Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

terça-feira, dezembro 24, 2013

Papai Noel, mentira danosa para pais e filhos


































Boa parte do Natal que existe hoje foi invenção dos jornais ingleses, no século XIX, quando recuperaram lendas cristãs antigas para ilustrar com arte gráfica as edições, em comemoração ao dia 25 de Dezembro. 

A literatura não ficou atrás. 

Assista ou leia, “Christmas Carol”, de Charles Dickens e sinta na pele, o que acontece quando as mídias se juntam para promover o "senso comum". 

No final do conto, o velho Scrooge se rende aos encantos do Natal e por isso, se torna mais humano. 

Entenderam como o espírito natalino consegue modificar as pessoas? 

A minha crítica é com relação a fazer as crianças se renderem ao espírito natalino através do medo, pois se assim não fizerem, não serão pessoas boas. 

Do contrário, os fantasmas dos natais, dos anos anteriores, irão persegui-las...

No passado, as pessoas eram mais otimistas, principalmente no continente europeu. 

Atualmente, as multidões sentem que suas vidas foram perdidas e que o Estado, anteriormente provedor, é na realidade um pai omisso e/ou mentiroso. 

Mas na vida é assim mesmo, para existirem os vencedores, tem que também existirem os perdedores. 

E para que haja um mundo mais justo, pessoas mais dedicadas aparecerão para dizer que a responsabilidade é de todos.

Para que o ser humano não tenha vergonha do mundo que ele está construindo ou aquele mundo que deixou para trás, precisa parar para pensar antes de agir, para evitar assimilar tudo o que lhe é imposto. 

Afinal, podemos ser vencedores com humildade ou perdedores com dignidade, quando reconhecemos os nossos erros.

Com relação ao Natal, os erros estão aí, expostos e esfregados em nossa cara. 

Mas quem toma a primeira atitude para mudar o imposto?

Há uma certa irresponsabilidade dos pais quando mentem aos filhos sobre a existência de um pai imaginário, que apenas uma vez ao ano lhes fazem uma visita com presentes. 

Isto é, se a criança se comportou bem.

Não é preciso pensar muito para entender a afirmativa acima, o pensamento tem que ser curto e conclusivo. 

Mentir para o seu filho, fará dele um grande mentiroso? 

A pergunta é curta e a conclusão merece delongas...

Em primeiro lugar, o Natal envolve um sistema de crenças religiosas em que Papai Noel não é, nem mesmo foi, um dos reis magos, talvez se quiséssemos aproximar da correção e ensinássemos sobre São Nicolau - que nos países do norte da Europa figurou no passado como uma espécie de Robin Hood (tido como acolhedor dos pobres e principalmente das crianças carentes, o primeiro santo da igreja a se preocupar com a educação e a moral tanto das crianças como de suas mães) - festejado todo dia 06 de Dezembro - não estaríamos destruindo a semente da fé num pequeno coração infantil.

Pense pelo lado da credibilidade que a criança sente pelos pais. 

A criança percebe, "Se os meus pais mentiram sobre papai Noel, talvez Jesus também seja uma mentira?'. 

Afinal, eles estão atualmente conectados ao mesmo dia, 25 de dezembro, Natal.

Uma criança que tem sido enganada pela mentira do papai Noel, não só duvida da verdade sobre Jesus, mas tudo que um pai diz. 

Seja sobre as drogas serem ruins ou mesmo sobre as questões sexuais na infância/pré-adolescência - As crianças descobrem o prazer do corpo, muito antes de entenderem a palavra sexo - Afinal, por que uma criança acreditaria em uma pessoa que mentiu para ela sobre Papai Noel por pelo menos cinco anos de sua vida?

É muito possível que a maioria das dúvidas que os cristãos têm sobre sua própria fé advém dessa mal traçada mentira; dúvidas subconscientes que surgem principalmente quando enfrentamos perigos ou estresse, quando somos esmagados pelo medo e covardia. 

A proteção que tínhamos antes da descoberta de que papai Noel não existia, não existe mais.

