Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

domingo, novembro 30, 2014

POLICIA FEDERAL COMPROVA ENVOLVIMENTO DE LULA E DILMA NO PETROLÃO.





E-mails provam que Lula e Dilma poderiam ter interrompido o propina das Empreiteiras da Petrobras.
O doleiro Alberto Youssef disse à Justiça que Lula e Dilma sabiam do esquema de corrupção na Petrobras. 
Agora, mensagens encontradas pela PF em computadores do Planalto mostram que eles poderiam ter interrompido o propinoduto, mas, por ação ou omissão, impediram a investigação sobre os desvios.
Antes de se revelar o pivô do petrolão, o maior escândalo de corrupção da história contemporânea brasileira, o engenheiro Paulo Roberto Costa era conhecido por uma característica marcante. 

Ele era controlador e centralizador compulsivo. 

À frente da diretoria de Abastecimento e Refino da Petrobras, nenhum negócio prosperava sem seu aval e supervisão direta. 

Como diz o ditado popular, ele parecia ser o dono dos bois, tamanha a dedicação. 

De certa forma, era o dono — ou, mais exatamente, um dos donos —, pois já se comprometeu a devolver aos cofres públicos 23 milhões de dólares dos não se sabe quantos milhões que enfiou no próprio bolso como o operador da rede de crimes que está sendo desvendada pela Operação Lava-Jato. 

Foi com a atenção aguçada de quem cuida dos próprios interesses e dos seus sócios que, em 29 de setembro de 2009, Paulo Roberto Costa decidiu agir para impedir que secassem as principais fontes de dinheiro do esquema que ele comandava na Petrobras. 

Costa sentou-se diante de seu computador no 19º andar da sede da Petrobras, no Rio de Janeiro, abriu o programa de e-mail e pôs-se a compor uma mensagem que começava assim:
“Senhora ministra Dilma Vana Rousseff...”.

O que se segue não teria nenhum significado mais profundo caso fosse rotina um diretor da Petrobras se reportar à ministra-chefe da Casa Civil sobre assuntos da empresa. 

Não é rotina. 

Foi uma atitude inusitada. 

Uma ousadia. Paulo Roberto Costa tomou a liberdade de passar por cima de toda a hierarquia da Petrobras para advertir o Palácio do Planalto que, por ter encontrado irregularidades pelo terceiro ano consecutivo, o Tribunal de Contas da União (TCU) havia recomendado ao Congresso a imediata paralisação de três grandes obras da estatal — a construção e a modernização das refinarias Abreu e Lima, em Pernambuco, e Getúlio Vargas, no Paraná, e do terminal do Porto de Barra do Riacho, no Espírito Santo. 

Assim, como quem não quer nada, mas querendo, Paulo Roberto Costa, na mensagem à senhora ministra Dilma Vana Rousseff, lembra que no ano de 2007 houve solução política para contornar as decisões do TCU e da Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional.

Também não haveria por que levantar suspeitas se o ousado diretor da Petrobras que mandou mensagem para a então ministra Dilma Rousseff fosse um daqueles barnabés convictos, um “caxias”, como se dizia antes nas escolas e no Exército de alguém disposto a arriscar a própria pele em benefício da pátria. 

Em absoluto, não foi o caso. 

Paulo Roberto Costa, conforme ele mesmo confessou à Justiça, foi colocado na Petrobras em 2004, portanto cinco anos antes de mandar a mensagem para Dilma, com o objetivo de montar um esquema de desvio de dinheiro para políticos dos partidos de sustentação do governo do PT. 

Ele estava ansioso e preo­cupado com a possibilidade de o dinheiro sujo parar de jorrar. 

É crível imaginar que em 29 de setembro de 2009 Paulo Roberto Costa, em uma transformação kafkiana às avessas, acordou um servidor impecável disposto a impedir a paralisação de obras cruciais para o progresso da nação brasileira? 

É verdade que às vezes a vida imita a arte, mas também não estamos diante de um caso de conversão de um corrupto em um homem honesto da noite para o dia.


 


Rogério Luiz Bezerra · 
 
Quem mais comentou · Rio de Janeiro
 
É uma questão de tempo apenas.

