Banners


Create your own banner at mybannermaker.com!

Aproveitamento do caroço de açaí

< / a >

quarta-feira, dezembro 31, 2014

Que em 2015 o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas - SAAEP, continue sendo o cartão de visita do governo Valmir Queiroz Mariano




Neste último dia do ano de 2014, prestamos uma singela homenagem a administração do prefeito Valmir Queiroz Mariano, através dos servidores desta autarquia SAAEP, pelos serviços prestados a população parauapebense neste ano findo, que daqui a algumas horas estará sendo sepultado, dando lugar a um novo ano.

Escolhemos os servidores do SAAEP para homenagear o governo Valmir Queiroz Mariano, não foi por acaso, mas pela dedicação desses competentes funcionários de todos os setores desta autarquia, que durante este ano que se finda, deram o máximo de si para cumprirem as metas estabelecidas  no decorrer destes 365 dias, pelo alcaide do município, o engenheiro Valmir Queiroz Mariano, através do servidor Paulo Galdino, gestor desta autarquia vinculada a Prefeitura Municipal de Parauapebas, que não mediu esforços para oferecer o melhor para a população de Parauapebas, no que se refere ao fornecimento de água potável durante 24 horas do dia, nos diversos bairros da cidade, como também na zona rural do município. 

Claro que não estamos querendo dizer que, não houve momentos de dificuldades no atendimento dos anseios de parte da população que ainda passa por problemas de falta de água em suas torneiras, mas com certeza absoluta a maioria da população foi atendida a contento. 

Na certeza que 2015 será o ano de consolidação de abastecimento de água potável para atender 100% dos moradores deste pujante município que ainda está em fase embrionária em relação aos demais municípios centenários do Brasil, fica registrado aqui os nossos votos de felicidades a todos os servidores do SAAEP, extensivamente aos demais do governo Valmir Queiroz Mariano, e rogamos a Deus que neste próximo ano que está as portas, que a Sua graça e misericórdia recaiam sobre todos os lares das famílias parauapebenses e do resto do mundo.

Finalizando, quero deixar um lembrete: 

Sem água ninguém sobrevive, nem o planeta terra subsiste. 

Se não tivermos água potável para o nosso consumo, não adianta investimentos em educação, saúde, cultura, agricultura, agropecuária, saneamento básico, habitação,  e tantos outros serviços necessários para a sobrevivência do ser humano aqui no planeta terra. 

Água é vida. 

E esse líquido é tão precioso para todos nós seres viventes, que o próprio Jesus Cristo materializou a sua missão aqui neste mundo, usando a água como referência, registrado no Evangelho de João 4, versículos 10 a 13: "Jesus respondeu, e disse-lhe: Se tu conheceras o dom de Deus, e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva.

Disse-lhe a mulher: Senhor, tu não tens com que a tirar, e o poço é fundo; onde, pois, tens a água viva? 

És tu maior do que o nosso pai Jacó, que nos deu o poço, bebendo ele próprio dele, e os seus filhos, e o seu gado? 

Jesus respondeu, e disse-lhe: Qualquer que beber desta água tornará a ter sede;Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna". 

"E disse-me mais: Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida". Apocalipse 21: 6. 

O planeta está agonizando por causa da escassez da água. 

O cuidado com a preservação da água, da natureza e do meio ambiente, não é responsabilidade só dos governantes não, todos nós temos a obrigação de preservar, e cuidar desses três elementos para garantirmos a nossa sobrevivência. 


Texto e fotos do jornalista Valter Desiderio Barreto. 






Agradecimento a Deus por tudo o que aconteceu comigo neste ano que se finda hoje, 31 de dezembro de 2014.


Te agradeço meu Deus, primeiramente pela minha vida que tu preservaste durante este ano me dando saúde, paz, alegria, felicidade e harmonia no meu lar com meu esposo.

Te agradeço meu Deus, meu Senhor, minha Rocha eterna, pelos meus pais, meus filhos e meus irmãos e meu cunhado Luiz, que tu preservastes com saúde e paz em Barretos, que apesar de no momento está longe dos mesmos, Tu sabes que eu não os esqueço em nenhum momento da minha vida. 