Além do dano espiritual ao mentir para nossas crianças sobre o Papai Noel, há o dano psicológico causado a uma mente frágil de criança. 

Devemos nos lembrar quando éramos criança e descobrimos que Papai Noel era uma farsa, uma mentira; o mundo pode não ter desabado, mas pelo menos foi questionado porque mentiram por tanto tempo. 

Se foi outra a criança a contar sobre a não existência do papai Noel, ainda passou por tolo por "ainda" acreditar em papai Noel. 

Ah, você não se lembra? 

Nem eu, porque não passei por essa mentira e talvez por isso, respeitava tanto cada adulto que pertenceu a minha vida, meus pais, avós, parentes, professores e para tanto, posso enojar a mentira e mentirosos. 

Em quem a criança deve confiar, se até mesmo seus pais lhe passam mentiras? 

Alguns pais dizem: "As crianças logo esquecem tudo isso". 

Mas, e o que fica no subconsciente? 

Comentei em algum blogue - que não me lembro - sobre uma reportagem assistida pela tv, onde uma mãe com uma criança - ainda de colo - ao ser questionada sobre o que ela achava da decoração de natal do shopping, entre tudo o que ela disse ao repórter, destaco: "... até a minha filha (a de colo) já está entendendo quem é o papai Noel". 

Quem é papai Noel?

Veja bem, a criança ainda não fala e nem mesmo sabe sentar e os pais já injetam a mentira. 

O choque de perceber que papai Noel é falso e mentiroso, no mínimo faz a criança triste, deprimida, cheia de ansiedade e medo - de diferentes graus. 

O mundo perde um pouco da magia. 

O que esperar daqui pra frente do Natal? 

Para quê ter que se comportar o ano todo?

É muito possível que o estresse causado pela descoberta da mentira acerca do papai Noel, cause danos pós-traumático nas crianças, nunca associados pelos pais - afinal, foi uma mentirinha que será esquecida - Não se iluda, esses traumas podem causar uma gama de doenças mentais à medida que a criança atinge a Adolescência, como: urinar na cama, ansiedade, TOC e transtornos bipolares, hiperatividade, depressão, distúrbios alimentares, obesidade, comportamento antissocial e uso abusivo de álcool e drogas.

Leia: Não transforme o Papai Noel em um trauma: Busque entender ‘o que’ e ‘como’ o seu filho pensa (Revista Pais & Filhos).

Parece exagero, mas imagine você como um adulto, de repente acorda em um mundo onde todos mentem para você. 

Como você se sentiria? 

Preocupado, ansioso, confuso, com medo? 

Bem, você terá que multiplicar o que sentiu por cerca de 1000 vezes e daí sim você poderá ver a amplidão da mentira na cabeça da criança e imaginar o dano psicológico motivado pela mentira sistêmica, elabora e persistente, a mente de uma frágil criança.

Se você quer que seu filho cresça honesto, psicologicamente normal e tenha valores saudáveis, não alimente a mentira do Papai Noel de suas vidas. 

Trate papai Noel como todas as outras fábulas. 

Se você encontrou um lugar para mentir para uma criança sobre o papai Noel, não é tarde para também achar lugar para falar a verdade. 

Pelo menos as crianças vão aprender a verdade de você e não do mundo ou descobrir por si mesmos que mentirosos são seus pais.

Se há mentira entre o casal, a confiança é quebrada. 

Difícil será confiar de novo. 

Você cria o seu filho para ser sincero e os professores ensinam as leis da física. 

Que cara de pau dizer que nove renas voadoras puxam um homem imortal em seu trenó pelo céu para que ele entregue presentes a milhões de crianças ao redor do mundo em uma única noite por ano!

Apesar dos pais exigirem dos filhos que não mintam, por que eles podem mentir? 

Essa também não é uma "boa mentira" como a que você usa por preguiça: "não podemos ir no parquinho hoje, porque ele está fechado", quando, na verdade, você apenas não quer sair do sofá.

Leitura recomendada: Crianças chorando no colo de papai Noel: Os pais acham esse distúrbio divertido? (em inglês)

Imagem

Não force uma criança a gostar do papai Noel! 