Tem o caso da LDO, que mesmo passando a imagem dela fica ainda mais enfraquecida,
Tem ocaso da Petrobras que já confirmou que ela sabia e o Lula sabia também
Tem o caso das obras em porto de Mariel e financiamento do BNDES q ninguém sabe como é isso,
Tem o caso da hidrelétrica em Nicarágua que tem o mesmo teor
Tem o caso da inflação voltando
Tem o caso dos juros
Tem o caso da declaração dela sobre o ISIS na ONU
Teve o mensalão que o PT esta envolvido até o pescoço
A dificuldade dela em se identificar com o povo
Alto índice de rejeição
E geral indo p ruas ou pedindo impeachment ou intervenção constitucional.
Teve anistia dos países ditatoriais
Abertura das fronteiras e sucateamento das Forças Armadas e evasão de vários tenentes e sargentos.
Tem a Pec 51 que nenhum militar está satisfeito
Resumindo:
Dilma ta ralada.
Responder · Curtir · 23 · Seguir publicação · Editado · 28 de novembro às 03:51

Nelson Honorio Oliveira · Quem mais comentou · UniAnchieta
Eleição só daqui a 4 anos ......Dilma presidenta, vai se conformando que dói menos.
Responder · Curtir · 7 · 29 de novembro às 10:15

Carlos Paiva · Quem mais comentou · Ainda não
Nelson Honorio Oliveira logo se ve que vc é um dos idiotas que sofre da sindrome de estocolmo...que é quando o violentado se apaixona pelo estuprador...ACORDA!
Responder · Curtir · 27 · 29 de novembro às 21:52

Marcos Marinho · Quem mais comentou · Harvard University
Nelson Honorio Oliveira, infelizmente sou obrigado democraticamente acatar suas ponderações, porém sem aceita-las, como afirmar que doi menos em 51 milhões de brasileiros que tiveram o discernimento de repudiar atravez do voto a continuação de um governo pulsilaneme, somente quem usufrui das benesses dessa bandeira da foice e do martelo e que pode está gostando de tudo o que está acontecendo, pois querer ignorar a sequênçia que o leitor Rogerio Luiz Bezerra, e o que foi enumerado acima não é nada mediante ao passado de lama que envolve a sua querida presidenta, acorda rapaz! se vç a acha intocavél, faça uma redoma e a leve para o vosso convivio, porque nós da bandeira verde amarela tudo isso está doendo e muito e não vai ser só por 4 anos e sim por décadas.
Responder · Curtir · 15 · há 10 horas
Ver mais 9

Francisco Ferreira De Sousa Ferreira · Unisulma
O CERCO ESTAR FECHANDO , E A CASA ESTAR CAINDO. E AGORA COMPANHEIROS E COMPANHEIRAS.?
Responder · Curtir · 15 · Seguir publicação · 25 de novembro às 17:21

Albano Castilho Castilho · · Quem mais comentou · Ensino superior incompleto
CHORAAAAAAA TUCANINHO DE MERDA....
Responder · Curtir · há 7 horas

J Marcelo Balbinotte · Universidade De Passo Fundo
Albano Castilho Castilho vamos esperar se vai ser só os tucaninhos que vão chorar....veremos
Responder · Curtir · 5 · há 2 horas

Claudio Sebastião da Fonseca · Ubm Barra Mansa
Albano Castilho Castilho , antes chorar do que ser ladrão !! Tá levando quanto laranja ????
Responder · Curtir · 3 · há ± 1 hora
Ver mais 3

Firme Dos Santos Santos · · Quem mais comentou · Por Ae :*
ESTE JORDE lUIZ É CEGO OU BURRO...ELES NAO TAO FALANDO EM CIRCO E SIM EM CERCO MESMO JUMENTO....KKKKKK
Responder · Curtir · 9 · Seguir publicação · 28 de novembro às 16:29

Osman Rodrigues de Almeida · Gestor Escolar na empresa Prefeitura Municipal de Itaíba
É O CERCO ESTÁ SENDO FECHADO PARA DESMASCARAR QUEM NÃO SABE DE NADA E NADA VIU,
Responder · Curtir · 9 · Seguir publicação · 25 de novembro às 00:07

Jorge Luiz · Quem mais comentou
só pra te lembrar Circo e com I não com a letra E
Responder · Curtir · 25 de novembro às 18:36

Jorge Luiz · Quem mais comentou
mas já tava passando da hora, nos brasileiros e que paga por essas merdas desses vagabundos
Responder · Curtir · 3 · 25 de novembro às 18:39

Jorge Luiz · Quem mais comentou
significado de Cerco e Ação de cercar, de circundar por meio de cerca.
Assédio... corrija me? e Circo sentido no sentido da palhaçada politica ou cerco ? não estou querendo te corrigir mas simplesmente pelo fato de uma leitura que não fez o sentido da escrita entende ?
Responder · Curtir · 3 · 25 de novembro às 18:43
Ver mais 9