Te agradeço meu Pai Bendito, pela vida do meu esposo Valter Desiderio Barreto, meu presente maravilhoso que Tu me deste, que tem sido uma bênção na minha vida, que na hora que ele precisou da Tua ajuda Tu não o abandonaste, restabelecendo a saúde dele. 

Te agradeço também meu Deus amado, pelo governo do prefeito Valmir Queiroz Mariano que graças a ele através do Gesmar Costa, faço parte da administração pública municipal de Parauapebas, prestando serviço na autarquia SAAEP, onde tive a oportunidade durante este ano que se finda, poder contribuir juntamente com meus colegas de trabalho, com o desenvolvimento deste município através dos serviços prestados a população parauapebense, no setor de água tratada e esgoto. 

Um agradecimento especial meu Deus querido, pela vida do nosso gestor Paulo Galdino, que substituiu o Gesmar Costa, e o mesmo manteve o mesmo nível de tratamento dado a todos nós servidores desta autarquia que recebíamos do nosso amigo Gesmar, e que não mediu esforços para manter um ambiente de trabalho entre os nossos colegas harmonioso e tranquilo, fundamental para a união da "Família SAAEP". 

Finalmente meu Senhor, Deus Todo poderoso, Pai da eternidade, te agradeço por Tu me ter dado a oportunidade de aprimorar meus conhecimentos na área de gestão de bacias hidrográficas, me permitindo concluir 15 cursos no decorrer deste ano findo, que contribuirá muito para a minha qualificação como uma servidora pública, representante deste governo que deu certo neste município tão promissor e acolhedor a todas as pessoas que aqui chegam em busca de oportunidades de trabalho. 

Não poderia deixar de Te agradecer também meu Deus Soberano, por todos os meus colegas de trabalho, que juntos formam a "família SAAEP" e pelos meus queridos amigos e amigas que pela Tua graça, tenho espalhado pelo Brasil inteiro, tanto aqueles que conhecemos pessoalmente, como aqueles virtuais, que compartilhamos mensagens diariamente pela internet. 

Obrigada Deus, pelo ano que está indo embora hoje, e pelo ano novo que está despontando daqui a algumas horas !

Parauapebas, 31 de dezembro de 2014.

Gina Miuki Mikawa Barreto, serva do Senhor e Salvador Jesus Cristo. 

A Deus seja dada toda a honra e toda a glória !






Fonte: Facebook. 

O melhor da Arte em Barretos



O meu ateliê vai estar aberto pra visitas a partir do dia 05/01/15 (segunda-feira) das 13:00 às 17:00 horas. 

Gostaria muito de dividir um pouco da minha alegria com vcs, venham conhecer, será um grande prazer recebê-los. 

Obrigada pela atenção e um Ano Novo cheio de saúde, prosperidade e felicidades pra todos nós.

Abraços!!!

Patricia Gambirasi  


































 





Parabéns pelas belas obras de arte !

Valter Desiderio Barreto. 

terça-feira, dezembro 30, 2014

Blog do Valter deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Reinaldo Correia da Silva. deixou um novo comentár...":


Boa noite amigo Reinaldo Correia Silva !

Apesar de seu comentário um tanto agressivo a minha pessoa, lhe agradeço por você dizer-se meu fã.
 

Gostaria de lhe informar que relutei muito em responder sua provocação, pelo fato de te recebido uma enxurrada de comentários semelhantes ao seu, mais de uma dezena.

Só que os autores dos insultos a minha pessoa por ter postado o direito de resposta do Nasser Salmen a uma acusação que lhe é feita por alguém, que segundo ele, tem o objetivo de denegrir a sua imagem como um profissional da área do Direito, assim também como desmoralizá-lo sem provas, não se identificam, preferiram o anonimato, e em respeito aos meus leitores que acessam nosso blog diariamente, resolvi manifestar-me, respondendo somente o seu comentário.


Agi dessa maneira, dando espaço para o Nasser Salmen, independentemente de ser sobrinho do Faisal, porque além dele me enviar provas documentais que desmente o que a acusadora dele lhe atribuiu, eu jamais poderia misturar minhas atitudes como um profissional de imprensa com problemas pessoais que eu tenho com seu parente truculento Faisal Salmen.