Que pecado!!



"Há bastante tempo existe certa oposição a que se ensine crianças a acreditar em Papai Noel. 

Alguns cristãos dizem que a tradição de Papai Noel desvia das origens religiosas e do propósito verdadeiro do Natal. 

Outros críticos sentem que Papai Noel é uma mentira elaborada e que é eticamente incorreto que os pais ensinem os filhos a crer em sua existência. 

Ainda outros se opõem a Papai Noel como um símbolo da comercialização do Natal, ou como uma intrusão em suas próprias tradições nacionais" (Juventude Ativa)

O ridículo dessa situação é que os pais são muito insistentes na mentira e as próprias crianças, quando descobrem a farsa e não se revoltam, fingem que ainda acreditam, só para não deixar os pais tristes (CNN iReport).

Investigue para não se passar por "esquisito".


Fonte: Blog Luz de Luma

Gestor do Saaep apresenta à imprensa relatório dos serviços prestados em 2013

Acompanhado de auxiliares diretos, o gestor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (Saaep), Gesmar Costa, apresentou para membros da imprensa, nesta segunda-feira (23) no auditório da autarquia, relatório das atividades desenvolvidas pela autarquia em 2013. 

A apresentação das ações do Saaep desenvolvidas este ano foi acompanhada de café da manhã oferecido aos jornalistas.

No relatório, foram apresentados dados sobre repasse da Prefeitura de Parauapebas para o Saaep nos anos de 2012 e 2013; arrecadação de contas de água, despesas com folha de pagamento e encargos sociais; e frota de veículos e despesas com combustível, além de investimentos em projetos de ampliação nos serviços de captação, tratamento e distribuição de água no município.
Repasses
De acordo com o relatório apresentado, no período de janeiro a março de 2012 a prefeitura fez repasse ao Saaep no valor de R$ 2.620.580,09 e de R$ 1.998.034,64 no mesmo período de 2013. 

No segundo trimestre de 2012, o repasse foi R$ 4.114.505,26 e no mesmo período de 2013, R$ 1.998.483,17.

De julho a setembro do ano passado, o Saaep recebeu da prefeitura R$ 6.103.361,90 e R$ 5.070.994,45 no mesmo período de 2013. Já no último trimestre de 2012, o repasse chegou a R$ 5.236.287,31 e em 2013 a R$ 4.063.445,74. Em resumo, o Saaep recebeu investimentos na ordem de R$ 12.838.447,25 em 2012 e R$ 9.057.512,26 em 2013.
Arrecadação
Com relação à arrecadação das contas de água, de janeiro a março de 2012 o valor chegou a R$ 1.303.996,61, contra R$ 1.054.760,63 no mesmo período de 2013. 

No segundo trimestre de 2012, o valor arrecadado chegou a R$ 1.080.133,57 e a R$ 1.144.040,41 em 2013.

De julho a setembro de 2012, o Saaep arrecadou o valor de R$ 1.180.238,70, enquanto que no mesmo trimestre deste ano foi R$ 1.263.828,90. Por último, a autarquia recebeu R$ 1.197.306,05 no quarto trimestre de 2012 e R$ 2.181.055,38 no mesmo período de 2013. 

No total, o órgão arrecadou das contas de água a importância de R$ 3.564.368,88 em 2012 e R$ 3.462.629,94 este ano.

Folha de pagamento e encargos sociais
No que tange às despesas com folha de pagamento e encargos sociais, no primeiro trimestre de 2012 foram gastos R$ 902.281,97 e R$ 723.933,33 no mesmo período de 2013; R$ 1.220.132,24 no segundo trimestre de 2012 e R$ 1.334.910,78 no segundo trimestre de 2013; R$ 1.287.226,33 no terceiro trimestre do ano passado e R$ 1.505.658.51 no terceiro trimestre deste ano; e R$ 1.898.585,65 no quarto trimestre de 2012 e R$ 2.461.579,73 no mesmo período de 2013, totalizando R$ 3.409.640,54 em 2012 e R$ 3.564.502,62 em 2013.
Frota de veículos
O gestor do Saaep informou no relatório que a autarquia possui uma frota de veículos formada por um caminhão bigjato, dois caminhões F 400, três camionetes Amarok, três caminhões ¾, três automóveis modelo Gol, quatro motocicletas 150 cilindradas, quatro caminhões limpa-fossa, cinco motocicletas Bros, oito veículos modelo Gol (locados) e onze caminhões-pipa.

