Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

sexta-feira, janeiro 31, 2014

A Jornalista do SBT dá uma declaração polêmica que pode tirar a eleição ...

Especial Saaep: Iniciativa inovadora distribui água envasada a órgãos públicos


 

 

O sistema de envasamento de água de Parauapebas foi implantado no ano passado com o objetivo de reduzir custos dentro dos órgãos públicos municipais e oferecer um produto de qualidade aos servidores.

 




Com capacidade de produzir e envasar até 1.200 copos de água por hora, o processo de envasamento do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (Saaep) funciona na Estação de Tratamento de Água II (ETA II) e conta com uma equipe de engenheiros e técnicos que acompanham de perto todo o processo de tratamento da água envasada.

De acordo com a coordenadora do envase, Natalia Santos, a água vem direto da ETA I, passa por um novo processo de filtração no laboratório e em seguida por filtro microbiológico e cloração. 

O controle físico, químico e microbiológico também é realizado diariamente por uma empresa especializada.

A coordenadora destaca que o processo de envasamento é inovador na cidade e está dentro dos parâmetros estabelecidos pelo Ministério da Saúde. 

Ela sugere que os servidores e a população de forma geral conheçam todo o processo de tratamento da água fornecida pela prefeitura.

“Visitando as Estações de Tratamento de Água, a população poderá conferir todo o processo realizado com água até chegar às torneiras e a qualidade do produto”, recomenda a coordenadora. 

 Atualmente, no sistema de envasamento a produção é de 100 caixas por dia com 80 unidades de 240 ml cada, com custo de R$ 9,12 a caixa (R$ 0,19 a unidade), com economia de 54% em gastos com aquisição de água nos setores públicos.

As caixas utilizadas na embalagem dos copos são devolvidas pelas repartições e reutilizadas pelo Saaep. 

Assistente administrativa da Secretaria Municipal da Mulher (Semmu), a servidora Elza Loiola fala que a água envasada do Saaep representa o cuidado que a gestão tem com os servidores. 

“Essa é uma iniciativa muito boa, que demonstra a preocupação com a qualidade da água que bebemos durante nosso expediente de trabalho”,  
“Este ano deve haver mudanças na parte operacional, como os filtros e bombas. 

Vamos começar o envasamento de galão e fazer com que os bebedouros das escolas municipais sejam abastecidos com a água do sistema de envasamento”, informou o gestor do Saaep, Gesmar Costa.




Liliane Diniz

Núcleo de Imprensa | Ascom

Fotos: Anderson Souza e Irisvelton Silva

Empresários formatam AGE par discutir calote da D’ Service



 

Reunidos ontem, 29, no auditório da ACIP, (Associação Comercial, Industrial e Serviços de Parauapebas), vários empresários discutiram a situação de inúmeros outros em situação de preocupação, desespero e indignação com a falta de compromisso de empresas de fora, que são contratadas direta ou indiretamente para prestarem serviços ou fornecer produtos para a Mineradora Vale, surpreendidos com o possível calote que a empresa de Belo Horizonte, Minas Gerais, a D’Service, poderá dar a fornecedores locais, seus credores.

E em face de que há alguns meses, a Vale firmou acordos para pagamento, considerando os créditos que a D’ Service “tinha ou tem” com a Vale; o pagamento foi executado, porém para apenas alguns credores. 

São 39 o número de credores da D’Service que agora  lutam para receber um valor que se aproxima de R$ 6 milhões.

“Tentamos contato com a D’ Service, o diretor admite a dívida, mas não explica quando e como vai pagar; transferindo a culpa para a mineradora Vale alegando ter créditos com a mesma”, conta Cleiton Borba, diretor da empresa Borba Transportes, Locações e Serviços.

Na reunião de ontem o grupo ganhou força e através de convocação direta espera reunir todos os 39 credores para pressionar tanto a mineradora quanto a D’ Service a discutir e efetuar o pagamento aos credores.

A discussão será feita na Assembleia Geral Ordinária, convocada com urgência para o dia 6 de fevereiro, quinta-feira, as 19h, no auditório da ACIP cuja pauta será:
1 – Levantar todo débito da D’ Service na praça;
2 – Requerer da Vale que não faça pagamentos a D’ Service, pelo menos até que quite todas as dívidas na praça;
O grupo espera ganhar o reforço do Ministério Público; Poderes Executivo e Legislativo; e sindicatos que representem trabalhadores que também foram lesados pela empresa. 