Antonio Souza da Silva ·
Só divulgam isso depois das eleições, qual o interesse de reeleger essa raposa? E o pato rouco, vai ficar na surdina? E o país como fica? Continuará com o rótulo de mais corrúpto do mundo? E daí Congresso Nacional, o que os Exmo Senhores Senadores vão fazer pra acabar com essa farra com o dinheiro do povo? Acorda Brasil!!!!!!
Responder · Curtir · 8 · Seguir publicação · 29 de novembro às 09:02

Nelson Honorio Oliveira · Quem mais comentou · UniAnchieta
Pedir pra senadores e deputados acabarem com a farra do dinheiro público ai eu tenho que rir....enfim , pra tentar mudar alguma coisa só resta uma esperança é o povo se unir e reivindicar a mudança do sistema político desse país presidencialismo não da mais .Parlamentarismo seria uma boa ai quem sabe poderia mudar alguma coisa .
Responder · Curtir · 1 · 29 de novembro às 10:14

Edvaldo Oliveira · Quem mais comentou · São Paulo
Nelson Honorio Oliveira mas os parlamentares ja estão mandando aqui a muito tempo são eles quem dita tudo a Dilma não manda nada nem nela mesma ,,,o negocio é militarismo de novo ,,,tem que acabar com essa corja de politicos ladrão que a gente tem aqui ,,,chega ,ja deu o que tinha que dar,alias nem deu de tão incompetentes que são ,,,tem que baixar o pau nessa gente e por pra correr daqui novamente ,mandar tudo para o exílio politico !!!
Responder · Curtir · 4 · 29 de novembro às 23:57

Solange Batista · Trabalha na empresa TJDFT
O mais triste é odiar um partido sem nunca ter votado nele, e ter que engolir essa Organização Criminosa.
Me sinto impotente!
#FORA_PT

Senado Federal Vota Lei que Limita uso de Armas de Fogo por Policiais


 
 

O Plenário do Senado deve votar nessa semana o PLS 256/2005, que determina a prioridade do uso de armas não letais sobre as armas de fogo na ação policial — desde que essa opção não coloque em risco a vida dos policiais. 

O texto foi aprovado na última quarta-feira (19/11) na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania.

De acordo com o projeto, armas não letais têm baixa probabilidade de causar mortes ou lesões permanentes e são projetadas para conter, debilitar ou incapacitar pessoas temporariamente. 
 
São exemplo desse tipo de instrumento gás lacrimogêneo, balas de borracha, spray de pimenta e arma de eletrochoque, também conhecida como taser.

O autor do projeto, senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), destaca o crescimento da violência na ação policial, resultando em grande número de mortes, em especial de jovens. 
 
Para reduzir as ocorrências e manter a integridade física de pessoas em abordagens policiais, ele sugere disciplinar o uso da força pelos agentes de segurança, com prioridade para armas não letais.
 
COMENTÁRIO:
 
Como se não bastasse a Lei frouxa deste país, que desmoraliza nossos BRAVOS policiais dos diversos setores de segurança pública da nossa nação (Civil, Militar, Federal e até mesmos das Forças Armadas que eventualmente participam de ações no combate ao crime organizado), que no cumprimento do seu dever, arriscam suas próprias vidas para colocar atrás das grades marginais de toda espécie e a maioria deles não ficam nenhum dia preso por intervenção de bons advogados que encontram brechas nas leis obsoletas do arcaico Código Penal Brasileiro, agora correm o risco de se tornarem presas fáceis desses BANDIDOS por não poderem utilizar armas que ponham em "risco" a "integridade física" desses VERMES da sociedade, fazendo uso de armas não letais. 
 
Como cidadão brasileiro e em nome dos brasileiros honestos, trabalhadores, cumpridores de suas obrigações, manifesto o meu repúdio a tal lei de autoria desse parasita do Poder  Legislativo Marcelo Crivella, e que também merece o repúdio de todos os policiais brasileiros que colocam suas vidas em risco em defesa da vida dos cidadãos e cidadãs de bem, que a qualquer momento podem se tornar vítimas desses delinquentes de dura cerviz. 
 
O que deixa transparecer essa lei de autoria desse tal Crivela é que para ele, a morte de um cidadão ou cidadã de bem, ou de um policial nas mãos de marginais não tem nenhum valor, mas a do marginal o comove mais. 
 
