Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

segunda-feira, abril 25, 2011

Joelmir Beting merece o OSCAR!


O Viajante
texto de Joelmir Beting

Se beber não dirija. Nem governe.


Até aqui, em 40 meses de governo, o presidente Lula já cometeu 102 viagens
ao mundo. Ou mais de duas por mês, tal como semana sim, semana não.


Sem contar, ora pois, as até aqui, 283 viagens pelo Brasil...

Hoje, dia 15, ele completa 382 dias fora do país desde a posse. E pelo
Brasil, no mesmo período, 602 dias fora de Brasília.


Total da itinerância presidencial, caso único no mundo e na História: Exatos
984 dias fora do Palácio, em exatos 1.201 dias de presidência.
Equivale a 81,9% do seu mandato fora do seu gabinete. Esta é a defesa da
tese de que ele não sabia e nem sabe de nada do que acontece no Palácio do
Planalto.


Governar ou despachar, nem pensar.
A ordem é circular. A qualquer pretexto.
E sendo aqui deselegante, digo que o presidente não é (nem nunca foi)
chegado ao batente, ao despacho, ao expediente.




Jamais poderá mourejar no gabinete, dez horas por dia, um simpático
mandatário que tem na biografia o nunca ter se sentado à mesa nem para
estudar, que dirá para trabalhar.
SEM CONTAR AS DESPESAS:


FHC, EM 8 ANOS DE GOVERNO, GASTOU R$ 58 MILHÕES, CRITICADOS PELO PT.
LULA ATÉ AGORA, EM MENOS DE 7 ANOS, GASTOU R$ 584 MILHÕES! E SÓ AS
IDENTIFICADAS PELA IMPRENSA



E o povão ainda aplaude e vota!

TODOS PRECISAM SABER.
VAMOS REPASSAR

Colaboração enviada da acadêmica de Direito Micheline Diniz Barreto.

sábado, abril 16, 2011

Valmir Pereira Desidério dos Santos Barreto deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Perspectivas de consumo do aço no mercado interno ...":

Olá meu Querido e muito amado Mano Valter, Boa tarde! Fico muito grato pela sua gentileza de postar os nossos Trabalhos Literário em seu Blog! Fica com Deus e tá uma outra oportunidade! Teu Mano que muito te ama do fundo do meu coração. Valmir. Cedro - Ceará Postado por Valmir Pereira Desidério dos Santos Barreto no blog VALTER DESIDERIO BARRETO em 15 de abril de 2011 16:00

quarta-feira, abril 13, 2011

DEDICATÓRIA AO MEU IRMÃO: VALTER DESIDÉRIO BARRETO

OS IRMÃOS GÊMEOS VALTER E VALMIR-GUERREIROS DO SENHOR.
Vamo-nos

Amar sem

Limites para

Tornar-mos

Entusiasta

Reprimindo O

Demônio que age

Em Silêncio

Sobre Aquele

Irmão que se

Desvia do

Espírito Maligno

Responsável Pelas

Intrigas que

Opera em nosso meio

Basta Que

Alguém O

Reprima O

Rei das Trevas

E ele se manifesta

Terrivelmente contra

O Verdadeiro Adorador de Cristo...

Autor: Valmir Pereira dos Santos Cedro – Ceará, 13 de Abril de 2011


OBRIGADO MEU QUERIDO MANO POETA E CORDELISTA, PELA LINDA HOMENAGEM QUE VOCÊ FAZ A MIM ATRAVÉS DESTE ACRÓSTICO! DEUS SEJA LOUVADO! O DIABO NÃO CONSEGUIU NOS DESTRUIR. NÓS TEMOS UM DEUS TODO PODEROSO QUE NOS DÁ A VITÓRIA CONTRA O INIMIGO DE NOSSAS ALMAS E INIMIGO DE DEUS, QUE TEM CAUSADO MUITOS ESTRAGOS NESTE MUNDO QUE "JÁZ NO MALÍGNO", CONFORME NOS DIZ AS ESCRITURAS SAGRADAS.