(Fonte: Assessoria de Comunicação e Imprensa da ACIP)

O lixo nosso de cada dia


Em Tóquio, reciclagem chega a 100%; no Rio, mais de 1 milhão de toneladas são recolhidas nas ruas


Carlos Aguilar

Após o feriado de São Sebastião, dia 20 de janeiro, a Comlurb recolheu 40 toneladas de lixo das areias da Praia de Copacabana. 

Os resíduos ficaram expostos para chamar a atenção da população. 

No início do ano, a queima de fogos nas praias do Rio durante os festejos do réveillon resultou em 700 toneladas de lixo na orla carioca. 

O trabalho de limpeza envolveu quase quatro mil trabalhadores, 180 viaturas e 130 equipamentos. 

Mais um retrato do mau hábito de descartar lixo em local impróprio, ainda tão inserido na população, e de suas consequências para as finanças municipais e para o ambiente. 

No carnaval, novos números do que é jogado nas ruas, sem o menor pudor, deverão impressionar os cariocas.

É equivocado o pensamento de que limpeza urbana é um problema unicamente do poder público. 

Em muitos países, a população já compreendeu que o descarte e o tratamento do lixo também são de responsabilidade de quem o produz. 

Garantir que ele chegue ao destino adequado é uma questão de cidadania e respeito ao futuro.

Em Tóquio, por exemplo, não existe a necessidade de instalação de lixeiras nas ruas. 

Os moradores entendem que possuem a obrigação de levar o lixo para casa e separá-lo para a coleta seletiva. 

O sistema de reciclagem local abrange mais de dez categorias. 

Em alguns bairros, como Odaíba, a taxa de reaproveitamento do lixo chega a 100%. 

Em Toronto, no Canadá, a participação popular nos trabalhos de reaproveitamento do lixo chega a 96%. 

Já em terras cariocas, mais de 1,2 milhão de toneladas de lixo é recolhido por ano nas ruas da cidade, mais do que o dobro do que é lançado nas vias de países desenvolvidos, segundo dados da própria prefeitura. 

O grande impacto da sujeira para o orçamento fez com que a poder municipal chegasse a uma atitude extrema: a de multar aqueles que jogarem lixo nas ruas.

A medida, já aplicada em cidades como Cingapura e Dubai, é eficiente, mas precisa ser aliada a campanhas de conscientização. 

A punição não pode ser a única forma de educar. 

É preciso despertar o interesse em viver em um ambiente mais limpo e saudável, e a consciência de que é necessário cumprir nossos deveres de cidadão, como descartar o lixo corretamente.

Todos os cariocas merecem encontrar uma praia mais limpa, uma orla mais asseada e ruas livres de dejetos. 

Ninguém quer isentar o poder público de suas obrigações: cabe às autoridades desenvolver sistemas de coleta cada vez mais modernos, que acompanhem o aumento da produção de lixo, consequência da melhoria das condições de vida da população. 

Os mecanismos de coleta seletiva e reciclagem devem ser ampliados, como determina a Política Nacional de Resíduos Sólidos. 

Nada disso, porém, apresenta qualquer resultado se a outra parte envolvida continuar ignorando o seu papel de fazer uma cidade sustentável. O problema do lixo é de todos.






Delúbio arrecada mais de R$ 1 milhão para pagar multa do mensalão

Prazo para pagamento da multa termina nesta sexta-feira (31).
Valor arrecadado supera em R$ 500 mil quantia estipulada pela Justiça.

 

Mariana Oliveira Do G1, em Brasília
1192 comentários
 
O site criado pela família do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, condenado no processo do mensalão, arrecadou mais de R$ 1 milhão em oito dias para o pagamento da multa imposta pelo Supremo Tribunal Federal (STF), segundo informações do site divulgadas nesta quinta-feira (30). 

O valor superou em mais de R$ 500 mil a quantia estipulada pela Justiça, de R$ 466,8 mil.

O prazo para pagamento da quantia termina nesta sexta (31). 

Segundo o advogado Celso Villardi, que defende Delúbio, a multa será quitada dentro do prazo.

