Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

segunda-feira, abril 30, 2012

denuncia sobre o prefeito de agua azul uma vergona e tem muito mais se for a fundo saem todos algemados a familia inteira


Marcia Angelica angelmarcia@globomail.com
28 abr (2 dias atrás)

para mim
valter a vergonha é tanta que o filho do prefeito semi analfabeto esta prestando vestibular para engenharia sem nunca ter concluido nem o ensino medio o prefeito mandou a secretaria de educação da cidade fazer um diploma pra ele hoje esta tentando passsar no vestibular onde vamos parar  pelo amor de Deus o menino fez ate sexta serie e isso tem como provar . marcia

PARAUAPEBAS: PT pode substituir candidato "CONTINHO" a qualquer momento


Continho-PT: só fala em desistir. PT quer substituição
A candidatura CONTINHO-PT tá por um fio. Os petistas trabalham a possibilidade que o rapaz desista, antes que o PT tenha que substituí-lo. 

Além do fraco desempenho do CONTINHO-PT, segundo pesquisas para consumo interno do governo, que indicam que o rapaz não sai do lugar, há um temor crescente do seu envolvimento em muitas falcatruas que o inviabilizaria numa disputa eleitoral que será acirradíssima. 

Além das milionárias DELTA, DECOL e Multisul, há indícios de contratos com empresas inexistentes, realizados pela SEMOB na passagem do candidato nesta secretaria.

Outro assombração a rondar o candidato petista é a existência de uma rota de   desvio de recursos da prefeitura de Parauapebas que desaguaria nas margens do Araguaia, pelas bandas de Palestina do Pará, envolvendo familiares do CONTINHO-PT e de um assessor direto seu.

A conferir! Mas uma coisa parece certa, o eleitor já desistiu do "CONTINHO-PT", será a recíproca verdadeira?
 
Fonte: Sol do Carajás.

Ranking da Corrupção Partidária: DEM lidera, mas tem no calcanhar o PMDB!



Nota: esse ranking é NACIONAL, mas se for apenas em Parauapebas o PT desbanca o primeiro lugar tranquilamente, embora o PMDB continue uma séria ameaça para todos!
 
Fonte: Sol do Carajás.

Edmilson Rodrigues (PSOL) lidera em Belém, PT na lanterna


Edmilson Rodrigues (PSOL) lidera a corrida eleitoral em Belém do Pará. Além de todos os números favoráveis, o candidato do PSOL tem a menor rejeição. O PT caminha para afundar-se, com um candidato fantoche, ALFREDO COSTA, que nem em Parauapebas, com o "CONTINHO-PT".
 
Fonte: Sol do Carajás.

sábado, abril 28, 2012

Cachoeira e Delta são depoimentos mais pedidos por membros da CPI

Bicheiro e ex-dirigentes da empresa lideram requerimentos de convocação.
Na quarta, CPI se reúne e deve votar 168 requerimentos protocolados.

Cachoeira, Cavendish e Abreu (Foto: Reprodução) 
Cachoeira, Cavendish e Abreu (Foto: Reprodução)
Os depoimentos do bicheiro Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, e de dois ex-dirigentes da empreiteira Delta (Fernando Cavendish,ex-presidente, e Cláudio Abreu, ex-diretor na região Centro-Oeste) são os mais desejados pelos membros da CPI mista que vai apurar o envolvimento de políticos e empresários com o grupo do contraventor preso pela Polícia Federal.
Na próxima quarta-feira (2), os 32 integrantes da CPI (16 deputados e 16 senadores) fazem a segunda reunião de trabalho, na qual deverão ser votados os 168 requerimentos protocolados até esta sexta (27).
Desse total, 115 são pedidos de convocação de depoentes, dos quais 24 têm Cachoeira, Cavendish e Abreu como alvos (oito requerimentos para cada um), segundo dados disponíveis na página da CPI no site do Senado.
Cachoeira é o personagem central da CPI - apontado como chefe de uma quadrilha que explorava jogo ilegal em Goiás, ele é suspeito de ter montado uma rede de corrupção com influência sobre governos, parlamentares e empresas.
Segundo investigação da Polícia Federal, a Delta, uma das construtoras com mais contratos com o governo federal, repassou dinheiro para empresas fantasmas que abasteciam o grupo de Cachoeira. Na última quarta (27), o então presidente da Delta, Fernando Cavendish, se afastou do cargo. Cláudio Abreu foi preso nesta semana durante a Operação Saint-Michel, da Polícia Civil do Distrito Federal. A operação é um desdobramento da Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, que resultou na prisão de Cachoeira em fevereiro.
Fernando Cavendish nega as acusações e disse que jamais pagou propina a políticos nem a empresas fantasmas. O advogado de Claudio Abreu, Roberto Pagliuso, disse que seu cliente tem colaborado com as investigações. Ele entrou com pedido de liberdade em favor de Abreu no Tribunal de Justiça do Distrito Federal.
Outros alvos frequentes dos requerimentos de convocação dos parlamentares da CPI são Geovani Pereira, tesoureiro do grupo de Cachoeira; Idalberto Matias de Araújo, o Dadá, ex-sargento da Aeronáutica e informante do bicheiro; e Luiz Antonio Pagot, ex-diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Para cada um dos três, há cinco requerimentos de convocação protocolados na CPI.
Pagot diz ter sido demitido do órgão por pressão de Cachoeira depois de contrariar interesses da Delta em obras rodoviárias do governo. Dentre os requerimentos, há um pedido de acareação entre ele e Cachoeira.
Quatro requerimentos pedem a convocação do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO), suspeito de usar o mandato em favor dos interesses de Cachoeira. Ele responde a inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) e é alvo de investigação no Conselho de Ética do Senado por suposta quebra de decoro parlamentar. A defesa de Demóstenes não nega que ele tenha uma relação "próxima" com Cachoeira, mas alega que as denúncias de irregularidades contra o senador são "factóides".
O advogado de Demóstenes, Antonio Carlos de Almeida Castro, pede que o STF  anule as gravações telefônias de conversas do senador com o bicheiro sob o argumento de que deveriam ter sido autorizadas pelo próprio STF, já que o senador tem foro privilegiado.
Outros quatro requerimentos pedem a convocação dos governadores de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), e do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT) - dois cada um. Em ambos os casos, as investigações da PF apontam influência do grupo de Cachoeira nos governos.
Perillo nega envolvimento com o bicheiro e pediu, por meio de seu advogado, para ser investigado pela Procuradoria-Geral da República. Em entrevista nesta sexta, ele disse ainda que está à disposição do PSDB e da CPI mista criada para investigar o elo de Cachoeira com políticos e empresários.
O governador Agnelo Queiroz nega qualquer relação com o grupo de Carlinhos Cachoeira e chama de "fantasiosas" as tentativas de envolvê-los no escândalo.
Além dos requerimentos que pedem a convocação de depoentes, os parlamentares da CPI também protocolaram pedidos de quebras de sigilo bancário, telefônico e fiscal; de informações sobre o inquérito no STF, sobre transações financeiras, sobre a Delta, entre outros. Nesta sexta, o ministro Ricardo Lewandowski, do STF, autorizou a CPI a ter informações do inquérito sobre Demóstenes Torres que tramita no tribunal.
Partidos
Dos 168 requerimentos protocolados na CPI, somente um é de autoria de parlamentar do PT, que indicou o relator da comissão (que conduz a investigação), o deputado Odair Cunha (PT-MG).