Ele, Nasser Salmen, não deve ser hostilizado por ter grau de parentesco com alguém que teve participação no assassinato do ex-vereador João Prudêncio de Brito, como autor intelectual daquele bárbaro crime, juntamente com os membros da Câmara de Vereadores de Parauapebas na década de 90. 


Ninguém deve pagar pelo erro de outras pessoas amigo !


Inclusive, até na Bíblia Sagrada nos mostra esse princípio, no Velho Testamento, quando o grande legislador Moisés estabeleceu as leis de convivência entre o povo judeu, ele determinou que o pai não podia ser punido por qualquer ato do seu filho, e nem o filho podia ser punido pelos atos de seus pais.
 

Quanto a você dizer que eu publiquei a "defesa" do Nasser Salmen foi a troco de dinheiro, não procede amigo !

Quem me conhece pessoalmente, sabe que não sou mercenário e nem venal. 


Não trabalho só por dinheiro, trabalho por Realização.


Prova disso, que sou um dos colaboradores do governo Valmir Mariano, que desde que ele assumiu o comando da Prefeitura Municipal de Parauapebas, tenho postado matérias de suas ações como o gestor do nosso município sem cobrar um tostão.


Se você desejar confirmar o que estou lhe dizendo aqui, basta você procurar a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Parauapebas, ASCOM, e perguntar aos responsáveis daquele setor da administração municipal, quanto eu ganho para publicar matérias do governo Valmir Mariano.
 

Não cobrei nenhum centavo para publicar os documentos que ele me enviou acompanhado de esclarecimentos.

Sou um profissional que tenho responsabilidade com o que publico no meu blog. 


Não sou manipulado e nem teleguiado por ninguém aqui neste mundo.


Eu sou o senhor da minha razão, abaixo de Deus, Criador do céu e da terra. 


Não "emprenho" pelos ouvidos.


No meu blog dou espaço a quem eu acho que devo dá.
 

Assim como cedi espaço gratuitamente para publicar a denúncia de alguém que acusa o Nasser Salmen de algo muito sério e grave, da mesma forma agi com ele, lhe oferecendo espaço como direito de resposta, a quem teve a liberdade de nos procurar para fazer denúncia contra a sua pessoa. 

Para comprovar o que estou dizendo, leia a seguir, textos das mensagens trocadas entre mim e o Nasser Salmen quando fui procurado pelo mesmo através do meu email.


Em 20 de dezembro de 2014.

Boa tarde meu amigo Nasser Salmen !

Gostaria de salientar ao amigo, que como jornalista, detentor de duas "ferramentas" de comunicação a serviço da sociedade, sempre estou a disposição de quem solicita nossos serviços de divulgação de algo não só de seu interesse como de interesse da sociedade.

Não tive nenhum objetivo de denegrir nem a imagem do amigo e nem a de sua família ao postar a denúncia da responsável pela mesma cujo prenome é, Stheffanne, até porque, quando postamos esses tipos de matérias, é exatamente para dar a oportunidade a quem está sendo vítima de inverdades poder se defender e em algumas situações, processar quem o denuncia sem o ônus da prova.

Sendo assim, eu vou publicar sua mensagem acompanhada com os documentos que comprovam a sua idoneidade diante dos fatos expostos não só no nosso blog, como na página do nosso face.

Espero que com essa nossa atitude possamos mostrar para o nosso público leitor, a real versão dos fatos alegados na matéria postada no nosso site.

Assim que o amigo me responder esta, eu publicarei sua mensagem acompanhada da citada denúncia envolvendo a sua pessoa, com a devida assinatura da denunciante.

Que Deus lhe dê um feliz Ano Novo com muita saúde, muita paz e muita felicidade juntamente com seus entes querido.

Valter Desiderio Barreto.



Em 20 de dezembro de 2014 10:20, Nasser Salmen escreveu:

Professor Valter,

Boa tarde. 


Homem de integridade absoluta e justo. 

Obrigado.

Autorizo a minha publicação com algumas correções de digitação, desde que, como foi proposto no teu e-mail pra mim enviado, seja divulgada a "Denuncia" com a devida assinatura da denunciante, que, ao meu ver, com quase absoluta certeza, trata-se da pessoa de Stheffanne Serra Paraná Rodrigues.