Delúbio Soares chega para o primeiro dia de trabalho (Foto: André Coelho / O Globo) 
Delúbio Soares ao chegar para o primeiro dia de trabalho na CUT (Foto: André Coelho / O Globo)
 
 
 
Preso em novembro, Delúbio cumpre pena de 6 anos e 8 meses por corrupção ativa em regime semiaberto em Brasília. 

Obteve autorização para trabalhar na CUT durante o dia e começou no novo emprego no dia 20 de janeiro, com salário de R$ 4,5 mil. 

Além de corrupção, também foi condenado por formação de quadrilha, mas aguarda julgamento de recurso no STF que pode reverter a pena de mais 2 anos e 3 meses.

De acordo com o coordenador do setor jurídico do PT, Marco Aurélio Carvalho, assim como fez o ex-presidente do PT José Genoino, que doou R$ 30 mil do que sobrou do dinheiro que arrecadou para Delúbio, o ex-tesoureiro também doará o excedente do valor arrecadado para outro petista condenado pelo STF no processo do mensalão. 

Carvalho disse que o beneficiado pode ser o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, que ainda não foi notificado para pagar a multa.

Condenado a 10 anos e 10 meses de prisão, Dirceu terá que pagar 260 dias-multa no valor de 10 salários mínimos (no montante vigente à época do crime, de R$ 260), o que dá ao menos R$ 676 mil. 

O valor ainda vai aumentar porque será atualizado com base na inflação quando a Vara de Execuções Penais do Distrito Federal intimar o petista, o que ainda não ocorreu.
A quantia exata arrecadada no site criado para Delúbio foi de R$ 1.013.657,26 - até quarta (29) o valor era de R$ 415 mil e mais que dobrou até esta quinta. 

Na avaliação de Marco Aurélio Carvalho, foram dois os responsáveis pela elevada arrecadação: a militância do PT e o presidente do STF, Joaquim Barbosa. 

Segundo ele, a declaração de que condenados do mensalão deveriam permanecer no "ostracismo", dada na Europa, revoltou os petistas.

"Foram dois grandes responsáveis: o militante do PT, que tem um valor intrínseco enraizado, o valor da solidariedade. 

Por isso um chama o outro de companheiro. 

Nossa direção nacional e estadual tiveram papel importante porque conclamaram a militância. 

O segundo fator, temos que agradecer a Joaquim Barbosa, presidente do Supremo, que insuflou a militância que deu uma resposta rápida à declaração sobre o ostracismo. 

Nenhum deles (petistas condenados pelo STF) estará no ostracismo porque eles são condenados políticos", disse Marco Aurélio Carvalho.


1192 comentários
 
 
Ezequias Souza
O esquema dos PTralhas para arrecadar fundos via militância é simples. 

Os camaradas petistas-coniventes com a malandragem recebem dos mensaleiros parte dos recursos roubados no mensalão. A farsa petista volta a triunfar.

 
Hilton Costa
sorria delubio, o tempo do pt esta acabando, faltam so 9 meses, ria bastante da cara do povo, vc e seu chefe.

Benedito Palha
Há noticias de tantas pessoas que recorrem a movimentos de ajuda para alguém da família que tem doenças graves, com risco de morte. 

Mas não conseguem muitas das vezes arrecadar o necessário. Já pra esses homens condenados é tão fácil assim arrecadar 1 milhão? Sera que não há algo de errado? O que esses que doaram irão querer em troca?

 
Rogério
Aguardem: Breve, TODOS os políticos vão colocar sites no ar e receberão generosas doações anônimas. Foi uma forma genial que encontraram de lavar dinheiro roubado. 

Pedro Paulo
Se o MP investigar essas "doações" vai descobrir um novo mar de lama.

Orochimaru Sama
NUNCA VOU CANSAR DE DIZER: Este país já era...não tem mais salvação. 

A partir do momento em que pessoas doam dinheiro a CORRUPTOS CONDENADOS que já estão milionários às custas de desvio de verba pública...significa que já era mesmo...


Jane Araujo
Um país onde ladrões do povo recebem ajuda das próprias vítimas do furto para quitar as multas impostas pela Justiça, não pode ser chamado de país. 

É um ajuntamento de bandidos. E a gente de bem tem que conviver com isso. É uma afronta! 

Acho que coisas desse tipo não deveriam ser permitidas. É antididático. 