A maioria dos requerimentos é de autoria de parlamentares da oposição - 74 são do PSDB, 33 do DEM, 32 do PPS e 5 do PSOL. Há ainda 8 do PSC, 8 do PMDB, 4 do PR e 3 do PTB.
Reunião da CPI
Além da apreciação de requerimentos, na segunda reunião da CPI, na próxima quarta, serão apresentados o plano de trabalho formulado pelo relator e a cartilha de normatização dos trabalhos da comissão. Também está prevista a eleição do vice-presidente da comissão.

A CPI terá seis meses para investigar os fatos, mas o período pode ser prorrogado. Uma comissão de inquérito tem poderes para pedir quebra de sigilo fiscal e telefônico. Ao final, um relatório sobre a investigação será encaminhado para o Ministério Público Federal, que poderá tomar medidas judiciais cabíveis nas áreas cível ou criminal.

Parauapebas/PA, as semelhanças com Presidente Kennedy/ES vão além dos royalties



A rica cidade de Presidente Kennedy-ES foi agraciada com a Operação Lee Oswald, da Polícia Federal, que prendeu prefeito, vereadores e 15 empresários, descobrindo que Presidente Kennedy (ES) era uma espécie de entreposto de negócios suspeitos. Há indícios de que uma empresa que tem como sócio José Teófilo, ex-secretário da Fazenda do governo Paulo Hartung (PMDB), teria sido beneficiada com informação privilegiada: comprou terrenos a preço de banana, no município, para vendê-los poucos dias depois com lucros milionários.

Em Parauapebas a PF ainda não deu as caras, mas tal possibilidade espalha apreensão que extrapola os limites municipais. Talvez, venha à tona, a blindagem que até hoje beneficiou DARCI-PT e BEL-PMDB, a começar pelo TCM-PA e MPPA.

Presidente do TCM-PA: como que esse
indivíduo consegue que o TCM-PA aprove
as contas do prefeito DARCI-PT? Será?
Em Presidente Kennedy-ES falam em cerca de R$ 50 milhões em desvios, em Parauapebas as cifras podem ser bem maiores, basta observar: PAZINATO R$ 160 milhões; OSCIP 30 milhões/ano; Terreno do LIXÃO R$ 9 milhões; ROQUE da GOMIDES & GOMIDES R$ 1.75 milhão; e a impressionante licitação em que a DELTA pode faturar R$ 147 milhões.

Isso apenas nesses dois últimos anos de governo DARCI-PT!

Fonte: Sol do Carajás.

Parauapebas: DARCI-PT e DELTA, prefeito petista mandou cancelar licitação da DELTA?


DARCI-PT: em Parauapebas já não há certeza se o prefeito
tem um furúnculo de nome DELTA
 ou se o prefeito é um furúnculo
O prefeito DARCI-PT teria ordenado ao seu "preposto" HERNANDES MARGALHO  a arranjar uma construtora para substituir a DELTA e cancelar a licitação que a construtora venceu no município.

Mas qual o motivo da apreensão do prefeito petistas: a licitação não teria sido lícita? Por que ele acha que o procedimento licitatório que a DELTA venceu em PARAUAPEBAS tem que ser cancelado?

E o MINISTÉRIO PÚBLICO DO PARÁ o que fará? Pedirá cópias dos processos, quem deu cobertura a licitação da DELTA em Parauapebas?
 
Fonte: Sol do Carajás.

quinta-feira, abril 26, 2012

Parauapebas: o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-PA) e os contratos do prefeito DARCI-PT com a DELTA


Presidente do TCM-PA: como que esse
indivíduo consegue que o TCM-PA aprove
as contas do prefeito DARCI-PT? Será?
O TCM-PA nada sabe sobre as relações do prefeito DARCI-PT com a DELTA? Como uma licitação com valores desse montante não é acompanhada de perto pelo TCM, até de forma preventiva?

O TCM-PA deveria voltar sua atenção à Parauapebas. Afinal, a cidade lembra bem do Sr. LUIZ FERNANDO, servidor do TCM-PA preso na OPERAÇÃO RÊMORA, da Polícia Federal.

Não é a primeira vez que DARCI-PT se envolve em negociatas milionárias, o próprio TCM-PA já deve ter conhecimento do caso PAZINATO, onde o prefeito contrata um advogado, sem qualquer necessidade e interesse para o município, por cifras que podem chegar a R$ 180 milhões.


O TCM-PA é um faz de conta?
 
Fonte: Sol do Carajás.
A QUADRILHA SE REUNIU NO PALÁCIO DO PLANALTO: IMPERDÍVEL...SÓ DÁ BANDIDO E BANDIDA!


Com Lula, Dilma nega divergência em relação a CPI



Mesmo depois de escancaradas suas diferenças com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em relação à conveniência da CPI do Cachoeira e à escolha do relator da comissão, a presidente Dilma Rousseff negou ontem que tenha divergências com o padrinho político. Ao lado de Lula, que desembarcou ontem em Brasília para conversar com a herdeira em meio ao tiroteio da CPI, Dilma procurou encerrar o assunto.

'Não tem diferença entre nós. Nunca vai ter', disse a presidente, em tom taxativo. Bem-humorado, Lula afirmara, antes, que tinha diferença, sim, com sua sucessora. 'É que ela pode fazer mais, fazer melhor. Se continuar assim, ela vai chegar a 87% no próximo mês', emendou, numa referência à popularidade de Dilma.

Os dois fizeram os comentários depois de assistirem à sessão de estreia do documentário Pela Primeira Vez, no Museu Nacional. Dirigido por Ricardo Stuckert, o filme de 32 minutos mostra o último dia de Lula no Planalto e a passagem da faixa presidencial para Dilma.

Na plateia estavam réus do processo do mensalão, como o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, e o ex-deputado José Genoino. Também estavam o pré-candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, e o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT) - suspeito de envolvimento com o contraventor Carlos Cachoeira.

Bem antes do cinema, Lula almoçou com Dilma e um seleto grupo de petistas no Palácio da Alvorada. A conversa durou quatro horas. O ex-presidente queria que o relator da CPI fosse o deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), mas Dilma escolheu Odair Cunha (PT-MG). Na avaliação da presidente, Vaccarezza negocia demais e não seria capaz de blindar o Planalto.

'Uma CPI assim, com tanta gente inexperiente, faz a gente ter saudade do nosso tempo', disse um dos comensais. O aliado PMDB, que não teve assento no almoço de ontem, pôs na CPI parlamentares sem qualquer traquejo em investigações.

Lula e Dilma concordaram, durante o almoço, que o ex-diretor do Dnit Luiz Antônio Pagot está descontrolado e pode causar problemas. A presidente teme, ainda, que a CPI paralise as votações no Congresso. Apesar da preocupação, Lula disse que as investigações trarão à tona revelações que beneficiarão o PT e o Planalto. 'Vocês vão se surpreender com o que essa CPI vai revelar', afirmou Lula.

Para o ex-presidente, além de desmontar a 'farsa do mensalão', as apurações mostrarão que nunca houve escuta telefônica no gabinete do então presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, em 2008.


Por VERA ROSA, TÂNIA MONTEIRO, RAFAEL MORAES MOURA / BRASÍLIA, estadao.com.br, Atualizado: 26/04/2012 03:07

Polícia prende ex-diretor da Delta e servidor do DF. Em Parauapebas/PA, prefeito DARCI-PT tem relações com a DELTA que pode ultrapassar os R$ 200 milhões de reais

Claudio Abreu, ex-diretor da Delta Construções e apontado como membro do grupo do empresário de jogos ilegais Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, foi preso nesta quarta-feira (25) em Goiânia. Ele será transferido para Brasília.

