Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

quarta-feira, abril 30, 2014

O BRASIL SERIA OUTRO COM UM BARBOSA NA PRESIDÊNCIA.


 



Barbosa manda José Genoino voltar a cumprir pena na prisão
Presidente do Supremo tomou decisão dois dias depois de receber laudo médico que afirma estar estável quadro de saúde do ex-deputado, hoje em prisão domiciliar.

Brasília - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, determinou na tarde desta quarta-feira, 30, que o ex-deputado federal José Genoino volte a cumprir pena em uma penitenciária de Brasília. 

Genoino está em prisão domiciliar desde o final de novembro, quando reclamou de problemas cardíacos e foi transferido do Complexo Penitenciário da Papuda para um hospital e depois para prisão domiciliar.

Barbosa tomou a decisão dois dias depois de ter recebido um laudo no qual médicos da Universidade de Brasília (UnB) afirmaram que o quadro de saúde do ex-deputado é estável e não é grave. 

Genoino foi preso em novembro do ano passado, dentro do processo do mensalão.

O ex-presidente do PT recebeu pena de 4 anos e 8 meses, que deve ser cumprida no regime semiaberto.

Nesse regime, o preso pode sair da cadeia durante o dia para trabalhar, mas precisa retornar para dormir na prisão. 

O trabalho tem de ser autorizado pelo Judiciário.

Colaboração de 


Robson Cunha Do Nascimento  - Advogado.

Japão inaugura usina solar gigante 2 anos após desastre nuclear de Fukushima










O Japão está dando um belo exemplo para o mundo, conseguindo se reinventar depois dodesastre nuclear de Fukushima

O governo do país decidiu instituir um programa de grande escala encorajando (e subsidiando) a construção de novas usinas e, principalmente, levando os consumidores a preferirem a energia solar a outros tipos de energia.

UsinaNuclear1
A grande novidade é que, no passado mês de novembro, foi inaugurada a maior usina solar do país. A responsável foi a empresa de eletrônicos Kyocera e a instalação é capaz de abastecer 22 mil casas

Além disso, foi dada a garantia de que a mega usina Kagoshima Nanatsujima (assim se chama) não coloca em risco os trabalhadores, não espalha radioatividade no Oceano Pacífico e não corre o risco de derreter.

UsinaNuclear2
A construção foi feita no extremo sul do Japão, numa enseada bastante segura mesmo em caso de ameaças naturais. 

A política do governo japonês, chamada “tarifa de energia”, começou em 2012 e promete dobrar o tamanho do sistema de energia solar do país, graças aos incentivos e aos subsídios dados aos proprietários de usinas, pra cobrir parte do alto custo da energia solar.

UsinaNuclear3
UsinaNuclear4
UsinaNuclear5
UsinaNuclear6

PRESO AGONIZA POR 30 MINUTOS APÓS FALHA EM INJEÇÃO LETAL EM OKLAHOMA

Fonte da imagem: Reuters/Oklahoma Department of Corrections/Handout

O procedimento de execução da pena de morte de Clayton Lockett, na noite de terça-feira (29), fez com que o condenado agonizasse por mais de 30 minutos até morrer de ataque cardíaco, nos Estados Unidos.
Segundo os responsáveis, o corpo do homem de 38 anos rejeitou a combinação de sedativo, anestésico e uma dose letal de cloreto de potássio, sofrendo convulsões sucessivas. 
A falha dez com que as autoridades suspendessem a execução de outro preso, que deveria ocorrer na mesma noite. 
A substância utilizada continha o medicamento “midazolam”, que nunca havia sido utilizado no estado de Oklahoma.
Lockett (à esquerda na imagem) foi condenado à morte pelo assassinato de uma jovem de 19 anos, enquanto Robert Patton, que teve sua execução adiada em duas semanas, recebeu a pena capital por estuprar e assassinar a bebê de 11 meses de sua companheira, em 1997.