Agora, todos os corruptos vão meter mais a mão no erário, pois sabem que se condenados (o que é quase impossível) terão ajuda do povão para pagar as multas. 

Uma vergonha e um estímulo à corrupção. 

Isso deveria ser considerado crime e no caso de ocorrência, todos os envolvidos, punidos.



Washington Malta
ELES ESTÃO PAGANDO COM O DINHEIRO QUE ROUBARAM NA CARA DURA..É O CHAMADO CX 2..E VAI ACABAR TUDO EM PIZZA,POR QUE É BRASIL.

AQUI PODE TUDO!!! ATÉ MANTER UMA QUADRILHA ORGANIZADA COMO ESSA NO CONGRESSO,A NOS ROUBA,E RIR DAS NOSSAS CARAS....q venha copa e todos já esqueceram....
 
Julio Cesar
GENTE, eu também sou do PT, e fui preso injustamente, doem grana pra minha causa depositem na agencia 171 conta 171-171 

 
Edilson Machado
Com a sobra, vamos comprar charutos cubanos e vinhos chilenos como os nossos companheiros e representantes do proletariado tanto gostam e vamos rir da cara desse povo tupiniquim. Nossa Presidenta também é chegada num luxo.

 
Alexandre Moreira
Enquanto isso, o país vive a maior onda de violência da história.

 
Luiz Camargo
não houve doações nenhuma! esta quantia estava no caixa 2 e só fizeram marketing para tapear a RF.....

 
Lucas Silva
Quando você acha que já viu de tudo, percebe o quanto a ignorância do ser humano vai além de todos os limites. 

Uma raça de políticos que dizem que fizeram isso e aquilo, mas que na pratica só defecaram em nosso País. A você que ajudou vai o meu mais sincero selo de trouxa!

 
Alex Stones
A Voce que ENCHE o peito e faz questão de dizer doou ajuda financeira aos corruptos pra pagar suas multas, porque nao AJUDA quem precisa la no NORDESTE?! Comprando e levando CESTAS-BASICAS e CARROS-PIPAS a quem REALMENTE PRECISA E NECESSITA pra sobreviver. 

Quem recebeu ajuda de voces, estao rindo atoa e falando ''como é bom roubar porque tem otario que paga a conta''. 

Enquanto o pessoal do agreste, da caatinga, da seca nordestina emplora pra comer as MIGALHAS que caem da mesa do governo. 

Não tem mais PTralhas e nem Tucanada pra dar jeito...me desiludi com a politica desse Pais.

Mulher cobra até R$ 1.200 por sessão profissional de 'dormir de conchinha'

Ali C fundou empresa especializada no serviço em Nova York (EUA).
Americana diz que, por mais que excitação seja 'normal', sexo é proibido.

 

Do G1, em São Paulo
17 comentários
 
Fundadora do “Cuddle U” em Nova York, nos EUA, Ali C tornou o ato de “dormir de conchinha” um verdadeiro negócio, e se considera a primeira profissional da região na arte de deitar ao lado de seus clientes e confortá-los com carinho e uma boa conversa (veja o vídeo, em inglês).

Em entrevista ao jornal “New York Daily News”, a americana contou que começou seu negócio no fim do ano passado, e que pouco depois seu escritório começou a ficar cheio de clientes interessadas apenas em serem abraçadas por outra pessoa.

Ali C fundou empresa especializada em atender pesssoas que desejam dormir de conchinha (Foto: Reprodução/YouTube/New York Daily News)Ali C fundou empresa especializada em atender pesssoas que desejam dormir de conchinha (Foto: Reprodução/YouTube/New York Daily News)
 
 
Ali C afirmou que possui mais de 30 clientes, e que cobra a partir de R$ 144 pelas sessões, incluindo pacotes especiais de R$ 480 para ficar abraçadinho durante um filme, podendo alcançar R$ 1.200 para quem deseja dormir a noite inteira de conchinha. 

“É uma posição popular e confortável. 

Geralmente faço carinhos no cabelo, pescoço e rosto, o que os clientes acham muito confortável”, explicou Ali.

O objetivo do serviço, sublinhou a americana, é criar um ambiente com “energias amorosas, sem conotação sexual”, afirmando que seus clientes ficam “muito vulneráveis” quando são abraçados e conversam, principalmente quando passam por situações estressantes ou rompimentos amorosos.