A prisão é decorrência de uma operação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, em conjunto com a Polícia Civil do Distrito Federal, batizada de Saint Michel. As medidas foram cumpridas nas cidades de Brasília, São Paulo, Anápolis e Goiânia.

Também foram presos hoje um vereador de Anápolis e um servidor do governo do Distrito Federal, Valdir Reis.

As prisões são um desdobramento da Operação Monte Carlo, realizada pela Polícia Federal em 29 de fevereiro e que prendeu Carlinhos Cachoeira, suspeito de comandar uma rede de jogos ilegais. Abreu foi flagrado em escutas telefônicas com Cachoeira em que tratavam de atividades do grupo do contraventor.



FOLHA DE SÃO PAULO -
 http://www1.folha.uol.com.br/poder/1081164-policia-prende-ex-diretor-da-delta-e-servidor-do-df.shtml
___________________
Nota: em Parauapebas o prefeito DARCI-PT tem relações coma DELTA que pode chegar a R$ 200 milhões de reais, relações que em último ano de governo, poucos meses restam para o fim do governo DARCI-PT, só pode ser brincadeira!
 
Fonte: Sol do Carajás.

Justiça decreta prisão de diretor da Delta, empresário é considerado foragido. Em Parauapebas Ministério Público deveria iniciar investigação das relações do prefeito DARCI-PT com a DELTA

A Operação Saint-Michel cumpriu nesta manhã (25/4) busca e apreensão na casa de Heraldo Puccini Neto, um dos diretores da Delta Construções em São Paulo. Ele também teve a prisão preventiva decretada, mas até agora o mandado não foi cumprido. O empresário não foi localizado pelos policiais civis.

Cláudio Abreu, ex-diretor da Delta para o Centro-Oeste, foi preso e levado para a Divisão Especial de Combate ao Crime Organizado (DECO) da Polícia Civil do DF.

"Continho-PT" e Darci-PT:  prefeito e secretário
de obras envolvidos com a DELTA
Em Parauapebas os valores iniciais que DARCI-PT pretende desembolsar para a DELTA, somente em 2012, passam de R$ 147 milhões de reais, a estimativa, de que podem alcançar os R$ 200 milhões. No entanto, na cidade, não se vê nenhuma obra pública a justificar tamanho investimento. O prefeito petista está sendo muito generoso com a DELTA, ainda mais, considerando que resta ao petista pouco mais de sete meses de governo.

O Ministério Público do Pará, em Parauapebas, ainda não se manifestou sobre as relações da DELTA com o prefeito DARCI-PT, mas deveria!
 
Fonte: Sol do Carajás.

quarta-feira, abril 25, 2012

Tribo brasileira é a 'mais ameaçada do mundo', diz entidade


Awás vem perdendo território no Maranhão para a exploração ilegal, segundo a ONG Survival International.

O grupo de defesa dos direitos indígenas Survival International afirma que os índios Awá, do Maranhão, formam a tribo mais ameaçada do mundo. Calcula-se que de 60 a 100 de seus cerca de 450 membros nunca tenham tido contato com o mundo exterior.
A Survival diz que a tribo vem perdendo território de todos os lados. Queimadas feitas por madeireiros acabam com seu habitat e o de seus animais. A entidade espera conseguir pressionar o governo para que este dê mais atenção ao problema dos Awá, classificado pelo juiz José Carlos do Vale Madeira em 2009 como "genocídio".
O grupo de defesa dos direitos indígenas Survival International afirma que os índios Awá, do Maranhão, formam a tribo mais ameaçada do mundo. Calcula-se que de 60 a 100 de seus cerca de 450 membros nunca tenham tido contato com o mundo exterior.  (Foto: Survival/BBC)O grupo de defesa dos direitos indígenas Survival International afirma que os índios Awá, do Maranhão, formam a tribo mais ameaçada do mundo. Calcula-se que de 60 a 100 de seus cerca de 450 membros nunca tenham tido contato com o mundo exterior. (Foto: Survival/BBC)
A Survival diz que a tribo vem perdendo território de todos os lados. Queimadas feitas por madeireiros acabam com seu habitat e o de seus animais. O território Awá está limitado pelas linhas brancas, com as atividades de exploradores claramente visíveis.  (Foto: Survival/BBC)A Survival diz que a tribo vem perdendo território de todos os lados. Queimadas feitas por madeireiros acabam com seu habitat e o de seus animais. O território Awá está limitado pelas linhas brancas, com as atividades de exploradores claramente visíveis. (Foto: Survival/BBC)
Os Awá são caçadores/coletores e viajam em grupos grandes de cerca de 30 pessoas. Caçadas podem durar semanas. Mas os grupos são vulneráveis a ataques de pistoleiros contratados por cortadores de madeira e criadores de gado.  (Foto: Survival/BBC)Os Awá são caçadores/coletores e viajam em grupos grandes de cerca de 30 pessoas. Caçadas podem durar semanas. Mas os grupos são vulneráveis a ataques de pistoleiros contratados por cortadores de madeira e criadores de gado. (Foto: Survival/BBC)
Takwarentxia, sua mulher e filho foram contactados em 1992 quando fugiam de pistoleiros contratados por rancheiros que mataram a maioria de seu grupo. (Foto: Survival/BBC)Takwarentxia, sua mulher e filho foram contactados em 1992 quando fugiam de pistoleiros contratados por rancheiros que mataram a maioria de seu grupo. (Foto: Survival/BBC)
Acredita-se que Amerintxia é a mais velha dos Awá, mas ela ainda coleta sua própria comida e vive sozinha em um abrigo feito de folhas. (Foto: Survival/BBC)Acredita-se que Amerintxia é a mais velha dos Awá, mas ela ainda coleta sua própria comida e vive sozinha em um abrigo feito de folhas. (Foto: Survival/BBC)
Amerintxia com seu macaco de estimação. A tribo mantém uma ligação próxima com a fauna, adotando macacos órfãos, que são incorporados às famílias. Mulheres Awá chagam a os amamentar.  (Foto: Survival/BBC)Amerintxia com seu macaco de estimação. A tribo mantém uma ligação próxima com a fauna, adotando macacos órfãos, que são incorporados às famílias. Mulheres Awá chagam a os amamentar. (Foto: Survival/BBC)
Mulheres Awá decoram os homens para um ritual chamado karawara, no qual eles entram em um estado de transe para tentar se comunicar com espíritos ancestrais (Foto: Survival/BBC)Mulheres Awá decoram os homens para um ritual chamado karawara, no qual eles entram em um estado de transe para tentar se comunicar com espíritos ancestrais (Foto: Survival/BBC)
Mas durante o dia, o desmatamento prossegue. Calcula-se que quase um terço das terras Awá foi tomado em operações ilegais.  (Foto: Survival/BBC)Mas durante o dia, o desmatamento prossegue. Calcula-se que quase um terço das terras Awá foi tomado em operações ilegais. (Foto: Survival/BBC)
Slings para bebês eram feitos de fibras de palmeiras, porém mais e mais itens do mundo moderno são usados pela tribo. Um dos maiores riscos do contato é a exposição a doenças as quais eles não têm defesas.  (Foto: Survival/BBC)Slings para bebês eram feitos de fibras de palmeiras, porém mais e mais itens do mundo moderno são usados pela tribo. Um dos maiores riscos do contato é a exposição a doenças as quais eles não têm defesas. (Foto: Survival/BBC)

Perícia analisa cartucho com digitais do assassino de jornalista

Polícia analisa imagens de circuito interno de casas e comércios.
Informações que levem ao assassino serão recompensadas em R$ 100 mil.