Prefeito apresenta obras do Samu e UPAs a vereadores


 

Fotos: Irisvelton Silva | Ascom
 



“Aprovadíssimo”, declarou o vereador Dr. Charles na manhã desta terça-feira (29) ao ver as instalações do Serviço de Atendimento Móvel de Saúde (Samu) e de uma das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) que estão sendo construídas no Bairro Jardim Canadá. 

Outra UPA também está sendo erguida no Bairro Cidade Jardim.

Ao todo, oito vereadores acompanharam o prefeito na visita as obras da área de saúde.   

O vereador Bruno Soares ficou surpreso com a rapidez na construção dos prédios. “Estou impressionado com o tempo de execução das obras que terá apenas 90 dias (no caso do Samu)

Quem ganha com a entrega de uma obra grandiosa e moderna como essa é a comunidade”, disse o vereador.

A inauguração do Samu faz parte da programação dos 26 anos de Parauapebas e das UPAs devem acontecer nos meses seguintes. “A cidade cresceu, desenvolveu e o Samu vem em ótima hora com o aniversário da cidade que ganha mais esse presente”, destacou Dr. Charles.

O prefeito Valmir Mariano fez questão de explicar as funções das UPAs e Samu aos vereadores e deixou claro que o modelo utilizado em todas as construções segue padrões de alta qualidade que já são adotados em países como Estados Unidos e Austrália.

De acordo com o prefeito, o objetivo dessas visitas é unir forças com o legislativo para que possam ver a qualidade das obras e a transparência dos gastos com o dinheiro público. “Esse é o mesmo padrão de excelência que apresentaremos em todas as nossas obras”, enfatizou o chefe do executivo. 





Anderson George

Núcleo de Imprensa | Ascom

Prefeitura Municipal de Parauapebas | Assessoria de Comunicação Social
Núcleo de Imprensa | imprensa@parauapebas.pa.gov.br
(94) 3356-0531 / 3346-1005 - Ramal 2079  | (94) 8807-7734
www.parauapebas.pa.gov.br

terça-feira, abril 29, 2014

Caseiro de Paulo Malhães entrega irmãos em depoimento no RJ

Polícia já identificou 3 dos 4 homens que invadiram casa do coronel.
Militar morreu enquanto criminosos estavam em seu sítio, na Baixada.

 

Guilherme Brito Do G1 Rio
 

O caseiro Rogério Pires, que segundo a polícia confessou ter participado do crime que terminou com a morte do coronel reformado Paulo Malhães, denunciou seus dois irmãos como sendo os homens que invadiram, na última sexta-feira (25), o sítio do militar em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. 

Malhães, que no mês passado contou à Comissão da Verdade que havia participado de sessões de tortura durante a ditadura, morreu enquanto o grupo estava em sua casa. 

No início da tarde de terça-feira (29), os irmãos do caseiro – identificados como Rodrigo Pires e Anderson Pires Teles – ainda eram procurados. 

Os três tiveram a prisão temporária decretada.

Caseiro do coronel Paulo Malhães, Rogério Pires, é conduzido pela polícia após sua prisão (Foto: Guilherme Brito/G1) 
Caseiro do coronel Paulo Malhães, Rogério Pires, é conduzido pela polícia após sua prisão
(Foto: Guilherme Brito/G1)
 
 
 
Segundo o delegado William Pena Júnior, da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), os investigadores tentam descobrir quem é o quarto homem que participou do crime.

De acordo com o delegado assistente da DHBF, William Pena Júnior, Rogério Teles participou do crime dando informações, mas não teria planejado a ação.

"O caseiro foi a fonte de informações para que a ação toda pudesse acontecer, mas os irmãos dele foram os mentores", disse.

saiba mais
 
Prisão

Rogério foi preso nesta terça-feira. De acordo com a polícia, ele facilitou a ação dos bandidos que fizeram o militar e a mulher dele, Cristina Batista Malhães, reféns durante 13 horas.


Na segunda-feira (28), tanto Rogério quanto Cristina foram ouvidos pela polícia. 