ABRAÇOS: SEU MANO VALTER QUE TE AMA COM O VERDADEIRO AMOR DE CRISTO JESUS.

terça-feira, abril 12, 2011

Reis do Brega agora cantam para Jesus

JUCA MEDALHA


Entre os astros, Juca Medalha e Roberto Villar só interpretam gospel Dos palcos de shows de brega para os altares das igrejas. Assim é a história de muitos cantores locais que deixaram fama e sucesso para entoar hinos de louvor em templos de várias denominações religiosas. Roberto Villar, conhecido como o "profissional papudinho" por causa dos hits que emplacou nos 80 e 90, Juca Medalha, famoso pelo sucesso "Kelly", Mirlla Carvalho, ex-vocalista da banda Companhia do Calypso, Cícero Rossi, que embalou o sucesso ‘Vagabunda’, e Nina Barbosa são alguns exemplos de conversão e mudança de vida.

Jucelin Pereira de Medeiros, conhecido como Juca Medalha, começou sua carreira como cantor aos 12 anos como calouro em um concurso em Belém. Com 35 anos de caminhada e 18 CDs gravados, ele agora se dedica à igreja Presbiteriana do Brasil. "Quando era cantor de brega, muitas pessoas chegaram a me falar: ‘você ainda vai cantar para o Senhor’. Na época eu nunca imaginava que isso ia acontecer, até perceber os sinais de Deus na minha vida", comenta o cantor. Juca explica como foi que conheceu a igreja.

"Comecei a frequentar a religião no ano de 2000. Lembro-me que estava em um show de brega, quando um homem veio e entregou-me um CD, dizendo que era um presente de Deus. Ao chegar em minha casa escutei o conteúdo da mídia que refletia sobre a passagem do Evangelho de Mateus, capítulo 8, versículo 28, que diz: ‘Vinde a mim todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei’. Muito emocionado, eu simplesmente comecei a frequentar a igreja, porém ainda realizava shows de brega", relata. "Anos depois desse fato, minha mulher se congregou na igreja Presbiteriana do Brasil. Certo dia, a pedido dela, fui ao culto desta denominação. No início da pregação o pastor disse: ‘vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei’. Neste momento fiquei emocionado e disse que a partir daquele fato iria cantar apenas para Deus", relembra.

Com três CDs gospel gravados, hoje Juca Medalha é o "Guerreiro de Deus". "Há cinco anos não trabalho para o mundo. Larguei o cigarro, a bebida e a prostituição e agora sou um homem renovado. Deus transformou minha vida", explica. "Hoje trabalho com uma gravadora e também com a evangelização de outros cantores de brega e já conseguimos muitos outros frutos, graças a Deus. Roberto Villar, Mirlla Carvalho e Cícero Rossi são alguns exemplos", completa.

ROBERTO VILLAR

De "Papudinho do Brega" para o "Amigo de Jesus". Assim foi a mudança de vida do cantor Roberto Villar, que entrou na Igreja Assembléia de Deus. Com sete disco gravados, o cantor mudou de estilo e lançará seu oitavo álbum, primeiro da carreira gospel, intitulado "Roberto Villar: Amigo de Jesus". "Resolvi largar tudo e seguir o caminho de Deus porque, como está na passagem bíblica postada em minha página eletrônica, ‘o tempo está cumprido e o reino de Deus está próximo, arrependei-vos e crede no evangelho’(Mc 1, 15)", explica. "Com isso percebi que tudo o que temos aqui é passageiro e que depois de meu encontro com Deus fiquei livre das coisas mundanas, como bebida e prostituição", completa. A história completa de conversão do rei do brega calypso pode ser conferida no site: http://www.robertovillar.com.br/

Fonte: Jornal O Liberal do dia 03 de abril de 2011

COMENTÁRIO:

"ELES RENUNCIARAM A FAMA E AS GLÓRIAS DO MUNDO PARA SERVIREM AO SENHOR JESUS CRISTO COM SEUS TALENTOS. QUE AS ATITUDES DESTES ARTISTAS SIRVAM DE EXEMPLOS PARA MILHARES DE OUTROS ARTISTAS DOS DIVERSOS SEGMENTOS CULTURAIS, ABANDONANDO O DESEJO DE BUSCAREM FAMAS E GLÓRIAS DE UM MUNDO QUE "JÁZ NO MALÍGNO", PARA GLORIFICAREM E EXALTAREM O NOME DO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO".