Ele criou essa lei é porque só deve usar carros blindados, e só anda escoltados por um batalhão de seguranças particulares. 
 
Façam uma consulta aos brasileiros, perguntando a opinião dos mesmos como eles gostariam de ver seus "guardiães" que são os nossos heróis e bravos policiais, que mesmo sem muita estrutura garantida pelo estado para preservação de suas integridades físicas, vão para as ruas nos proteger  desses DEGETOS da humanidade, que só entendem a linguagem do crime, do roubo e da violência contra inocentes, de que forma eles deveriam ser equipados para enfrentar esses criminosos que estão cada vez mais audaciosos. 
 
Com certeza a resposta seria:
 
Nossos policiais tem que enfrentar os criminosos no nosso país sem dó e nem piedade, e para isso eles têm que se armarem com ESCOPETAS, METRALHADORAS, FUZIL AR 15, PISTOLAS.45. CARROS BLINDADOS, EQUIPAMENTOS ESPECIAIS DE PROTEÇÃO FÍSICAS, não basta esses ineficazes colete a prova de bala, e UM SALÁRIO DIGNO para quem vive arriscando suas vidas, para defender e proteger outras vidas, já que VIDA NÃO TEM PREÇO, VIDA NÃO SE COMPRA E VIDA NÃO SE VENDE. 
 
Valter Desiderio Barreto. 

Taxista do DF encontra 2 mil dólares dentro de carro e devolve ao dono

Dinheiro estava em mochila que passou a noite no banco de trás do carro.
Ele diz que quer ser exemplo para família e agiu em respeito aos brasilienses.

 

Isabella Formiga Do G1 DF
Maurício Quirino, taxista que encontrou 2 mil dólares em mala e devolveu ao dono (Foto: Isabella Formiga/G1)Maurício Quirino, taxista que encontrou 2 mil dólares em mala e devolveu ao dono (Foto: Isabella Formiga/G1)
 
 
Um taxista de Brasília encontrou neste sábado (29) 2 mil dólares em notas de 50 dentro de uma mochila deixada por um passageiro no banco de trás do carro. 

O condutor, Maurício Quirino, conta que não hesitou em devolver a quantia para o dono, que havia embarcado no táxi, no aeroporto, na noite anterior.

Agora, veja bem a sorte que esse homem deu. 
 
Depois disso, ainda peguei quatro passageiros na rodoviária e levei para uma boate. 
 
A mochila ficou dez horas no carro, e eu nem sabia."
 
Maurício Quirino, taxista
Taxista há 30 anos, Quirino relata que deixou o passageiro, um homem, segundo ele, bastante sério, na Octogonal. 

A corrida custou R$ 40. 

"Ainda olhei para trás depois que ele saiu e não vi a mochila", diz. 

"Agora, veja bem a sorte que esse homem deu. 

Depois disso, ainda peguei quatro passageiros na rodoviária e levei para uma boate. 

A mochila ficou dez horas no carro, e eu nem sabia."

Na manhã seguinte, o dono do dinheiro ligou para o taxista perguntando sobre a mochila, mas Quirino respondeu que não havia visto nada no carro. 

"Foi, então, que fui na garagem, abri a porta do carro e vi a mala lá no cantinho", diz.

"Tentei retornar a chamada, mas ele não me atendeu. 

Então fucei a mala para achar o nome ou contato dele, para ligar, e me deparei com muitos documentos e 44 notas de 50 dólares. 

Contei mesmo [o número de cédulas], é curiosidade do ser humano", brinca.
saiba mais

Embora tenha dívidas no cartão de crédito e precise de dinheiro para visitar os filhos no exterior, Quirino não cogitou em momento algum ficar com a quantia.

No fim da manhã, ele se encontrou com o passageiro. 

O taxista diz que, pelo que viu em um crachá que estava na mochila esquecida, trata-se de um funcionário da Anvisa.

Para o taxista, porém, a reação do homem foi fria. 

“Ele agradeceu apenas com um ‘obrigado’ e virou as costas”. 

Apesar disso, Quirino ficou feliz em ter devolvido o dinheiro. 

"Devolvi por honestidade. 

Tenho quatro netos, um casal de filhos. 

Eu quero ser um exemplo. 

Moro na capital do país, onde existe muita desonestidade. 

Em respeito aos brasilienses, fiz a minha parte, agi honestamente."

O G1 tentou ligar para o número de celular do passageiro, mas não conseguiu contato com ele.