A polícia aguarda o laudo da perícia para identificar as impressões digitais retiradas do pente da arma que o assassino do jornalista Décio Sá deixou cair na Avenida Litorânea, quando fugiu, depois de executá-lo, na última segunda-feira (23), em São Luís.
O pente da arma que teria sido utilizada no crime passa por uma análise química para oferecer um resultado ainda mais preciso. A partir disso, os policiais que investigam o assassinato irão consultar um banco de dados nacional de criminosos para identificar o atirador de Décio Sá.

Mais detalhes sobre investigações
 
Como parte das investigações, a polícia também analisa as imagens de circuito interno de casas e estabelecimentos comerciais da área por onde o assassino teria passado no dia do crime.

Três promotores de Justiça de São Luís, que integram o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), foi designado nesta terça-feira (24) para acompanhar as investigações do caso.

Sobre o crime
 
O jornalista Décio Sá foi morto com cinco tiros (anteriormente a perícia havia informado que o jornalista foi alvejado com seis tiros, informação corrigida pela Secretaria de Segurança Pública do Maranhão), na noite de segunda-feira (23), dentro de um bar na Avenida Litorânea, em São Luís. Ele tinha 42 anos e há 17 trabalhava na editoria de política do jornal "O Estado do Maranhão", do Sistema Mirante de Comunicação. Ele era autor de um dos blogs mais acessados do Maranhão. O jornalista deixa uma filha de 8 anos e a mulher grávida de dois meses.

O Disque-Denúncia está oferecendo uma recompensa de R$ 100 mil para quem passar informações que levem aos assassinos. Qualquer informação deve ser repassada pelos números (98) 3223-5800, na capital, e 0300 313 5800, no interior, sem a necessidade de identificação.

Lucro da Vale cai 40,5% no primeiro trimestre, para R$ 6,7 bilhões


Receita operacional caiu 11% em relação ao mesmo período de 2011.
Exportações da empresa também tiveram queda, de 20,1%.

A mineradora Vale divulgou nesta quarta-feira (25) que encerrou o primeiro trimestre com lucro líquido de R$ 6,7 bilhões, uma queda de 40,5% na comparação com o mesmo período de 2011, quando reportara ganho de R$ 11,3 bilhões. Frente ao quarto trimestre do ano passado (R$ 8,4 bilhões), o resultado ficou 19,6% menor.

A empresa reportou redução nos principais indicadores de lucratividade e fluxo de caixa quando comparados aos níveis recordes do último trimestre de 2011. Segundo a Vale, os dados mais fracos são resultado de efeito sazonal que este ano foram reforçados pelo forte volume de chuvas no Brasil e os menores preços de minério de ferro e pelotas, que dimnuíam margens operacionais e lucro.
A receita operacional de R$ 20,1 bilhões no primeiro trimestre foi 11% menor que os R$ 22,576 bilhões do mesmo período do ano passado. Em relação ao quatro trimestre de 2011, a queda de receita foi de 24,5%, antes os R$ 26,6 bilhões do período.

As exportações caíram 20,1% para US$ 6,2 bilhões, contra os US$ 7,8 bilhões do mesmo período de 2011. Em relação ao trimestre final do ano passado, quando as vendas externas somaram US$ 10,24 bilhões, a redução foi de 39%.
O lucro líquido por ação teve queda de 40,1%, para R$ 1,27, contra R$ 2,12 do mesmo período do ano passado.
Além dos efeitos regulares da sazonalidade causados por condições climáticas adversas, a empresa diz que "chuvas anormais nos sites de minério de ferro no Brasil criaram desafios para a produção e para a logística, restringindo os embarques".

Regiões
 
A composição da receita por destino geográfico sofreu ligeira modificação, com a Ásia caindo de 55,5% no quatro trimestre de 2011 para 51,5% e as Américas ganhando peso, subindo de 23,7% para 28,7%. As vendas para a Europa continuaram com uma tendência de queda, caindo de 19,5% no primeiro trimestre 2011 para 16,6%, refletindo o ambiente de recessão que existe por lá. A receita das vendas para o Oriente Médio teve outro acréscimo, representando 2,4% no primeiro trimestre deste ano contra 1,8% do mesmo período do ano passado.


Minério de ferro
 
As vendas de minério de ferro da Vale no primeiro trimestre atingiram 54,79 milhões de toneladas, ante 57,74 milhões de toneladas em igual período do ano passado. Em março, por outro lado, a empresa já viu uma melhora nos embarques de minério de ferro, seu principal produto.

"O período chuvoso terminou, os embarques de minério de ferro aumentaram significativamente em março e estamos confiantes que iremos entregar os volumes de vendas planejados para este ano", afirmou a maior produtora de minério de ferro do mundo em nota. Além disso, a companhia espera contar com um mercado demandante. "O mercado global de minerais e metais deve permanecer aquecido, e continuamos bem preparados para explorar as oportunidades para criação de valor", disse a Vale em comunicado.

Grupo cristão faz manifestação na Avenida Paulista e entrega folhetos pregando contra gays

Grupo cristão faz manifestação na Avenida Paulista e entrega folhetos pregando contra gays

O grupo Oliveira, dissidente da Sociedade Brasileira de Defesa da Tradição, Família e Propriedade (TFP), organização ultra-conservadora cristã, fez uma manifestação na Avenida Paulista, em São Paulo, na semana paassada. 

Os integrantes carregavam estandartes dourados com a imagem de Plínio Correio Oliveira, fundador da TFP, e entregavam folhetos e livros que denunciavam a prática do aborto e os homossexuais.

"Esses são os livros da campanha, pelos quais denunciamos a ação do movimento abortista e do movimento homossexual. É uma campanha pacífica, pois a atuação destes grupos leva a uma perseguição religiosa no Brasil", explica um deles.

Martins (foto), assessor de imprensa do grupo, diz que a homossexualidade é um vício e que não pode ser apoiada pelo governo.  "Há tratamento uma vez que a pessoa se viciou, muitas vezes por causa da má companhia. Temos curas e no livro há vários casos e doutores que fazem esse tratamento", afirma ele.

Os panfletos distribuídos pelo grupo dizem que a adoção de uma criança por  um casal homossexual prejudica sua educação e que os gays são responsáveis por uma epidemia de AIDS, cujos infectados custam muito aos contribuintes por conta do seu tratamento.

"A maior parte da população brasileira é católica ou cristã. A maioria também é contra [os gays], então a lógica da democracia diz que seria justo legislar para ela. Não queremos um Estado que protege, prolifera e ensina nossas crianças o homossexualismo (sic)" , encerra ele.

Grupo cristão faz manifestação na Avenida Paulista e entrega folhetos pregando contra gays - Brasil em Política no A Capa

Grupo cristão faz manifestação na Avenida Paulista e entrega folhetos pregando contra gays - Brasil em Política no A Capa

Famílias reconhecem corpos dos jovens do ES achados mortos na BA

IML relata que corpos dos dois homens já foram reconhecidos por famílias.
Vítimas foram encontradas em rio na BA após cinco dias desaparecidas.

