Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

terça-feira, setembro 30, 2014

Prefeitura Municipal de Parauapebas comunica


A Prefeitura Municipal de Parauapebas informa que está iniciando nesta segunda-feira (29) os serviços de drenagem nos bairros Altamira, Betânia, Vila Rica e Jardim Canadá.

Por essa razão, reforça a importância da colaboração e compreensão de todos os moradores no sentido de não jogar lixo no canal e também edificarem qualquer tipo de construção nos caminhos dos serviços e informa que a fiscalização agirá com rigor, afim de preservar os espaços pré-determinados em projeto para uso da comunidade.


Prefeitura Municipal de Parauapebas | Assessoria de Comunicação Social
Núcleo de Imprensa | imprensa@parauapebas.pa.gov.br
(94) 3356-0531 / 3346-1005 - Ramal 2079  | (94) 8807-7734
www.parauapebas.pa.gov.br

Parauapebas é o primeiro municipio do Pará a oferecer métodos comtracept...


Parauapebas oferece 500 laqueaduras modernas este ano

IMAGEM LAQUEADURA 2
 
LAQUEADURA IMAGEMEssure, o mais moderno método de laqueadura, tem sido oferecido pelo serviço de saúde do município por meio do Programa de Planejamento Familiar. Mas muitas mulheres ainda desconhecem a informação que pode mudar suas vidas.
A iniciativa visa beneficiar gratuitamente mulheres que não querem ter mais filhos, através da laqueadura tubária por Essure, método definitivo de contracepção minimamente invasivo, com eficácia de 99,8%.
Essure está disponível para todas as pacientes da rede pública de saúde participantes do Programa de Planejamento Familiar de Parauapebas. “É um procedimento rápido, ambulatorial e minimamente invasivo, praticamente indolor, dispensa anestesia, não contém medicamentos ou hormônios. A colocação não dura mais do que 10 minutos e a paciente sai do ambulatório e pode voltar normalmente para suas atividades, sem necessidade de repouso. Do ponto de vista do sistema de saúde, há ainda a vantagem de que não há a ocupação de leitos hospitalares ou centros cirúrgicos”, explica o médico ginecologista Dr. Marcelo Barbosa Castro, encarregado de realizar os procedimentos de Essure nas pacientes do município.
Desde o lançamento da campanha para a comunidade, em março, já foram realizados mais de 100 casos. “As mulheres procuram por este método definitivo quando descobrem que não ficarão internadas, o que antes era motivo de rejeição do método convencional da laqueadura cirúrgica, já que muitas delas não têm com quem deixar os filhos. E gostaram tanto que houve aumento na procura, a nossa meta é realizar aproximadamente 80 casos por mês e chegar ao total de 500 procedimentos este ano”, informa a enfermeira Ruth Pinto, Coordenadora do Programa Saúde da Mulher no município.
Imagem do microimplante Essure

Considerado como primeira opção entre as mulheres europeias e norte-americanas, o método é aprovado pela Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária desde 2009. No Brasil, há registros de mais de 3.000 mulheres que colocaram Essure e 750 mil no mundo. Além do Pará, outros estados já disponibilizam a técnica, como o Distrito Federal, Espírito Santo, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.
Como funciona o método
Essure é um dispositivo que consiste em um microimplante macio e flexível, de apenas quatro centímetros, em titânio e níquel (materiais que apresentam excelente compatibilidade com o organismo) que, introduzido pela vagina por um equipamento extremamente fino (histeroscópio), é colocado em cada uma das tubas uterinas.
Nas semanas que se seguem ao procedimento, o corpo e os microimplantes trabalham juntos para formar uma barreira natural que impede o espermatozoide de alcançar o óvulo. Por esse motivo, durante os três primeiros meses, a paciente deve continuar a usar outra forma de contracepção. Após este período, é realizado exame de imagem da pelve e, confirmada a oclusão, não é mais necessário o uso de outro método contraceptivo.
O procedimento também é especialmente indicado para mulheres que apresentam efeitos adversos a outros métodos contraceptivos e que não desejam mais ter filhos, além de ser também uma excelente opção para as mulheres que apresentam alguma patologia que aumente os riscos cirúrgicos como, por exemplo, hipertensão, cardiopatia, diabetes, obesidade, entre outras.