Valter Desiderio Barreto

sexta-feira, abril 08, 2011

CÂMARA DE VEREADORES DE CURIONÓPOLIS COBRA AÇÕES DA COLOSSUS A FAVOR DA COMUNIDADE DE SERRA PELADA

Na sessão da Câmara de Vereadores de Curionópolis nesta última quinta-feira(07), os Vereadores por unanimidade se manifestaram a favor de realizarem uma audiência pública nos próximos 15 dias em Serra Pelada, povoado daquele município, com a presença do Ministério Público, Prefeito, e todos os Vereadores, Juiz de Direito, Comandante da Polícia Militar na região e a população em geral dequele distrito, para cobrar da empresa canadense COLOSSUS, que em parceria com a COOMIGASP, explora o ouro daquela região, ações que visem beneficio daquela comunidade que por direito deve ser beneficiada com a presença da empresa canadense.

Os Vereadores alegam que além da empresa não oferecer empregos a nenhuma morador daquela comunidade, ainda está demitindo os que residem na sede do município e busca mão de obra em outros estados da federação brasileira, não investe em nenhum programa social para capacitar moradores daquela localidade visando proporcionar aos mesmos oportunidade de trabalho de renda para seu sustento e de seus demais familiares.

Os Edís reconhecem que a empresa não tem a obrigação de assumir a responsabilidade do poder público executivo, mas também, alegam os mesmos, que já que a Colossus prega a preocupação com os problemas sociais na comunidade onde se encontra instalada e que até já fez promessas em investir em cursos de capacitação em utilização de produtos recicláveis da região para os mesmos produzirem artezanatos para serem comercializados para ajudar em suas renda familiar, promove encontros de empreendedorismo com o Sebrae para estimular àquela população a investir na iniciativa privada como empreendedor individual, porém a mesma ainda não promoveu nenhuma ação prática daquilo que vive pregando.

Os Vereadores ainda alertam que a paciência daquela comunidade, tem prazo para se esgotar, e isso acontencendo, com certeza a empresa canadense poderá enfrentar uma grande rejeição por parte dos insatisfeitos com sua atitude de omissão aos problemas sociais que enfrenta o povoado de Serra Pelada.

Os Vereadores alegam que como a principal função deles é defender os interesses da população, eles irão à partir dessa audiência público cobrar ações práticas da empresa Colossus "que para se instalar na região, prometeu diversos benefícios para a comunidade localizada na área de sua atuação, e até agora nada de investimento foi realizado em prol daquela população que já vem sofrendo a anos, o descaso dos poderes públicos, federal, estadual e municipal", finalizam.

quinta-feira, abril 07, 2011


Autor: Valmir Pereira dos Santos


Ela nasce de uma fonte

Confidente e leal...

Seja qual for o informante!

Ajuda sempre o profissional...


Com noticias importante!

Nas colunas de um Jornal...

Estou falando do Jornalismo!

Que nos repassa emoção...


Com todo entusiasmo!

Sem perder a tradição...

E nem ficar no comodismo!

Buscando sempre inovação...


O Jornalista é um Ator!

Fora das Telenovelas...

E também é um Produtor!

De olho nas Passarelas...


Escrevendo com Glamour!

Sobre o desfile das Donzelas...

Jornalista não tem medo!

O perigo é constante...


Na defesa do Direito!

Está sempre atuante...

Tratando com o respeito!

Leva as noticias adiante...


Feito faro de Felino!

É assim um Jornalista...

Buscar noticia é seu Destino!

A sua vida se arrisca...


Em qualquer hora ou sol a pino!

Não deixa nada sem resposta...

Não tentem tapar a boca!

Ou calar a voz de um Jornalista...


Porque é ele que descobre!

As Falcatruas dessa vida...

Tanto o Rico como o Pobre!

Errou? Vai está feio na fita...


Se não fosse o Jornalista

Não descobria o Mensalão...

E os escândalos do Brasil!

Que nos dá indignação...


A impunidade é sutil!

No meio do tubarão...

É a Classe mais importante!

A classe de Jornalista...


O seu trabalho é brilhante!

E muito mais surrealista...