Local do acidente Bahia Espirito Santos (Foto: Leandro Nossa/G1ES) 
Carro dos jovens foi encontrado dentro do Rio Mucuri,
na Bahia (Foto: Leandro Nossa/G1ES)
 
Os corpos de André Galão, 28 anos, e de Marlonn Amaral, 21 anos, dois dos cinco jovens desaparecidos durante viagem do Espírito Santos à Bahia, foram reconhecidos por familiares na manhã desta quarta-feira (25), no Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Teixeira de Freitas, extremo sul da Bahia, segundo informa o órgão.
De acordo com o IML, as famílias das outras três vítimas, todas mulheres, já estão no local para realizar os reconhecimentos. O IML informa que todos os cinco corpos estão em estado de decomposição e que, por isso, o processo tem que ser embasado por indícios além do físico, como documentos. Por volta das 11h, a médica permanecia dentro da sala de necropsia e os familiares não tinham concluído o procedimento das jovens.
Bahia-Jovens arte (Foto: Arte/G1)
Os universitários estavam desaparecidos desde sexta-feira (20) e foram encontrados por equipes de resgate na noite de terça-feira (24) dentro do Rio Mucuri, que passa na cidade homônima. O grupo saiu do Espírito Santos para a cidade de Prado, na Bahia, e, até o momento, a perícia acredita que os jovens tenha se envolvido em um acidente de carro. Quatro deles foram encontrados dentro do veículo, modelo Punto, e um deles estava deitado na vegetação do local na noite do resgate.
A polícia inicia as investigações com a hipótese de acidente de trânsito, que teria ocorrido em uma curva perigosa. A conclusão é embasada pelas das condições do veículo e dos cálculos de distância e frenagem realizados no local.

O perito Alexson Magalhães informa que foram achados documentos do proprietário e de objetos pessoais no interior do carro, que conferem com os descritos por parentes dos jovens. Magalhães fez parte da equipe de quatro peritos da polícia técnica que participaram das buscas e da captura. Segundo ele, as vítimas que estavam dentro do carro utilizavam cinto de segurança no momento em que foram encontradas.

"Ainda vamos aguardar os resultados dos exames de necropsia, que poderão acusar algum sinal de violência nos corpos e levantar alguma suspeita de crime, mas, a princípio, trabalhamos com a hipótese de acidente, visto que o carro foi encontrado em uma distância muito grande do ponto de frenagem, o que pode configurar um excesso de velocidade, seguido de capotamento", afirma.
Objetos de jovens universitários Bahia (Foto: Reprodução/TV Santa Cruz) 
Malas foram localizadas no veículo pelas equipes de
resgate (Foto: Reprodução/TV Santa Cruz)

Carro guinchado de jovens universitários Bahia (Foto: Reprodução/TV Santa Cruz) 
Retirada de carro foi finalizada por volta das 3h da
madrugada (Foto: Reprodução/TV Santa Cruz)
 
Buscas
De acordo o capitão Anilton Almeida, do 13º Batalhão da Polícia Militar (PM) de Teixeira de Freitas, o veículo modelo Punto, placa OBC-9685, foi encontrado submerso no Rio Mucuri. Ele informou que um corpo foi localizado às margens do rio. A polícia do Espírito Santo avisou às famílias. Cerca de 60 homens trabalharam no resgate, com contingentes das polícias da Bahia e do Espírito Santo, Corpo de Bombeiros, IML, além da equipe da Companhia de Ações Especiais da Mata Atlântica (Caema).

Boato
Na manhã de terça-feira (24), a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) chegou a informar que um carro com cinco corpos havia sido encontrado na localidade de Juerana, próximo a Posto da Mata, em Nova Viçosa. Mas o superintendente de Polícia do Interior, Danilo Bahiense, sobrevoou o local e não confirmou o fato.

Bahiense afirma que o que motivou as buscas foi "um boato". "Recebemos a informação e fomos ao local para checar. Sobrevoamos a região de helicóptero e o coronel também nos auxiliou, de carro, mas foi boato. Não encontramos nada", disse.
Desaparecimento
Os cinco jovens que seguiam do Norte do Espírito Santo para Prado, na Bahia, na última sexta-feira (20), desapareceram antes de chegar ao destino. Os universitários de São Mateus e Colatina saíram do Espírito Santo às 19h e foram vistos pela última vez em um posto de combustíveis em Pedro Canário.

Jovens estão desaparecidos desde a última sexta-feira (20). (Foto: Reprodução/TV Gazeta)Jovens desapareceram na última sexta-feira (20). (Foto: Reprodução / TV Gazeta)
Bannach será o 2º município a receber o selo “Município Verde” no Pará

VALBER: “70% de nossa população esta na zona rural, precisamos nos adequar ecologicamente para desenvolver” Se depender do empenho do Prefeito Valber Milhomem (PSB), Bannach, no sul do Pará, será o segundo município paraense a conquistar o título de “Município Verde”. O primeiro é Paragominas, que atualmente serve de modelo para o Pará e Brasil em desenvolvimento sustentável e proteção ao meio ambiente.

Após realizar o primeiro Seminário Regional de Desenvolvimento Sustentável do sul do Pará, que aconteceu nos últimos dias 12 a 14, Valber foi para Belém onde está desenvolvendo uma força tarefa dentro da Secretaria Extraordinária de Municípios Verdes para que Bannach seja declarada “Município Verde”, pois segundo ele todas as exigências para a classificação já foram sanadas.


As políticas sociais de todos os órgãos estaduais e federais são condicionadas ao desembargo e adequação ambiental, que em outras palavras é o município que está em total conformidade com as exigências para proteção do meio ambiente.


Segundo o prefeito, além de proteger o meio ambiente a sua meta é deixar o município apto a receber recursos de todos os seguimentos. “O selo 'Município Verde' colocará o nosso município na condição de prioridade para acessar recursos de todos os órgãos Federais e Estaduais, por isso vamos passar a ser o 2º Município Verde do Estado do Pará”, explicou Válber.


Desde que assumiu o executivo em janeiro de 2009, com uma visão de vanguarda Valber já deu início a política ambiental e hoje o município já preenche todos os requisitos para ser classificado 'Município Verde', restando apenas à certificação oficial, o que dará a Bannach a condição de receber mais investimentos por parte do governo do Estado e Federal.


OUTROS: Para ser considerado 'Município Verde', o município deve cumprir sete metas, da resolução 01 da COGES/PMV, que são elas: 1ª - Celebrar Pacto de prevenção e combate ao desmatamento ilegal; 2ª - Constituir e por para funcionar o Grupo Municipal de combate ao desmatamento ilegal; 3ª - Possuir mais de 80% do seu território cadastrável inserida no Cadastro Ambiental Rural (CAR); 4ª - Possuir estrutura para o monitoramento, fazendo a verificação em campo dos focos de desmatamento; 5ª - Não fazer parte da lista de municípios embargados pelo Ministério do Meio Ambiente; 6ª - Manter o volume anual do desmatamento ilegal abaixo dos 40 km2 (PRODES) ou de 20 Km2 (SAD ou DETER); 7ª - Introduzir nas escolas municipais noções de Educação Ambiental. “Todas essas metas já foram priorizadas desde o início de nossa gestão”, explicou Valber.

Ex-diretor da Delta e vereador de GO são presos por elo com Cachoeira

Cláudio Abreu, flagrado em conversas telefônicas com bicheiro, foi detido.
Polícia Civil diz que oito foram presos; MP do DF confirma prisão de quatro.