Métodos para Laqueadura Tubária

LaparotomiaLaparoscopiaHisteroscopia
Realizado em Centro CirúrgicoRealizado em Centro CirúrgicoRealizado em Ambulatório
Uma incisão grandeDuas ou três incisões pequenasSem cortes
Exige AnestesiaExige AnestesiaDispensa Anestesia
Exige InternaçãoExige InternaçãoDispensa Internação
Analgesia pós-operatóriaAnalgesia pós-operatóriaDispensa Analgesia
Uma cicatriz grandeDuas ou três cicatrizes pequenasSem Cicatriz
Repouso/Restrições por 30 diasRepouso/Restrições por 15 diasRetorno Imediato às Atividades
1 procedimento/2 horas1 procedimento/2 horas8 procedimentos/2 horas
Procedimento InvasivoProcedimento InvasivoMinimamente Invasivo
Exames pré-operatóriosExames pré-operatóriosUma radiografia simples da pelve (pós-operatório)
Equipe médica extensaEquipe médica extensaEquipe mínima (duas pessoas)

Segundo a Lei 9.263, para ser submetida à laqueadura a mulher precisa ter mais de 25 anos ou dois filhos. Além de uma reunião de Planejamento Familiar. A cirurgia não pode ser feita no momento do parto, a não ser que a mulher tenha algum problema grave de saúde ou tenha feito várias cesarianas.

Serviço:
O serviço municipal de Parauapebas tem convocando as mulheres interessadas em não ter mais filhos a comparecerem a uma Unidade de Saúde do município e mencionarem que querem realizar a Laqueadura Ambulatorial.
Após se inscreverem e participarem do Programa de Planejamento Familiar, a unidade de saúde encaminha a documentação das pacientes para o Centro de Controle e Avaliação da Secretaria Municipal de Saúde, que é encarregado de avaliar e autorizar o procedimento e entrar em contato com as selecionadas. Os procedimentos acontecem na USF – Unidade de Saúde da Família do bairro Liberdade I.



O Secretário de saúde do município de Parauapebas, Rômulo Maia, tem procurado oferecer a população paraupebense um atendimento de qualidade na área da saúde pública, principalmente as mulheres que não desejam ter mais filhos. E para garantir a essas mulheres um tratamento seguro e sem nenhum risco a sua saúde, ele adquiriu esse moderníssimo dispositivo que consiste em um microimplante macio e flexível, de apenas quatro centímetros, em titânio e níquel (materiais que apresentam excelente compatibilidade com o organismo) que, introduzido pela vagina por um equipamento extremamente fino (histeroscópio), é colocado em cada uma das 
tubas uterinas. 

No último dia 26 do mês findo, houve uma coletiva da imprensa local promovida pela Assessoria de Comunicação de Parauapebas (ASCOM) que contou com a participação do Secretário Municipal Rômulo Pereira, e alguns jornalistas e proprietários de veículos de comunicação. 

A maioria dos profissionais da comunicação de Parauapebas presentes aquela coletiva, limitou-se apenas em fazer perguntas aos titulares das pastas da saúde e da educação, além do Procurador Geral do Município de Parauapebas Marcones Santos, sobre as denúncias de supostas irregularidades no governo Valmir Mariano, e de tão repetitiva que eram as perguntas,  que pareciam mais um interrogatório de criminosos em uma sala do tribunal de júri, ao ponto do Secretário de Saúde Rômulo, fazer uma observação aos jornalistas que persistiam em repetir as mesmas perguntas, porque que eles não perguntavam sobre os benefícios dos investimentos que o governo Valmir Mariano esta fazendo em diversos setores da saúde do município, principalmente tomar conhecimento sobre a importância do dispositivo ESSURE para as mulheres parauapebenses, e divulgar em seus veículos de comunicação. 