É impecável e elegante!

Tem um destaque de Artista...


Parabéns pelo seu dia!

Que Deus lhe dê a proteção...

E te livrar da agonia!

De um seqüestro ou confusão...

Que esteja mesmo em sintonia!

Com Jesus Cristo e seu Irmão...


Valente

Autentico

Letrado

Técnico

Eclético

Realista


Disciplinado

Elegante

Sonhador

Impecável

Destemido

Empreendedor

Romântico

Irresistível

Orientador


Bonito

Arrebatador

Religioso

Repórter

Emergente

Trabalhador

Otimista...



É assim o meu Irmão! Valter Desidério Barreto

Uma singela homenagem do Poeta e Cordelista: Valmir Pereira dos Santos

Feito na madrugada do dia Sete de Abril de 2011, na Cidade do Cedro Ceará.


EMPRESA AÇAILÃNDIA DE TRANSPORTE EXPÕE PASSAGEIROS A PERIGO















A empresa de transporte Açailândia que faz a linha Belém Paraupebas, está cada vez mais expondo seus usuários a perigos nas mal conservadas e não policiadas estradas do Pará.


Quando não são os assaltantes que depenam os passageiros quase toda semana, nos trechos Parauapebas Belém nos horários da noite, especialmente no horário das 19:30 saindo de Parauapebas para Belém, chegando no município de Jacundá, em uma determinada localidade já bastante conhecida de nossas autoridades, os passageiros sofrem prejuízos nos atrasos em decorrência do péssimo estado de conservação de seus ônibus, que não passam de sucatas que maqueadas de "ônibus novos", quebram no meio do caminho como aconteceu no último dia 31 de março quando esse blogueiro e sua esposa saiu de Parauapebas com destino a capital do estado juntamente com outros passageiros que lotaram o referido ônibus.


O aludido transporte já saiu de Parauapebas com problemas que não deveria ser permitido o seu deslocamento, mas a ganância da empresa pelo dinheiro de seus usuário, está acima de qualquer coisa, inclusive da segurança dos mesmos.


Ao chegarmos no município de Jacundá, exatamente no local onde os marginais se escondem para atacar não só os ônibus da empresa Açailândia como de outras empresas também, fomos surpreendidos com a quebra costumeira do transporte que estávamos sendo conduzidos.


Resultado, passamos a noite inteira expostos aos bandidos, que pela misericórdia de Deus, não apareceram àquela noite fatídica até amanhacer o dia para que os dois motorista que conduziam a sucata denominada de ônibus, retirassem um dos peneus para facilitar a sua locomoção até o município de Goianésia para em seguida pedir socorro ao gerente no município de Marabá.


Socorro esse, que só chegou até nós, depois das dez horas da manhã. Nos enviaram outro ônibus, digo, sucata, seguimos viagem, ao meio dia chegamos ao município de Tailândia, onde a empresa por força de lei, pagou nosso almoço.


Antes de embarcarmos, um dos passageiros observa que um dos pneus traseiro, estava careca e me chamou para que eu fotografasse o mesmo, já que o mesmo tomara conhecimento que eu era jornalista, o que imediatamente o fiz.


Ao entrarmos todos na segunda sucata, comentei com a minha esposa que não demoraria e àquela pneu estouraria assim que o mesmo esquentasse. Não demorou, "tragédia anunciada". Assim que o dito ônibus havia se distanciado alguns quilômetros do ponto de apoio aonde almoçamos, ouve-se um estouro, confirmava-se o que já previamos, o pneu careca estourara.


Se o motorista estivesse pelo menos 100 por hora, o mesmo teria capotado e com certeza, nosso prejuízo seria incalculável. Com perícia, o motorista para a sucata, e junto com seu parceiro, troca o tal pneu careca por um menos careca.


Continuamos a nossa odisséia até Belém, e exatamente às 18 horas do dia 1º de Abril, conseguimos concluir a nossa viagem que normalmente gastaríamos apenas 11 horas em condições normais, quando temos sorte de viajar em um ônibus que estejam em reais condições de trafegabilidade.