A mulher deixa explícitas as regras em seu site oficial, destacando que conversas durante a sessão são encorajadas mas que, mesmo considerando que casos de excitação por sejam normais, visto que alguns homens  podem apresentar ereções durante o processo, contatos ou comportamentos sexuais são totalmente proibidos.

quarta-feira, janeiro 29, 2014

Especial Saaep: 1.700 famílias de Palmares Sul receberão água tratada regularmente








“É muito bom que a prefeitura esteja com esse trabalho aqui, pois o serviço de água é essencial”. 

A comemoração é de Ana Carla Moraes, que mora em Palmares Sul há dois anos. 

Ela fala sobre a obra de substituição de toda a rede de distribuição e a interligação com o novo sistema de abastecimento que a prefeitura está implantando no local.

Atualmente, um sistema alternativo formado por poços profundos atende as 1.700 residências de Palmares Sul, mas o abastecimento ainda não é regular. 

Com a conclusão do serviço, prevista para o início de março, 100% das casas vão receber água tratada regularmente.

Mas essa não é a única notícia boa. 

A tecnologia da nova tubulação é a mesma da que substituiu, recentemente, a antiga adutora da Estação de Tratamento de Água I (ETA I). 

O Polietileno de Alta Densidade (PEAD) garante maior durabilidade à rede, evita vazamentos, desperdício e inibe as ligações clandestinas. 

Diferente do Policloreto de Vinila (PVC), o PEAD não permite ligações com cola, mas utiliza alta fusão: as conexões recebem energia, que aquece, solda e funde o material.

Duas frentes de trabalho realizam o serviço de substituição da rede e concluem, aproximadamente, 1.000 metros por dia. 

Cada casa também receberá um hidrômetro para micromedição. 

Para o prefeito de Parauapebas, Valmir Mariano, o trabalho para aumentar a distribuição e levar água de qualidade a toda população do município é um compromisso que está sendo cumprido. 

“Esperamos sanar, de uma vez por todas, o problema de água em Parauapebas”, diz.

A prefeitura deve iniciar em fevereiro a construção do sistema de abastecimento de Palmares II. 

As obras da captação, estação de tratamento, bombeamento até o reservatório e reservação já estão licitadas e começam em breve. 

Já a licitação da rede de distribuição e micromedição deve ser realizada até julho.



Diego Pajeú
Núcleo de Imprensa | Ascom
Fotos: Anderson Souza

Gestor do SAAEP Gesmar Costa investindo na capacitação dos funcionários da autarquia para melhor atendimento a população































Com o objetivo de qualificar e capacitar funcionários do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauepebas, SAAEP, ligada a prefeitura municipal, o gestor Gesmar Costa, promoveu um treinamento com servidores daquela autarquia  nos dias 27 e 28 do corrente mês, através do palestrante Marcos Moura, que teve a incumbência de ministrar a palestra, a "Arte de falar bem em público", para que os mesmos possam recepcionar de forma humanitária, qualquer pessoa, em seus setores de atendimento ao público. 

Não tem como negar que o Gesmar Costa, está cada vez mais se notabilizando como o melhor gestor público do governo Valmir Mariano Queiroz, que em sintonia com as diretrizes de desenvolvimento que o prefeito tem traçado  para o  município, tem procurado falar a mesma língua do Alcaide municipal. 

A verdade é que Parauapebas aos poucos, está caminhando para o rumo certo, sob o comando do prefeito Valmir Mariano Queiroz, eleito em 2012 pela vontade da população que já estava cansada de sofrer decepções e frustrações com os gestores incompetentes que lhe antecederam. 


Valter Desiderio Barreto.

Brasil fica em penúltimo lugar em ranking global de qualidade de educação

Estudantes | Foto: PA


Brasil ficou em penúltimo lugar em ranking global que mede qualidade de sistemas educacionais

O Brasil ficou em penúltimo lugar em um ranking global de educação que comparou 40 países levando em conta notas de testes e qualidade de professores, dentre outros fatores.

A pesquisa foi encomendada à consultoria britânica Economist Intelligence Unit (EIU), pela Pearson, empresa que fabrica sistemas de aprendizado e vende seus produtos a vários países.

Em primeiro lugar está a Finlândia, seguida da Coreia do Sul e de Hong Kong.