Aproveito esta oportunidade para parabenizar o Secretário Municipal de Saúde Rômulo Pereira pelos esclarecimentos dados na entrevista daquela enfadonha coletiva do dia 26 do mês corrente, sobre denúncias de supostas irregularidades não comprovadas, na pasta que o mesmo é o titular, sem deixar quaisquer dúvidas sobre a transparência do trabalho que tem realizado como profissional da saúde em pró da população de Parauapebas, como nunca havia acontecido nos governos que antecederam o atual governo Valmir Queiroz Mariano.  


Valter Desiderio Barreto.



Morador da Sol Poente em Parauapebas se apossa de espaço público e é obrigado a recuar depois de fiscalização da SEMURB



QUERO AGRADECER AO GOVERNO VALMIR QUEIROZ MARIANO ATRAVÉS DA SEMURB, PELA AÇÃO A FAVOR DO CIDADÃO QUE PAGA SEUS IMPOSTOS RELIGIOSAMENTE, E QUE TEM O SEU DIREITO SAGRADO DE TRANSITAR PELOS PASSEIOS DA CIDADE, E UM PROPRIETÁRIO DE UM IMÓVEL NA RUA SOL POENTE PRÓXIMO A NOSSA RESIDÊNCIA ACHOU POR BEM AUMENTAR A REVELIA SEU LOTE COMERCIAL OU RESIDENCIAL SE APOSSANDO DE UM PEDAÇO DA CALÇADA QUE É PÚBLICA E APÓS A MINHA DENÚNCIA AO SETOR DE FISCALIZAÇÃO DA SEMURB E A DENÚNCIA QUE FIZ AQUI NESTE MEU ESPAÇO DEMOCRÁTICO DO FACE, O PROPRIETÁRIO RECEBEU A VISITA DOS FISCAIS DAQUELE SETOR QUE TEM POR OBRIGAÇÃO IMPOSTA PELA LEI DO NOSSO PAÍS, DISCIPLINAR O USO INDEVIDO DE ESPAÇO PÚBLICO QUE PERTENCE A TODA A POPULAÇÃO DE UMA CIDADE, E NÃO A UM INDIVÍDUO SÓ, COMO MOSTRA A IMAGEM NAS FOTOS.


A FUNÇÃO DO JORNALISTA É ESSA MESMO, DENUNCIAR AS COISAS ERRADAS QUE ACONTECEM NO MEIO DA SOCIEDADE DOA EM QUEM DOER.


JORNALISTA NÃO CRIA FATOS, ELE DIVULGA FATOS.


INDEPENDENTEMENTE DE QUEM ESTEJA ENVOLVIDO, SE PESSOA FÍSICA, O CIDADÃO COMUM, OU PESSOA JURÍDICA, ÓRGÃOS PÚBLICOS QUE PRESTAM SERVIÇOS A SOCIEDADE ATRAVÉS DE SEUS REPRESENTANTES.


GERALMENTE O CIDADÃO COMUM TEM A MANIA DE SÓ COBRAR RESPONSABILIDADE DE AÇÕES DOS GOVERNANTES EM BENEFÍCIO DA POPULAÇÃO, MAS QUANDO CHEGA A HORA DELE CUMPRIR COM SUA OBRIGAÇÃO DE RESPEITAR O DIREITO ALHEIO ELE NÃO RESPEITA.