Fazemos um apelo as nossas autoridades, especialmente ao Ministério Público, que assumam seu papel de fiscalizar e punir esses abusos desses empresários do setor de transportes que não tem o mínimo de respeito pelos usuários que os fazem enriquecerem, utilizando seus veículos que de acordo seus estados de conservação, a muito que já era para estar fora de circulação.


Na oportunidade, queremos destacar aqui, que nós os passageiros que passou por esses vexames todo, reconhecemos que os condutores deste ônibus se comportaram como verdadeiros heróis anônimos, até porque, eles são tão vítimas de seus patrões como nós usuários, os mesmos riscos que corremos, eles também correm, com uma diferença, nós podemos reclamar e denunciar, eles(os motoristas, não podem reclamar de nada sob pena de perderem seu emprego que contribui para seu sustento e de sua família.


Valter Desiderio Barreto-Jornalista e vítima juntamente com mais de 40 passageiros da empresa Açailândia.

domingo, abril 03, 2011

CAMPANHA DO MEIO AMBIENTE - O INIMITÁVEL



EU SOU...

Não basta só comemorar
O dia do meio ambiente!
E temos mesmo é que abraçar
Essa causa muito urgente!
Com a natureza não se brinca...
Devemos ser mais consciente!

Sou Água que mato a sede
Dos seres vivos na terra...
Mas também sou tempestade!
Quando me polui faço guerra...

Tratem-me bem que eu prometo
A não fazer grande tragédia
E nem demoro pra voltar!
Pra abastecer a quem me espera...

Eu sou o Verde que ajudo
A conservar o ar na terra!
E sou também continuação
De vidas na atmosfera...

Por isso tenham mais cuidado!
Quando pegarem na Moto-Serra...
Não me matem por ganância!
Eu posso bem me vingar dela...

Eu sou alegre vivo a cantar
Faço alegria por onde ando!
Sou a favor da Liberdade...
Nascir só pra viver voando!

Não interrompa esse meu canto!
Com Arma de Fogo ou Baladeira...
Só por prazer ou mau instinto!
Isso não é brincadeira...

Eu sou o começo, meio e fim!
De tudo que há no mundo...
Sou vida e morte no Jardim!
Onde Deus está no comando...

Não posso me defender!
Da ação do homem contra mim...
Mas posso bem fazer sofrer!
Vingar-me-ei até o fim...

Madeiras nas Serrarias!
E Gaiolas nos varais...
São sinais de piratarias!
Ou contrabandos ambientais...

Cuidado com seu roçado!
E o defensivo agrícola...
Pra não envenenar o gado!
Ou contaminar a comida...

Se você não sabe eu vou dizer!
O que é crime ambiental...
Jogar o lixo onde não deve!
Está no código penal...

A fúria da natureza!
Ninguém consegue deter...
Com ela não tem nobreza!
Só Deus comanda o seu querer...

Valmir.

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "CURIONÓPOLIS PROJETOS DE MINERAÇÃO IMPULSIONAM ME...":

Nós moradores de Serra Pelada aqui na cidade de Curionópolis nos sentimos bastante feliz com a vinda dessa empresa canadense que fez parceria com a Cooperativa dos Garimpeiros de Serra Pelada para extrair o ouro que se encontra debaixo da terra. Sou um dos garimpeiro pioneiro daqui de Curionópolis e tenho acompanhado todo o movimento do nosso garimpo em Serra Pelada e graças a união de nossos irmãos garimpeiro que insistiram em continuar no garimpo é que hoje estamos vendo que valeu a pena a nossa luta. Só gostaria de saber da empresa Colossus quando é que ela vai convidar o sr. Valter que fabrica diversos produtos com caroço de açaí, que foi apresentado a nós no dia 22 de fevereiro desse ano,pela sua secretaria Camilla, dizendo que ele ia dar um curso prá nós nos ensinando como fabricar móveis e outras coisas com caroço de açaí e até agora nunca mais falou nada. Tenho certeza que muita gente daqui de Serra Pelada está esperando por esse curso porque o que não falta aqui é caroço de açaí e como eu já vi no blog do seu Valter o que ele produz com os caroços de açaí, esse curso vai ser muito importante para os moradores daqui de Serra Pelada que precisa de uma fonte de renda para ajudar nas despesas de casa.

Obrigado.