Para atender a essa frota com combustível, o órgão gastou este ano R$ 25.302,31 com gasolina e R$ 28.788,11 com óleo diesel, totalizando R$ 54.090,42.
Quadro funcional
No quadro funcional, o relatório informa que no primeiro trimestre deste ano ocorreram 69 admissões de funcionários, concessão de férias a quatro trabalhadores e 50 demissões. 

No segundo trimestre, foram registradas 36 admissões, 22 férias e 11 demissões.

Já no terceiro trimestre, a movimentação chegou a 30 admissões, 21 férias e 34 demissões, enquanto que nos últimos três meses do ano ocorreram 4 admissões, 14 férias e 6 demissões.
Projetos iniciados em novembro
O relatório aponta ainda que no último mês de novembro foram iniciados os serviços de construção de sistema de captação, tratamento e distribuição de água no complexo Caetanópolis, para atender a uma população estimada em 35 mil habitantes, com investimentos na ordem de R$ 12.548.666,72.
Informa também a construção de 10 bases em concreto armado (R$ 1.569.999,69) e de 10 reservatórios de estrutura metálica (R$ 8.800 mil), sendo cinco com capacidade para 2.500 m3 de água para atender às comunidades dos bairros Jardim Canadá, Nova Vida, Betânia e Bela Vista, e os outros cinco com capacidade para 200 m3 nos bairros e localidades Jardim Canadá, Céu Azul, Jardim América, Distrito Industrial, Vila
Sanção e Vila Paulo Fonteles.

O relatório anuncia ainda a construção de rede de distribuição de água tratada na Vila Palmares Sul, para atender a uma população estimada em 4.200 habitantes, no valor de R$ 3.920.124,01; e obras de substituição de barreletes e tubulação de captação de água bruta da ETA 1, no Bairro São José, com investimentos na ordem de R$ 5.465.877,13.

O documento informa também a construção de abrigos, guarita, muro, cerca com alambrados, pavimentação de pátios e pintura de reservatórios e edificações de propriedade do Saaep, no alto das torres de TV, Bairro Jardim Canadá (R$ 275.128,72); no reservatório Bela Vista (R$ 564.064,28), reservatório Betânia (R$ 486.817,72), torre de carga Nova Vida (R$ 325.861,79) e na guarita de entrada da ETA 1 (R$ 201.079,62)

























Reportagem: Waldyr Silva / Da redação do Portal Pebinha de Açúcar / Foto: Bariloche Silva

segunda-feira, dezembro 23, 2013

Prefeito Vanjo Desiderio: VIAGEM A BRASILIA DEZ/2013

















Hoje, para minha alegria e de toda a minha equipe, foi creditado no conta dos Servidores da Prefeitura Municipal de Água Fria, o tão esperado 13º SALÁRIO. 

Isso é fruto de Planejamento e responsabilidade com o dinheiro publico, e acima de tudo respeito ao direito do servidor. 

Estamos aguardando o recurso do FUNDEB, o suficiente para pagar o 13º dos Trabalhadores da Educação.

É esse o trabalho da Gestão UMA NOVA HISTÓRIA, que com garra e Planejamento, vem superando dia pós dia, as dificuldades encontradas!



    ELE NÃO É DEUS DE MORTOS, MAS DE VIVOS!




    Texto base: “Ele não é Deus de mortos, mas de vivos”! – Mateus 22.32b NVI

    O dia 2 de novembro foi separado pela igreja católica para a “celebração da vida eterna das pessoas queridas que já faleceram.