COMO POR EXEMPLO: MANTER SUA CALÇADA LIMPA, NÃO JOGAR PAPEL NA RUA, LATA DE CERVEJA, NÃO ESTACIONAR CARROS EM CIMA DE PASSEIO QUE É DE USO EXCLUSIVO DE PEDESTRE, NÃO LIGAR O SOM DO SEU CARRO ALTO OBRIGANDO AS PESSOAS OUVIREM SUAS PORCARIAS DE MÚSICAS, TANTO DURANTE O DIA, COMO AS ALTAS HORAS DA NOITE, NÃO ACENDER SEU CIGARRO PERTO DE ALGUÉM, NINGUÉM É OBRIGADO SER ENVENENADO POR SUBSTÂNCIA DE PRODUTOS PREJUDICIAL A SAÚDE QUE VOCÊ É VICIADO, NÃO CONSTRUIR IMÓVEIS DE DOIS PISOS E COLOCAR INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS COM ESCOAMENTO DE ÁGUA SUJA COM QUEDA PARA A RUA, MOLHANDO TRANSEUNTES QUANDO ESTÁ PASSANDO NA CALÇADA, COMO ACONTECE MUITO NAS RUAS DE PARAUAPEBAS, PORQUE ATÉ HOJE O CÓDIGO DE POSTURA DO MUNICÍPIO NUNCA FOI APLICADO NOS IMÓVEIS QUE POSSUEM ESSE TIPO DE INSTALAÇÃO HIDRÁULICA QUE DESRESPEITA O DIREITO DO CIDADÃO.


O RECADO ESTÁ DADO.






Jornalista Valter Desiderio Barreto.

segunda-feira, setembro 29, 2014

Poucas pessoas prestigiam ato público realizado por vereadores da oposição


IMG_0442



Pouquíssimas pessoas participaram na tarde desta segunda-feira (29) de um ato público denominado “Ato Público contra a Corrupção”, realizado no Plenário da Câmara Municipal e organizado pelos vereadores Bruno Soares (PP), Eliene Soares (PT), José Arenes (PT), Charles Borges (SDD) e Pavão (SDD), que são oposição do Governo do Prefeito Valmir Mariano (PSD).

De acordo com convite enviado à imprensa local, o objetivo do Ato era de que a população e entidades possam:

“apoiar os trabalhos da CPI da Saúde e CPI da Educação; apoiar a investigação da Polícia Federal; apoiar a apuração de mais denúncias de corrupção e instalar outras CPIs; protestar contra desgoverno municipal; e cobrar uma retomada do crescimento econômico da nossa cidade.

Independente de bandeira partidária”.

Justificativa pela pouca participação popular.

Os vereadores Eliene Soares (PT), Francisco Amaral Pavão (SDD) e José Arenes (PT), justificaram a ausência de populares no Ato Público contra a Corrupção, alegando que todos eles, inclusive a população estão com vários compromissos devido ao período eleitoral que se culmina no próximo domingo (5) nas eleições.

Os parlamentares informaram ao pouco público presente e apenas dois veículos de comunicação, que em outubro irão realizar outro ato e esperam contar com um grande número de pessoas.












Fonte: Pebinha de açúcar


COMENTÁRIO:

"Os vereadores Eliene Soares (PT), Francisco Amaral Pavão (SDD) e José Arenes (PT), justificaram a ausência de populares no Ato Público contra a Corrupção, alegando que todos eles, inclusive a população estão com vários compromissos devido ao período eleitoral que se culmina no próximo domingo (5) nas eleições".

Que justificativa cômoda e enganosa senhores vereadores ! 

Eu estando no lugar de vocês teria era vergonha de dar essa desculpa esfarrapada da ausência da população nesse "ato público" inconsequente. 

Eu vou responder para vocês porque o plenário desta "Casa de Leis Municipal" está vazio. 

A população de Parauapebas na sua grande maioria, está satisfeita com o atual governo "MÃOS QUE TRABALHAM" do PSD, porque por mais de duas décadas o município nunca vivenciou uma revolução administrativa com tanto investimento em benefício da população parauapebense que se vê acontecer em pouco mais de um ano de mandato do engenheiro e empresário competente prefeito Valmir Queiroz Mariano

Quero assegurar-lhes que vocês perderam a credibilidade para com o povo deste município e para confirmarem isso, dou-lhes uma sugestão: façam uma enquete com a população de Parauapebas perguntando qual a imagem que ela tem de vocês VEREADORES, que se opõem ao  atual prefeito municipal.

