cadáver e corrupção de menor. "Foram expedidos todos os mandados de prisão preventiva. Todos ficarão presos até que sejam revogadas as preventivas", disse Fantini.

O inquérito foi concluído pela polícia no dia 29 de julho. Segundo o promotor, à exceção de Bola, todos os outros foram denunciados por homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, sequestro e cárcere privado e corrupção de menor. Bola foi denunciado por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver.

Fantini não aceitou o indiciamento por formação de quadrilha. "Não havia prova de estabilidade, ou seja, se eles se reuniam com rotina para poder premeditar um crime", disse ele.

Bruno, Macarrão, Bola, Elenilson, Wemerson e Flavio estão presos no Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem (MG). O primo do goleiro, Sérgio Rosa Sales, está no Centro de Remanejamento de Presos São Cristóvão; e a mulher de Bruno, Dayanne Souza, está no Complexo Penitenciário Estevão Pinto, ambos em Belo Horizonte. O adolescente que também é suspeito de envolvimento no caso está no Centro de Internação Provisória no Horto, na capital mineira.

Materialidade indireta
"Corpo de Eliza Samúdio não foi encontrado, mas todas as outras provas que são contundentes suprimem o relatório de necropsidade", disse Fantini.

Ele afirmou que se baseou nas provas criminais, que são incontestáveis, como o sangue encontrado na Range Rover que seria de Eliza, e os extratos de ligações telefônicas entre os envolvidos, sem citar nomes. O promotor disse que não pode dar mais detalhes pelo fato de o caso correr em segredo de Justiça.

"Bruno é o mandante e executor do crime", disse o promotor, explicando que por "executor" entende-se que ele participou de todos os passos na condução de Eliza do Rio de Janeiro para Belo Horizonte em companhia de Fernanda.

Fantini afirmou que os indiciados serão citados em um prazo de dez dias. Em seguida haverá uma fase de instrução criminal realizada pelo Ministério Público de Minas Gerais, na qual os advogados dos envolvidos vão poder defender os clientes. Juíza vai decidir se aceita e denúncia e como será feito o julgamento.

Sobre a questão de o crime ter ocorrido em Contagem ou Vespasiano, ele diz que isso não prejudica o processo. "Independentemente da comarca, crime é plurilocal, porque começou a acontecer no Rio, com a busca de Eliza, passou por Esmeraldas (MG), depois Eliza teria sido morta em Vespasiano (MG)", disse o promotor.

Bill Gates e bilionários prometem doar metade de suas fortunas

Quarenta bilionários dos Estados Unidos se comprometeram nesta quarta-feira (4) a doar pelo menos metade de suas fortunas para instituições de caridade. A campanha é do investidor Warren Buffett e do fundador da Microsoft, Bill Gates. A adesão conta com nomes como o do prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, e o do magnata da mídia Ted Turner.

Bill tem, inclusive, uma fundação em que atua junto de sua mulher, Melinda, e reverte parte de sua fortuna para ações sociais nos EUA e investimentos na área de saúde em países pobres. Segundo levantamento, a família Gates já doou mais de US$ 28 bilhões para sua própria instituição.

De acordo com a revista Forbes, os Estados Unidos têm 403 bilionários, sendo os maiores deles Bill Gates, com US$ 53 bilhões, e Warren Buffett, com US$ 47 bilhões.

Frases dignas de prêmio


'O que te engorda não é o que você come entre o Natal e o Ano Novo, mas o que você come entre o Ano Novo e o Natal'
(Solange Couto)



'Se o horário oficial é o de Brasília, por que a gente tem que trabalhar na segunda e na sexta?'
(Dorival Caymi)

'O homem é um ser tão dependente que até pra ser corno precisa da ajuda da mulher. Pra ser viúvo também'
(Principe Charles)


'Cabelo ruim é igual a bandido... Ou tá preso ou tá armado'
(Ronaldinho Gaúcho)

'Preguiçoso é o dono da sauna, que vive do suor dos outros'
(Roberto Justus)

'Não me considere o chefe, considere-me apenas um colega de trabalho que sempre tem razão'
(Galvão Bueno)

'Malandro é o pato, que já nasce com os dedos colados para não usar aliança'
(Zeca Pagodinho)

'Mulher gorda é que nem Ferrari.....
Quando sobe na balança vai de zero a cem em um segundo'
(Reginaldo Leme)

'Os psiquiatras dizem que uma em cada quatro pessoas tem alguma deficiência mental...
Fique de olho em três dos seus amigos. Se eles parecerem normais, retardado é você'
(Antônio Palocci)

'Se homossexualismo fosse normal...
Deus teria criado Adão e Ivo'
(Gilberto Braga)


'Todo mundo tem cliente. Só traficante e analista de sistemas é que tem usuário'
(Bill Gates)

'Casamento começa em motel e termina em pensão'
(Romário)

'Seja legal com seus filhos. São eles que vão escolher seu asilo'
(Itamar Franco)

'Antigamente, o homossexualismo era proibido no Brasil.
Depois, passou a ser tolerado.
Hoje é aceito como coisa normal...
Eu vou-me embora antes que se torne obrigatório'
(Arnaldo Jabor)

'Passar a mulher pra trás é fácil. O difícil é passar adiante'
(Eduardo Suplicy)

'O Brasil está igual a carro velho: para subir não tem força, para descer não tem freio'
(Dilma Roussef)

terça-feira, agosto 03, 2010

Vale recebe embaixador da Alemanha em Belém

A Vale recebeu na tarde desta última segunda-feira, 02/08, o diplomata Wilfried Grolig, embaixador da Alemanha no Brasil; o primeiro Conselheiro da Embaixada e Adido para assuntos Econômicos, Manfred P. Emmes; o Cônsul Honorário da Alemanha no Pará e Amapá, Paul Mollher Steffen no escritório da empresa em Belém.

A comitiva foi recebida pelo gerente de Relações Institucionais da empresa, José Fernando Gomes, que fez uma apresentação sobre a atuação da Vale no Pará, suas operações e os novos investimentos da empresa no Estado, a exemplo da Aços Laminados do Pará ( Alpa).

A reunião com a Vale faz parte da programação de visita oficial da embaixada que pretende conhecer a realidade econômica do Pará, seus desafios e suas potencialidades, com o objetivo de fomentar o intercâmbio das relações técnico-científicas e a atração de investimentos privados no Estado.

Também participou do encontro, a Sinobras, empresa sediada em Marabá, representada pelo seu diretor de sustentabilidade, Clayton Labes, que falou da atuação da siderúrgica em Marabá e sobre o projeto Aline, uma parceira com Vale, que resultará na produção de laminados a frio e chapas galvanizadas a partir dos produtos gerados pela Alpa.

Ao final da apresentação, a Vale presenteou o embaixador e sua comitiva com exemplares do livro Harpia, publicação lançada pela mineradora com fotos inéditas do gavião-real ou harpia em seu habitat natural, na Floresta Nacional de Carajás, onde a Vale mantém o projeto de ferro.
Belém, 2 de agosto de



Assessoria de Imprensa - Tel: 91 3215-2461 / Cel: 91 3215-2462
Lívia Amaral (Belém) - Tel: 91 3215-2460 / Cel: 91 9100-9276
Regina Rozin (Sudeste do Pará) - Tel: 94 3327-4763 / Cel: 94 8803-1039
www.vale.com/saladeimprensa