O ex-diretor da Delta Construção Cláudio Abreu, que foi afastado de seu cargo após revelação de ligação com o bicheiro Carlos Cachoeira, foi preso na manhã desta quarta-feira (25) durante a Operação Saint-Michel, segundo o Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT).
A operação, realizada em parceria entre MP e Polícia Civil do DF, é desdobramento da Operação Monte Carlo, na qual Cachoeira foi preso e acusado de exploração de jogo ilegal. Conforme o Ministério Público do DF, os "fatos criminosos" investigados na Operação Saint-Michel foram encaminhados pelo Ministério Público Federal "em razão de os crimes investigados serem da competência local".
O delegado da Divisão Especial de Repressão ao Crime Organizado (Deco) da Polícia Civil Henry Lopes disse ao G1 que, até 10h50, haviam sido cumpridos oito mandados de prisão – três em Brasília, quatro em Goiás e um em São Paulo. O MP de Goiás confirmou que quatro pessoas foram presas, quatro em Goiás e uma em Brasília.
Gravações telefônicas feitas pela PF durante a Operação Monte Carlo revelaram o envolvimento de parlamentares, políticos e empresários com o grupo de Cachoeira. Uma Comissão Parlamentar de Inquérito mista de deputados e senadores foi aberta no Congresso Nacional para investigar o tema.
Entre as suspeitas está a de favorecimento à Delta Construções, empreiteira que mantém diversos contratos com o governo federal. Cláudio Abreu, ex-diretor da Delta, aparece em diversas gravações com Cachoeira discutindo contratos e benefícios ao grupo do contraventor.
Em nota divulgada após o surgimento de gravações entre Cachoeira e Cláudio Abreu, a Delta informou que afastou o diretor e que abriu auditoria. O G1 procurou a Delta, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem.
A Polícia do DF cumpriu nesta quarta-feira (25) mandados de prisão e de busca e apreensão nas cidades de Brasília, São Paulo, Anápolis e Goiânia. Os mandados foram autorizados pela 5ª Vara Criminal de Brasília.
Entre os presos está o vereador de Anápolis Wesley Silva, do PMDB. Segundo a assessoria de imprensa da Câmara de Anápolis (GO), a Polícia Civil chegou por volta das 7h para cumprir o mandado e o vereador foi transferido para Brasília. O gabinete do vereador disse que não comentaria a operação.
Um dos mandados foi cumprido em um anexo do Palácio do Buriti, sede do governo do Distrito Federal. Segundo a assessoria do governo, foi cumprido um mandado de apreensão de documentos relacionado a um servidor exonerado em 2012. Também foram cumpridos mandados no DFTrans - Transporte Urbano do Distrito Federal.

Sol do Carajás: Parauapebas: Wanterlor "Tamanduá" Bandeira diz que...

Sol do Carajás: Parauapebas: Wanterlor "Tamanduá" Bandeira diz que...: Parauapebas: Wanterlor "Tamanduá" Bandeira diz que na Câmara de Vereadores não tem LADRÃO, todo mundo é honesto, inclusive ele. Ninguém tin...

Parauapebas: Wanterlor "Tamanduá" Bandeira diz que na Câmara de Vereadores não tem LADRÃO, todo mundo é honesto, inclusive ele. Ninguém tinha perguntado, será que o rapaz anda conversando com os fantasmas da Câmara Municipal?


WANTERLOR BANDEIRA
O ex-operário, ex-vereador, derrotado em 2008, fazendeiro, cheio dos bois, blogueiro,
e atual diretor administrativo da Câmara, Wanterlor "Tamanduá" Bandeira, diz:
"aqui não tem LADRÃO" 

O Diretor Administrativo da Câmara Municipal, Wanterlor "Tamanduá" Bandeira, saiu com essa nota, publicada (leia a piada aqui), como sempre, no Blog do Zé DUDU, ou Zé Tutu, como dizem seus amigos mais íntimos. 

No entanto, o Diretor Administrativo, que agora vai dá o abraço de "tamanduá" no vereador Zé Alves, não explica o "roubo", em 2011, de:
Euzébio, presidente da
CMP em 2011 
1) 20 mil litros de combustível por mês, inclusive no mês de férias;
2) 20 mil reais de pãezinhos por mês, inclusive no mês de férias;
3) contratar ônibus e carros fantasmas, inclusive no mês de férias;
4) 350 servidores ilegais, "aspones", ...
5) ufa...ufa!

Aliás, Wanterlor "Tamanduá" Bandeira poderia publicar as leis, as licitações, os contratos, e as notas fiscais das compras dessa honesta Câmara de Vereadores. 

O rapaz ainda se gaba de devolver dinheiro para o DARCI-PT, ele deve achar que no Comando Vermelho, lá no morro dos ventos, também não tem LADRÃO ou então achar que lá eles farão melhor uso dos recursos.

Caso o "honrado e digno" Wanterlor "Tamanduá" Bandeira não tenha o que fazer, deveria ir coçar cabeça de boi na sua "próspera" fazenda!

Certamente, os vereadores de Parauapebas não precisam da defesa de Wanterlor "Tamanduá" Bandeira, ainda mais nesses termos: "não, não somos LADRÕES"!



4 comentários:

  1. rsrsrsrsr kkkkkkkk asha ashua askop snifff sniff
    _________________________________________
    Câmara Municipal de Parauapebas: nota de esclarecimento
    Visando uma administração ética que respeite a sociedade e a Legislação Brasileira a Câmara Municipal de Parauapebas esclarece que só compra materiais, contrata serviços e executa obras internas, exclusivamente, mediante licitações, pregões e modalidades do gênero; respeitando a Lei de Licitações Brasileira. O processo é um pouco demorado, porque exige os rigores da Lei, mas respeita a legalidade, a impessoalidade, eficiência e moralidade. Prezando pela qualidade do serviço público.

    Segundo o atual administrador da Câmara, Wanterlor Bandeira, dinheiro em caixa não é dinheiro para ser esbanjado e sim para ser gasto de forma responsável, dentro das necessidades do legislativo. “Recebemos R$ 1.900,000, 00 (um milhão e novecentos mil reais) dos cofres municipais mensalmente, é uma verba que nos é assegurado em Lei, e esse dinheiro é público. Devendo ser gasto de forma responsável e não esbanjado, porque é dinheiro do povo. O que não é gasto, é devolvido aos cofres da Prefeitura Municipal para ser investido em outras necessidades”, ressalta.

    O administrador lembra que muitas pessoas não entendem isso e acham que a Câmara tem o dever de distribuir essa verba de forma irresponsável. “Temos que prestar contas ao Tribunal de Contas do Município e aos agentes de controle interno e externo de todos os nossos gastos e para isso precisamos comprovar nossas despesas”.

    Ainda de acordo com Wanterlor, em 2011 o Legislativo devolveu aos cofres públicos R$ 800.000,00 mil (oitocentos mil reais) e que só não foi devolvido mais devido a construção do novo prédio legislativo, e que atualmente a Câmara Municipal possui em caixa dois milhões de reais para pagamento das obras do prédio da nova Câmara Legislativa. “As pessoas têm que saber que o legislativo não pode executar obras ou promover serviços ao povo, infelizmente a legislação não nos permite isso, a função da Câmara e legislar, ou seja, regularizar e zelar pela observância da Lei. A verba orçamentária é para manutenção do legislativo, mas tem que ser gasta de forma responsável e legal, o que causa insatisfação a algumas pessoas que não conhecem ou não aceitam os preceitos legais”.