CURIONÓPOLIS PROJETOS DE MINERAÇÃO IMPULSIONAM MERCADO IMOBILIÁRIO

A viabilidade econômica gerada pela implantação de projetos de mineração em Curionópolis, em especial o Projeto Serra Pelada da parceria Coomigasp e Colossus vem refletindo positivamente no mercado imobiliário. A principal mostra desse novo tempo no município foi o lançamento do Loteamento Serra Leste, o primeiro da cidade, que aconteceu no sábado dia 02.

Empresas de vários estados brasileiros que neste momento revendem seus produtos na região, adquiriram lotes para construção de imóveis que sediarão suas atividades, bem como trabalhadores de outros estados que prestam serviços para as mineradoras Vale, Vertical, Coomigasp/Colossus e outras.

Déficit habitacional

Segundo estimativa da COHAB, o déficit habitacional do Pará, já passa de 474 mil moradias. O assunto vem sendo discutido em fóruns de debates, pois segundo a Fundação João Pinheiro, de Minas Gerais, o número é maior do que o estimado atualmente. O Governo do Estado do Pará vê a necessidade urgente de construir em 15 cidades , aproximadamente 12.000 casas, no entanto a morosidade do processo burocrático, acaba deixando as cidades em crescimento, em estado crítico. “Observamos que o município está em ascensão e por isso resolvemos investir aqui”, disse Rodrigo Valadares, diretor da Nova Carajás Incorporadora, parceira no loteamento, que disse ter feito um estudo de viabilidade, observando criteriosamente o poder aquisitivo da população, a fim de oferecer condições para que, tanto o empresário local, quanto o trabalhador tivesse condições de adquirir seus imóveis no primeiro empreendimento imobiliário do município.

Investidores - Diogo Naves e Junior Naves, donos do empreendimento dizem reconhecer que as inúmeras oportunidades de emprego tem atraído a atenção de muitos, que tem procurado a região e está faltando moradia para trabalhadores que prestam serviços no município. “O loteamento traz a possibilidade e dá condição para o trabalhador adquirir e construir sua casa, escolhendo pagar parcelas a partir de 79,00 ao mês”, disseram os investidores. Só neste ano de 2011 as mineradoras com projetos em implantação, irão oferecer mais de 4.000 vagas de empregos diretos e inúmeros indiretos.

Incentivo - Neste primeiro momento a principal responsável pelo crescimento de Curionópolis é a cooperativa garimpeira, parceria da empresa Colossus Minerals, que já está em processo avançado de implantação do Projeto Serra Pelada. Semana passada, mais de 15.000 garimpeiros lotaram a pequena Curionópolis e muitos deles ficaram na cidade para o lançamento do loteamento e adquiriram lotes para construção de casas residenciais.

Transporte Coletivo

A pequena distancia entre Parauapebas , Curionópolis e Serra Pelada; de apenas 30 km, já desperta interesse de empresas de transporte a buscarem parcerias com os governos municipais para criar uma linha de transporte coletivo com custo baixo, a fim de facilitar a ida e vinda de trabalhadores ligados à famílias que tem membros prestando serviços em mais de uma localidade. “Tenho um filho que trabalha em Parauapebas, outro em Curionópolis e outro em Serra Pelada. Estou adquirindo um lote em Curionópolis para fixar minha residência aqui, porque fica mais centralizado, já imaginou se esse projeto do transporte coletivo der certo? Será excelente para minha família e também para outras famílias que estão na mesma condição”, disse Adão Silva Rabelo de 58 anos.

O Loteamento – Na primeira etapa estão sendo colocados à disposição 2126 lotes, destes 1895 são lotes multifamiliar e 231 comerciais, além de três para equipamentos púbicos e institucionais. Na segunda etapa estarão à disposição 2150 lotes, dos quais 2019 serão multifamiliar, 127 comerciais além de quatro para equipamentos púbicos e institucionais.

As parcelas têm valor inicial de R$ 79 e o valor total do lote pode ser dividido em até 180 vezes, uma forma de facilitar a aquisição tanto das famílias com baixa renda, quanto para empresas que desejam adquirir grandes áreas. Informações dadas pelo gerente de vendas César Barachi.

Fonte: Agência Bateia