Os 40 países foram divididos em cinco grandes grupos de acordo com os resultados. 

Ao lado do Brasil, mais seis nações foram incluídas na lista dos piores sistemas de educação do mundo: Turquia, Argentina, Colômbia, Tailândia, México e Indonésia, país do sudeste asiático que figura na última posição.

Os resultados foram compilados a partir de notas de testes efetuados por estudantes desses países entre 2006 e 2010. 

Além disso, critérios como a quantidade de alunos que ingressam na universidade também foram empregados.

Ranking Pearson-EIU


  1. Finlândia
  2. Coreia do Sul
  3. Hong Kong
  4. Japão
  5. Cingapura
  6. Grã-Bretanha
  7. Holanda
  8. Nova Zelândia
  9. Suíça
  10. Canadá
  11. Irlanda
  12. Dinamarca
  13. Austrália
  14. Polônia
  15. Alemanha
  16. Bélgica
  17. Estados Unidos
  18. Hungria
  19. Eslováquia
  20. Rússia
  21. Suécia
  22. República Tcheca
  23. Áustria
  24. Itália
  25. França
  26. Noruega
  27. Portugal
  28. Espanha
  29. Israel
  30. Bulgária
  31. Grécia
  32. Romênia
  33. Chile
  34. Turquia
  35. Argentina
  36. Colômbia
  37. Tailândia
  38. México
  39. Brasil
  40. Indonésia
Para Michael Barber, consultor-chefe da Pearson, as nações que figuram no topo da lista valorizam seus professores e colocam em prática uma cultura de boa educação.

Ele diz que no passado muitos países temiam os rankings internacionais de comparação e que alguns líderes se preocupavam mais com o impacto negativo das pesquisas na mídia, deixando de lado a oportunidade de introduzir novas políticas a partir dos resultados.

Dez anos atrás, no entanto, quando pesquisas do tipo começaram a ser divulgadas sistematicamente, esta cultura mudou, avalia Barber.

"A Alemanha, por exemplo, se viu muito mais abaixo nos primeiros rankings Pisa [sistema de avaliação europeu] do que esperava. 

O resultado foi um profundo debate nacional sobre o sistema educacional, sérias análises das falhas e aí políticas novas em resposta aos desafios que foram identificados. 

Uma década depois, o progresso da Alemanha rumo ao topo dos rankings é visível para todos".

No ranking da EIU-Person, por exemplo, os alemães figuram em 15º lugar. 

Em comparação, a Grã-Bretanha fica em 6º, seguida da Holanda, Nova Zelândia, Suíça, Canadá, Irlanda, Dinamarca, Austrália e Polônia.

Cultura e impactos econômicos

Tidas como "super potências" da educação, a Finlândia e a Coreia do Sul dominam o ranking, e na sequência figura uma lista de destaques asiáticos, como Hong Kong, Japão e Cingapura.

Alemanha, Estados Unidos e França estão em grupo intermediário, e Brasil, México e Indonésia integram os mais baixos.

O ranking é baseado em testes efetuados em áreas como matemática, ciências e habilidades linguísticas a cada três ou quatro anos, e por isso apresentam um cenário com um atraso estatístico frente à realidade atual.

Mas o objetivo é fornecer uma visão multidimensional do desempenho escolar nessas nações, e criar um banco de dados que a Pearson chama de "Curva do Aprendizado".

Ao analisar os sistemas educacionais bem-sucedidos, o estudo concluiu que investimentos são importantes, mas não tanto quanto manter uma verdadeira "cultura" nacional de aprendizado, que valoriza professores, escolas e a educação como um todo.

Daí o alto desempenho das nações asiáticas no ranking.

Nesses países o estudo tem um distinto grau de importância na sociedade e as expectativas que os pais têm dos filhos são muito altas.

Comparando a Finlândia e a Coreia do Sul, por exemplo, vê-se enormes diferenças entre os dois países, mas um "valor moral" concedido à educação muito parecido.

O relatório destaca ainda a importância de empregar professores de alta qualidade, a necessidade de encontrar maneiras de recrutá-los e o pagamento de bons salários.

Há ainda menções às consequências econômicas diretas dos sistemas educacionais de alto e baixo desempenho, sobretudo em uma economia globalizada baseada em habilidades profissionais.