Com base nos relatos, foi feito o retrato falado dos suspeitos.
O caseiro e a esposa do coronel reformado Paulo Malhães prestam depoimento na Delegacia de Homicídios, em Belford Roxo (RJ), nesta sexta-feira (25). O coronel Paulo Malhães havia admitido na Comissão da Verdade que participava de torturas durante a Ditadu (Foto: ALEX VIPER/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO) 
Caseiro entregou irmão durante depoimento (Foto: Alex Viper/Futura Press/Estadão Conteúdo)
 
 
Além do caseiro e da viúva, três filhos do coronel prestaram depoimento. Para elucidar o crime, a polícia busca imagens de câmeras de segurança da região para serem analisadas, segundo o delegado Marcus Maia, que cuida do caso.

Investigação


Para os policiais da DHBF, a principal linha de investigação continua sendo a de crime patrimonial, ou seja, motivado pela intenção de roubar pertences da casa do coronel. 


Apesar dessa tendência, a polícia não descarta a participação de outras pessoas, como mandantes ou ajudantes. 

O delegado titular da divisão, Pedro Medina, quer ouvir os outros suspeitos e localizar uma quarta pessoa que teria participado do assalto ao sítio do militar aposentado.

"O próximo passo é prender os outros irmãos do Rogério e ouvir os depoimentos. 

Temos ao longo dos 30 dias de investigação que fazer mais diligências para nos certificar de que foi de fato um latrocínio (roubo seguido de morte), mas essa é a versão que mais se encaixa no momento", apontou Medina.

Os agentes da Polícia Civil contaram que a discrepância em relação ao posicionamento das vítimas no crime foi um dos indícios mais fortes para decretar a prisão temporária do caseiro.


"Em todos os depoimentos, ele se contradisse em relação ao posicionamento das vítimas durante o assalto. 

Essa foi uma das características mais fortes, já que as informações dadas por ele não batiam", disse o delegado titular.

Cachorro ajuda investigação


O comportamento de um cachorro que vigiava a casa de Malhães também foi um elemento que a polícia levou em consideração para prender o caseiro. "O cachorro é feroz, pudemos constatar isso, e foi estranho ele não ter reagido quando a casa foi invadida por criminosos", explicou Medina.


Após o laudo que vai identificar as circunstâncias que levaram à morte do coronel, a polícia vai poder reforçar a tese de latrocínio ou acreditar na possibilidade de uma morte natural. 

Segundo policiais da DHBF, no caso de a morte não ter sido causada por asfixia ou outra ação direta dos criminosos, o crime poderá ser classificado apenas como roubo.

Perfil do coronel


A polícia disse que, com os depoimentos, está traçando um perfil do coronel. "Estamos trabalhando para criar uma rotina da vida dele, de desafetos, vizinhos." 


Maia disse que, com o que a polícia colheu até agora, é possível dizer que Malhães era uma pessoa reclusa, até pelo local em que vivia. "É uma miscelânea. 

Há pessoas que falam que ele tinha um problema de relacionamento social, mas tem também quem disse que ele ajudava vizinhos a pagar dívidas e era um cara solícito", afirmou.

O delegado destacou que a linha de investigação da polícia ainda é latrocínio, vingança e queima de arquivo. "As coisas caminham para o latrocínio, mas essa não é a principal linha."

Segundo Maia, o laudo cadavérico vai ajudar a tirar dúvidas sobre a causa morte do coronel. "A gente quer ser preciso e técnico", disse.

Invasão ao sítio


De acordo com depoimento prestado pela viúva do coronel, pelo menos três homens – um deles com o rosto coberto – invadiram o sítio de Malhães na tarde de quinta-feira. 


A mulher disse que a invasão ocorreu por volta das 13h e que, até as 22h, ela e o caseiro foram mantidos reféns em cômodos separados. 

Os criminosos fugiram levando armas que o oficial colecionava e dois computadores.

O coronel foi encontrado morto depois que os invasores deixaram a propriedade.


Segundo o delegado Pena Júnior, a polícia desconhece informações que apontem para possíveis ameaças sofridas pelo coronel antes de ser encontrado morto.