    O legislativo municipal reitera que não está descontente com a atual administração, pois ela segue rigorosamente os preceitos legais, e afirma que tal informação é divulgada por pessoas que não respeitam a sociedade e tem como intuito obter favores escusos do legislativo, algo que não será tolerado por essa administração.

    Ascom/Assessoria de Imprensa
    ________________________
    Parece uma nota de falecimento moral, patética...NÃO, NÃO SOMOS LADRÕES, SOMOS É ERNESTRO
    Responder
  2. Lindolfo, tu tá por fora. Na Câmara tá o maior pau. Zé Alves quer tudo pra ele e o bicho tá pegando. Briga de foice.
    Responder
  3. o ex presidente realmente nao tem dgnidade mas tem uma moça que esta passando por um momento muito dificil de saude pos ela foi usada por este safado quando ele colocou ela na maio robada prometendo um salario de 6.000.00 mil pra ele ai pegou todo o dinheiro do negocio e deichou a moça na pio ela por varias vezes procurou ele pra resolver o problema e ele nao esta nem ai esta moça vai procura o juiz do tr pra pedi a judar ela tem copias de doc dele e varias gravaçoes ja me informarao que esta moça esta correndo risco de vida ela neste momento se encontra hospitalizada tomando calmante eu estou falando do senhoe euzebio rodrigues lologo darei mas escvlarecimento lindolfo um a braço
    Responder
  4. É muita paixão heim Lindolfo? Esse caso de amor (mal resolvido) entre tu e o Negão Bandeira é mais serio que pensava. Parece coisa de corno nè?
    Só me resta dedicar a vcs os verso do Milton Nascimento:
    "Por tanto amor
    Por tanta emoção
    A vida me fez assim
    Doce ou atroz
    Manso ou feroz
    Eu caçador de mim"

Polícia resgata corpos e veículo de jovens desaparecidos em rio da BA

Ação foi concluída por volta das 3h desta quarta e corpos já estão no IML.
Investigações foram iniciadas com hipótese de acidente de carro, diz perito.

Carro dos universitários submerso no rio. (Foto: Divulgação/PRF )Carro dos universitários foi encontrado submerso em rio da Bahia. (Foto: Divulgação/PRF )
Os corpos dos cinco universitários desaparecidos há uma semana depois de saírem do Espírito Santo com destino à Bahia já foram resgatados dentro do Rio Mucuri, próximo à cidade homônima, e encaminhados ao Instituto Médico Legal de Teixeira de Freitas, ainda na Bahia, na madrugada desta quarta-feira (25). A ação foi concluída por volta das 3h, quando policiais e Bombeiros puxaram o veículo, localizado por volta das 20h, com o auxílio de um guincho.
Objetos de jovens universitários Bahia (Foto: Reprodução/TV Santa Cruz) 
Malas foram localizadas no veículo pelas equipes de
resgate (Foto: Reprodução/TV Santa Cruz)
Segundo a perícia inicial, os corpos são investigados como sendo os dos cinco jovens, restando apenas a constatação da perícia final, que só será realizada após o reconhecimento dos parentes dos universitários que são aguardados no IML, previsto para acontecer o mais breve.
De acordo com a polícia, a confirmação de que o carro era de André Galão, um dos rapazes do grupo, além da presença de três corpos no banco de trás, são fortes indícios de que os corpos são dos jovens. Além disso, o carona foi encontrado nas proximidades do riacho onde o carro estava, próximo a algumas árvores, configurando um total de cinco ocupantes, com características que conferem com as repassadas por familiares sobre os jovens.
O perito Alexson Magalhães informa que, no interior do veículo, foram achados documentos do proprietário e de objetos pessoais que conferem com os descritos por parentes dos jovens. Magalhães fez parte da equipe de quatro peritos da polícia técnica que participaram das buscas e da captura. Segundo ele, as vítimas que estavam dentro do carro utilizavam cinto de segurança no momento em que foram encontradas.
 
Retirada de carro foi finalizada por volta das 3h da
madrugada (Foto: Reprodução/TV Santa Cruz.
A polícia inicia as investigações com a hipótese de acidente de trânsito, que teria ocorrido em uma curva perigosa, por conta das condições do veículo e dos cálculos de distância e frenagem realizados no local.
"Ainda vamos aguardar os resultados dos exames de necropsia, que poderão acusar algum sinal de violência nos corpos e levantar alguma suspeita de crime, mas, a princípio, trabalhamos com a hipótese de acidente, visto que o carro foi encontrado em uma distância muito grande do ponto de frenagem, o que pode configurar um excesso de velocidade, seguido de capotamento", afirma.
Buscas
De acordo o capitão Anilton Almeida, do 13º Batalhão da Polícia Militar (PM) de Teixeira de Freitas, o veículo modelo Punto, placa OBC-9685, foi encontrado submerso no Rio Mucuri. Ele informou que um corpo foi localizado às margens do rio. A polícia do Espírito Santo avisou às famílias. Cerca de 60 homens trabalharam no resgate, com contingentes das polícias da Bahia e do Espírito Santo, Corpo de Bombeiros, IML, além da equipe da Companhia de Ações Especiais da Mata Atlântica (Caema).

Boato
Na manhã de terça-feira (24), a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) chegou a informar que um carro com cinco corpos havia sido encontrado na localidade de Juerana, próximo a Posto da Mata, em Nova Viçosa. Mas o superintendente de Polícia do Interior, Danilo Bahiense, sobrevoou o local e não confirmou o fato.

Bahiense afirma que o que motivou as buscas foi "um boato". "Recebemos a informação e fomos ao local para checar. Sobrevoamos a região de helicóptero e o coronel também nos auxiliou, de carro, mas foi boato. Não encontramos nada", disse.
Desaparecimento
Os cinco jovens que seguiam do Norte do Espírito Santo para Prado, na Bahia, na última sexta-feira (20), desapareceram antes de chegar ao destino. Os universitários de São Mateus e Colatina saíram do Espírito Santo às 19h e foram vistos pela última vez em um posto de combustíveis em Pedro Canário.

Jovens estão desaparecidos desde a última sexta-feira (20). (Foto: Reprodução/TV Gazeta)Jovens desapareceram na última sexta-feira (20). (Foto: Reprodução / TV Gazeta)

Capixabas Universitários desaparecidos na Bahia são encontrados mortos, ...

Entidades lamentam morte de jornalista no Maranhão

Décio Sá foi morto a tiros na noite de segunda-feira (23), em São Luís.
ANJ e ABI pedem rigor em investigações sobre o crime.

                                                                                                                                                            Entidades ligadas ao exercício do jornalismo lamentaram, nesta terça-feira (24), a morte do jornalista Décio Sá, executado a tiros na noite de segunda-feira (23), na Avenida Litorânea, em São Luís. Sá tinha 42 anos e era repórter da editoria de política do jornal O Estado do Maranhão. O jornalista era também autor de um dos blogs mais acessados do Maranhão.

Em entrevista ao G1, o diretor executivo da Associação Nacional dos Jornais (ANJ), Ricardo Pedreira, pediu a imediata apuração do crime por parte das autoridades. “Parece muito claro que o assassinato do jornalista Décio Sá ocorreu devido à cobertura que ele fazia dos crimes de pistolagem no Maranhão. 