Eu tenho certeza absoluta que o resultado deixará vocês envergonhados. 

O  povo de Parauapebas de tanto apanhar durante 25 anos de administrações desastrosas dos quatro prefeitos que comandaram este rico e potente município juntamente com os "dublês" de vereadores que só olharam para os umbigos deles durante seus mandatos, não aceita mais esse tipo de oposição eleitoreira para garantir a reeleição de vereadores em 2016 que se aproxima, e que não produzem nada de útil para a comunidade, porque o tempo que tem, e o dinheiro que ganham, é só para fazer oposição ao prefeito que tem dado resposta positiva aos anseios de um povo que esperou tanto tempo para desfrutar dos benefícios conquistado pelas ações de um gestor público que está colocando Parauapebas no rumo certo do progresso e da evolução social, cultural e educacional. 

Para concluir, afirmo-lhes que vocês serão vereadores de um mandato só, e que em 2016, os eleitores deste município os demitirão sumariamente do emprego que lhes deram sem o devido merecimento.  

Valter Desiderio Barreto - Pioneiro em Parauapebas desde fevereiro de 1984.  

Governador Simão Jatene levou milhares de pessoas para as ruas e "amarelou" de vez Santa Luzia





O Governador do Estado e candidato à reeleição, Simão Jatene [PSDB], esteve em Santa Luzia na tarde do último sábado cumprindo agenda de campanha ao lado do Prefeito Adamor Aires. 

O ato político iniciou por colta das 17 hs com uma grande carreata que contou com a participação de centenas de ciclistas e motociclistas.

Uma verdadeiro mar de gente - mais de 6 mil pessoas segundo dados da Polícia Militar e do Gabinete de Segurança do Governo do Estado - invadiu as ruas de Santa Luzia. 

A "onda amarela" seguiu Jatene, que recebeu o tratamento de pop star, até o local do comício no centro da cidade: milhares de pessoas se acotovelavam na tentativa de chegar perto do Governador para tirar uma foto ou simplesmente dá-lhe um abraço ou um aperto de mão.

Além do Prefeito Adamor Aires, do vice-prefeito Robson Federal, vereadores [Socorro Saldanha, Marinho, Zeca do Bento e Nenenzão], secretários e lideranças políticas a comitiva do Governador contou ainda com a presença dos prefeitos Eslon Martins [Capanema], Junhão [Ourém], Hélio Brito [Quatipuru] e Paulo Henrique [Salinas].


Na oportunidade o Prefeito Adamor Aires agradeceu o empenho do Governador em trazer obras para Santa Luzia: agência do Banpará, energia do Bairro da Paz, construção da Feira de Alimentação Coberta e da Praças de Eventos, 08 quilômetros de asfalto, cinquenta cheque-moradias e a reforma do prédio da Delegacia de Polícia. 

Todas essas conquistas aconteceram em pouco mais de um ano e meio de Administração Adamor. 

"Foi o único Governador que olhou com carinho por Santa Luzia. 

Simão Jatene é único Governador que trouxe obras e benefícios para a população luziense. 

Por isso Governador, o povo de Santa Luzia lhe agradece imensamente por tudo o que o senhor fez por nós.

Destacou Adamor.

Em seu discurso, Jatene reforçou que precisa de mais quatro anos para continuar o seu trabalho à frente do estado. 

"O Pará precisa continuar crescendo, com mais investimentos em setores prioritários como segurança, educação, saúde e infraestrutura." Destacou.

Confira abaixo o registro da passagem, emocionante, ressalte-se, do Governador Simão Jatene por Santa Luzia.