Há cerca de um mês, Malhães havia admitido na Comissão Nacional da Verdade, em Brasília, que participou de torturas e desaparecimentos durante a ditadura militar, inclusive no caso do ex-deputado Rubens Paiva – que foi preso em 20 de janeiro de 1971 e é um dos 183 desaparecidos políticos com o paradeiro a ser investigado pela comissão.

A Comissão Nacional da Verdade foi criada pelo governo federal para examinar e esclarecer violações de direitos humanos praticadas durante o regime militar, que vigorou no país entre 1964 e 1985.

Em depoimento à comissão, Malhães disse que o corpo do ex-deputado foi jogado em um rio de Itaipava, na Região Serrana do Rio, por agentes da ditadura. 

Cerca de uma semana depois, em outro depoimento, ele negou o fato.

PASTOR R. R. SOARES PEDE DINHEIRO A FIÉIS PARA RENOVAR CONTRATO COM A BAND


 Fonte: Fernando Donasci/Folhapress
O Pastor R. R. Soares, da Igreja Internacional da Graça, estaria pedindo que seus fiéis colaborassem com dinheiro para que ele possa renovar o contrato com a Band, estimado em R$ 8 milhões e R$ 12 milhões por mês (nem a emissora nem a igreja divulgam valores).
Como o contrato é anual, a Band estaria novamente aumentando o valor do “cachê” para ceder seu horário nobre para o Pastor. 
Já tendo a experiência dos anos anteriores, Soares se adiantou e iniciou uma campanha para arrecadar fundos entre os fiéis. 
Os pedidos de doação estão sendo feitos na TV e na internet.

Não é possível confirmar as informações, pois R. R. Soares não fala no nome da emissora. 
Apesar disso, coincidentemente, a campanha surgiu justamente em abril, ou seja, o mês em que o contrato termina – e daí surgiram as especulações.

Pesquisa mostra Dilma com 37%, Aécio com 21,6% e Campos, 11,8%

Instituto MDA fez levantamento a pedido da Confederação do Transporte.
Dilma perdeu 6,7 pontos percentuais em comparação com último estudo.

Mariana Oliveira Do G1, em Brasília

Pesquisa do instituto MDA encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e divulgada nesta terça-feira (29) mostra que, a menos de seis meses das eleições, a presidente Dilma Rousseff (PT) registrou 37% das intenções de voto e se mantém na liderança da disputa pelo Palácio do Planalto. 

Na pesquisa anterior, divulgada em fevereiro, ela aparecia com 43,7%.

Pré-candidato do PSDB à Presidência, o senador Aécio Neves (MG) aparece na segunda colocação do levantamento, com 21,6%. 

Em fevereiro, ele havia obtido 17% das intenções de voto. 

Já o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, pré-candidato do PSB, se manteve na terceira colocação do levantamento do MDA, com 11,8% (9,9% na pesquisa anterior).

No cenário em que Dilma aparece com 37% das intenções de voto, foram apresentados aos eleitores apenas o nome dela, de Aécio e Campos.

A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuias para mais ou para menos. 

O MDA ouviu 2.002 eleitores entre os dias 20 e 25 de abril em 137 municípios de 24 unidades da federação. 

Por ser ano eleitoral, a pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), como determina a regra do processo eleitoral, sob o número BR00086/2014.


Outros candidatos

Em outro cenário com seis candidatos, Dilma mantém a liderança com 36,5%, Aécio aparece com 21,5% e Campos registra 11,2%. 

O candidato José Maria Eymael (PSDC) tem 0,6%, Levy Fidelix (PRTB), 0,4%, e o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) também aparece com 0,4%.

Dos entrevistados, 19,2% afirmaram que votariam branco ou nulo e 10,2% não sabem ou não responderam.

Em um terceiro cenário, no qual aparecem outros candidatos "nanicos", Dilma aparece com 36,4%, Aécio tem 21,2% e Eduardo Campos registra 11,1%. 