    Segundo este ensino, esse é o dia do amor, porque “amar é sentir que o outro não morrerá nunca”.

    A ICR reza pelos falecidos, e seus fiéis costumam visitar os túmulos dos entes queridos.

    Este dia nos faz lembrar [até mesmo aqueles que não aderem esta crença] de pessoas que se foram.

    Com algumas, a saudade é maior; já com outras, pelo qual não tivemos um contato mais estreito, a saudade vem com menos intensidade.

    Saudade e tristeza vêm a nossa mente e é sentida pelo coração.

    Mas no meio de todo este “jogo emocional” envolvendo nossa alma e espírito há algumas ponderações que devem ser arrazoadas pela razão.

    Porque enaltecemos tanto os que se foram e somos displicentes com os que estão vivos?

    Um frase da refugiada Anne Frank que aos 4 anos de idade foi obrigada a sair do seu país com sua família após a chegada de Adolph Hitler ao poder que seguiu a perseguição aos judeus, ilustra uma grande verdade e traz luz as lágrimas ilegítimas para com o amor verdadeiro: “Os mortos recebem mais flores do que os vivos, porque o remorso é mais forte que a gratidão”.

    Jesus é claro, e seu ensino é legítimo acerca da morte: “Deus é Deus dos vivos e não dos mortos”.

    Não há sabedoria em perscrutar a eternidade e tirar conclusões do que o Pai assim fez por Sua Soberana Vontade.

    Os mortos estão sob o cuidado de Deus, e justos e injustos serão ressuscitados para o julgamento.

    Não há comunicação com os mortos, e toda reza é vã para aqueles que não estão neste mundo.

    Há um grande abismo entre nós e eles.

    Muitas são as histórias e lendas inventadas para atenuar a dor da perda; mas aos que conhecem a Cristo, sua esperança nEle não se limita somente a esta vida, se assim fosse, seria o mais infeliz de todos os homens.

    Talvez a perda de alguém muito querido o nocauteou e o jogou para a lona. 

    O aperto da saudade o fez cair em uma profunda depressão e a esperança foi tragada pela partida.

    Mas hoje quero desafia-lo a colocar sua esperança em Jesus Cristo.

    Aquele que sabe de todas as coisas e que venceu a morte.

    Como está escrito: “Porque a vontade de meu Pai é que todo o que olhar para o Filho e nele crer tenha a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia" (Jo 6.40 NVI).

    A morte nos traz dor e tristeza porque Deus não nos fez para morrer.

    Mas a queda do homem em Adão tornou da sepultura uma certeza [ao menos que Cristo nos arrebate antes].

    Porém, o único que veio ao mundo para morrer, assim o fez dando sua vida espontaneamente para todo aquele que nEle crer não morra, mas tenha a vida eterna.

    A primeira morte é inevitável, mas a Escritura nos ensina de uma segunda morte [que é o juízo de Deus com o julgamento de todos aqueles que não creram no Cordeiro que o poderia salvá-los]: “Mas os covardes, os incrédulos, os depravados, os assassinos, os que cometem imoralidade sexual, os que praticam feitiçaria, os idólatras e todos os mentirosos — o lugar deles será no lago de fogo que arde com enxofre.

    Esta é a segunda morte". (Ap 21.8 NVI)

    Aproveite enquanto é vida! Depois se trata apenas de uma memória e um corpo para o IML.

    Antes de ir ao cemitério, se reconcilie com os que estão vivos.

    Cremos em um Deus Vivo que morreu ao terceiro dia na Pessoa de Jesus, para nos perdoar e que ressuscitou para nos livrar da condenação eterna, a saber, a segunda morte.

    Descanse em Deus para com os que se foram - ame os que estão vivos - e cuide de si para que no anseio de ganhar o mundo, perca sua alma.

    Pense nisso!


    Fabio Campos


    COMENTÁRIO:

    Parabéns pelo texto esclarecedor Fabio Campos ! 

    Que Deus continue lhe usando para nos trazer mensagens tão preciosa como esta. 


    Valter Desiderio Barreto. 23 de dezembro de 2013.