A ANJ lamenta e pede a imediata apuração do crime por parte das autoridades, assim como a prisão, julgamento e condenação dos envolvidos. Infelizmente, o Brasil tem se destacado na estatística de assassinatos de jornalistas em decorrência de sua atividade profissional e o trabalho desses jornalistas é feito sempre em favor da comunidade”, afirmou.
                                                                                                                                                          
Uma nota conjunta da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de São Luís e do Sindicato dos Radialistas do Maranhão foi divulgada na tarde desta terça também pedindo a autoridades locais a rápida apuração dos fatos com a punição dos culpados.

"Décio Sá foi assassinado covardemente na noite de ontem, com seis tiros de uma pistola de uso exclusivo dos militares – conforme atestado por um perito criminal – por dois ocupantes de uma motocicleta, no Bar Estrela Dalva. (...) Profissional conhecido em todo o Estado por sua atuação destemida, seu covarde assassinato deixa entristecida toda a categoria dos jornalistas maranhenses e indignados todos os jornalistas brasileiros. 

Jamais imaginaríamos que, vencido o período de regime de exceção e, ao alcançarmos a democracia, nos encontramos cercados por uma legislação penal tão estimulante para a prática de atos criminosos, onde a vida dos cidadãos nada vale diante da vingança banal dos bandidos, pistoleiros e mandantes", diz a nota.
Mapa crime jornalista (Foto: Editoria de Arte/G1)
O presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Maurício Azêdo, também enfatizou a necessidade de rigor na investigação do caso, em entrevista por telefone à Globo News. "É lamentável que ainda ocorram fatos dessa natureza porque o jornalista não trabalha para si mesmo, ele trabalha para a sociedade e uma agressão, a morte de um jornalista, na verdade, constitui um ataque ao conjunto da sociedade. A ABI espera que haja rigor de apuração pelas autoridades do Maranhão para que não se repitam ataques dessa natureza e dessa gravidade", diz.

De acordo com Azêdo, no ano passado foram pelo menos quatro jornalistas mortos em circunstâncias de ameaça permanente à liberdade de expressão.
Também em entrevista à Globo News, o presidente do Sindicato dos Jornalistas do Maranhão, Leonardo Monteiro, defendeu rigor na legislação brasileira.

"Nós temos que ressaltar essa imprudência do nosso país em liberar tanto a legislação penal. O que se vê é uma banalidade. O assassino chega, pergunta quem é você e mata. Não precisa de máscara nem nada. Se as autoridades do nosso país não tomarem conhecimento dessa situação, nós vamos continuar tendo mais assassinatos. 

Décio era um jornalista que abraçou o destemor ao buscar fatos misteriosos e ocultos. Esse é o nosso dever: informar a socidade. Não devemos nos intimidar. (...) Isso nos encoraja para ir em frente, à luta", diz.

A Associação Brasileira de Imprensa ltambém divulgou nota lamentando a morte de Décio Sá. "Entristecida com esse episódio, que fere de forma grave e intolerável a liberdade de expressão e a liberdade do exercício da profissão de jornalista, a ABI considera a morte de Décio Sá uma resultante da passividade do Poder Público na apuração de crimes contra jornalistas em diferentes pontos do país."

Neste ano, a Organização das Nações Unidas (ONU) tentou aprovar uma resolução para reduzir o número de assassinatos de jornalistas. Segundo o Jornal Hoje, o Brasil, a Índia e o Paquistão conseguiram adiar a votação da proposta para 2013.

NOTA: COM CERTEZA ESSA ATITUDE DOS COVARDES ASSASSINOS QUE CEIFARAM A VIDA DO NOSSO COLEGA JORNALISTA Décio Sá, SÓ CONTRIBUIRÁ PARA NOS DOTAR DE CORAGEM E DESTEMOR NO EXERCÍCIO DA NOSSA ATIVIDADE COMO PROFISSIONAIS NA ÁREA DA COMUNICAÇÃO. "OS COVARDES TOMBAM AJOELHADOS, OS CORAJOSOS TOMBAM EM PÉ, ASSIM COMO TOMBOU NOSSO COLEGA EM SÃO LUIS DO MARANHÃO DE FORMA TRAIÇOEIRA E COVARDE PELOS SEUS ALGOZES.

Valter Desiderio Barreto - Jornalista e escritor

'Não quero ser mais frei', diz religioso flagrado em motel com menor em MT

Frei confessou que era apaixonado por menor, mas tinha medo de escândalo.
Ele mudou de Cuiabá e afirmou que vive uma nova fase na sua vida.

Frei foi preso após ser flagrado em motel com menor (Foto: Kelly Martins/G1) 
Frei foi preso após ser flagrado em motel com
menor (Foto: Kelly Martins/G1)
 
O frei de Cuiabá, Erivan Messias da Silva, de 51 anos, que chegou a ser preso após ser flagrado pela polícia saindo de um motel com uma adolescente de 16 anos, declarou ao G1 que não pretende voltar mais para o sacerdócio. Um ano depois do fato, que ocorreu em Várzea Grande, região metropolitana da capital, Erivan contou que mudou de cidade e está em uma nova fase de sua vida.

“Achei por bem começar de novo. Vou repaginar minha vida e fiz uma opção de não estar mais na função de frei”, disse. Em entrevista à reportagem, Erivan chegou a declarar que já mantinha um relacionamento amoroso com a menina há alguns meses, mas que escondeu o caso por medo do escândalo. Entretanto, após a prisão, ele também pediu perdão aos fiéis e à Igreja.
Ele foi preso no dia 31 de janeiro de 2011 ao sair de um motel em Várzea Grande com a menor. No entanto, a Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar determinou, no mês de março deste ano, o arquivamento do inquérito policial aberto contra o frei para apurar o suposto estupro de vulnerável. O arquivamento foi a pedido do Ministério Público Estadual.
“Foi um desgaste muito grande e acho injusto tudo o que fizeram e falaram de mim. Foi muito forte todo esse envolvimento público e me deixou marcas. Ainda bem que a Justiça foi feita. Porém, não quero mais voltar a ser sacerdote na igreja”, pontuou.

Erivan Messias contou ainda que a decisão foi tomada “por amor” e pelo fato de gostar de alguém. Questionado sobre o relacionamento amoroso, o frei preferiu não entrar em detalhes e não confirmou se ainda mantém algum tipo de contato com a adolescente. Isso porque, ele disse que mudou-se de Cuiabá e atualmente mora com a mãe em Jaciara, a 148 quilômetros de Cuiabá, e que também vai muito para Rondonópolis.

Por outro lado, Erivan relatou que pensa em um dia se casar. "É um desejo, mas não quero pensar nisso no momento", frisou. Conforme Erivan, apesar de ter exercido o ministério religioso por 22 anos, ele informou que atualmente trabalha no setor administrativo de uma indústria.
O frei trabalhava em duas paróquias da capital e foi afastado das funções por determinação da Arquidiocese de Cuiabá, no dia 1º de fevereiro de 2011.

Arquivamento
 
De acordo com o promotor de Justiça Cláudio Cesar Mateo Cavalcante, o fato praticado é criminalmente atípico e não constitui crime. Além disso, o parecer baseia-se em fundamentações do ponto de vista criminal. “Não há, e nem poderia haver, qualquer análise dos pontos de vista ético, moral ou mesmo religioso”, consta trecho do documento. O promotor argumentou ainda que nos autos não existem elementos para o oferecimento da denúncia.