O senador Magno Malta (PR-ES) aparece na quarta colocação, com 0,6%, seguido por Pastor Everaldo, do PSC (0,4%), Randolfe Rodrigues, do PSOL (0,4%), José Maria Eymael, do PSDC (0,4%), e Levy Fidelix, do PRTB (0,3%). 

Dos eleitores ouvidos no levantamento, 19% afirmaram que votariam branco ou nulo e 10,2% não sabem ou não responderam.

Segundo turno

Conforme os dados, em qualquer cenário há tanto possibilidade de Dilma vencer no primeiro turno ou de ocorrer segundo turno. 

Dilma vence no primeiro turno se tiver mais do que a metade da soma dos demais candidatos. 

Apesar de isso ocorrer em todos os cenários, a margem de erro impede qualquer afirmação.

Em eventual segundo turno com Aécio Neves, Dilma teria 39,2% contra 29,3% de Aécio. 

Dos entrevistados, 22,8% votariam branco ou nulo e 8,7% não sabem ou não responderam.

Contra Eduardo Campos, Dilma teria 41,3% contra 24% de Campos. 

Votariam branco ou nulo 24,4% e não sabem ou não responderam 10,3%.

Pesquisa espontânea

Na pesquisa espontânea, quando não são apresentados nomes de candidatos aos entrevistados, Dilma lidera com 20,5% das intenções de voto. 

Aécio Neves aparece na sequência com 9,3%.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficou em terceiro com 6,5%, e a ex-senadora Marina Silva, que deve ser vice de Campos pelo PSB, registra 4,5%. 

Eduardo Campos aparece depois com 3,6% das intenções de votos. 

Dos entrevistados, 1,4% votariam em outros candidatos, 14,1% votariam branco ou nulo e 40,1% não sabem ou não responderam.

Dia do Trabalhador terá programação especial em Parauapebas


Em comemoração ao Dia do Trabalhador, a Prefeitura de Parauapebas preparou uma programação especial para celebrar a data. 

No dia 1° de maio será realizada a 4° edição da Corrida Rústica do Trabalhador e Ação Cidadania com a oferta de diversos serviços sociais e de saúde.

Corrida rústica

Realizada pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), a quarta edição da competição esportiva contará com cronometragem eletrônica e reconhecimento nacional pela Federação Paraense de Atletismo.

Serão R$ 13.200,00 em premiações distribuídos de acordo com o regulamento para primeiro, segundo e terceiro lugares das seis categorias concorrentes. 

As inscrições foram prorrogadas e encerram nesta quarta-feira (30), às 14 horas. 

Os interessados devem comparecer ao ginásio poliesportivo do Bairro Beira Rio, munidos de CPF e RG, para fazer a inscrição.

Ação Cidadania

Organizada pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), a Ação Cidadania ocorrerá no período das 7 às 18 horas, na Praça de Eventos, Bairro Cidade Nova, ofertando os seguintes serviços: emissão de carteira de trabalho e de identidade; entrada de seguro desemprego, corte de cabelo, atendimento à saúde preventiva e odontológica; e distribuição de mudas de plantas.



Prefeitura Municipal de Parauapebas | Assessoria de Comunicação Social
Núcleo de Imprensa | imprensa@parauapebas.pa.gov.br
(94) 3356-0531 / 3346-1005 - Ramal 2079  | (94) 8807-7734
www.parauapebas.pa.gov.br

Coletiva de Imprensa - 26º Aniversário de Parauapebas




A Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Parauapebas convida todos os profissionais da imprensa para participar de uma coletiva em que será apresentada e detalhada a programação oficial do aniversário de 26 anos da cidade. 

O evento ocorrerá no auditório I do Centro Administrativo, nesta quarta-feira (30), às 10h. 

Na oportunidade, estarão presentes os secretários de pastas que terão atividades específicas durante a programação do aniversário.


Prefeitura Municipal de Parauapebas | Assessoria de Comunicação Social
Núcleo de Imprensa | imprensa@parauapebas.pa.gov.br
(94) 3356-0531 / 3346-1005 - Ramal 2079  | (94) 8807-7734
www.parauapebas.pa.gov.br