Só poderia ter vindo dela (ou da mãe), pois sua genitora foi quem viveu com GIL SICURO e atendi a quase uma dúzia de processos que os envolviam. 


Certamente pelos êxitos que conseguimos, essa pessoa quis denegrir minha imagem.

Isso muito me entristece, pois ela (Stheffanne) é estagiária do Procurador Geral de Justiça, Dr. Olímpio Sottomaior e, o exemplo que ela deu, é de que prefere a fofoca e as inverdades ao lutar por Justiça.

Att,

Nasser Salmen



21 de dezembro

para Nasser

Boa tarde amigo Nasser ! 


Estava viajando quando recebi sua mensagem e acabo de chegar em casa tem mais ou menos uma hora. São os "ossos do ofício" minhas constantes viagens a serviço da minha principal atividade que é o jornalismo. 


Quero lhe dizer que apesar de termos convivido muito pouco tempo no município de Parauapebas, hoje resido em Barretos, São Paulo, nunca o considerei a semelhança do seu tio Faissal Salmen, ainda que não tivemos a oportunidade de estreitarmos nossos laços de amizade como aconteceu com outras pessoas daquele município que até hoje mantemos e conservamos um vínculo de amizade muito transparente e produtiva para ambos os lados.

Os dedos das mãos são irmãos, mas não são iguais.

Estou agindo assim com o amigo, porque até que me provem o contrário, acredito na sua versão dos fatos que você acaba de me relatar.

Realmente é essa pessoa que você cita agora na sua mensagem que me enviou seu pedido de "ajuda".

Como lhe disse em mensagem anterior, agi na boa fé e com boa intenção como um servo de Deus que sou, e que sempre procura está do lado dos indefesos e injustiçados deste mundo sem auferir para mim nenhum resultado financeiro, material e da "notoriedade barata".

Não preciso disso, porque graças a Deus o público leitor da minha "Revista Eletrônica", tem me prestigiado ao longo dos anos que atuo como jornalista e blogueiro.

A credibilidade e o respeito que tenho conquistado dos frequentadores do meu blog não só a nível nacional como mundial, é fruto da seriedade, responsabilidade e honestidade, com que publico as matérias nesta minha "ferramenta" virtual. 


Meu blog estará sempre a serviço da sociedade, e principalmente a serviço dos injustiçados e indefesos.

Conte comigo sempre, no que precisar dentro das nossas possibilidades, respeitando sempre a ética profissional e a liberdade de imprensa com responsabilidade, que nos impõe a nossa Constituição Federal.


Cordialmente,

Valter Desiderio Barreto.

Petrobras suspende negócios com 23 fornecedoras citadas na Lava Jato

Adoção de medidas cautelares tem por finalidade 'resguardar a companhia'.
Empresas ficam temporariamente proibidas de participar de licitações.

 

Da Reuters
 
A Petrobras, no centro de um escândalo de corrupção, anunciou nesta segunda-feira (29) à noite que as 23 fornecedoras citadas na operação Lava Jato da Polícia Federal como integrantes de um cartel "serão temporariamente impedidas de ser contratadas e de participar de licitações da estatal". 

O comunicado foi enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

No caso das fornecedoras mencionadas na Lava Jato, a diretoria da Petrobras decidiu em reunião nesta segunda-feira criar comissões para análise de aplicação de sanção administrativa e o bloqueio cautelar.
As fornecedoras são Alusa, Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa, Carioca Engenharia, Construcap, Egesa, Engevix, Fidens, Galvão Engenharia, GDK, Iesa, Jaraguá Equipamentos, Mendes Junior, MPE, OAS, Odebrecht, Promon, Queiroz Galvão, Setal, Skanska, Techint, Tomé Engenharia e UTC.

"A adoção de medidas cautelares, em caráter preventivo, pela Petrobras tem por finalidade resguardar a companhia e suas parceiras de danos de difícil reparação financeira e de prejuízos à sua imagem", disse a estatal, acrescentando que "notificará as empresas do bloqueio cautelar e respeitará o direito ao contraditório e à ampla defesa".

As 23 fornecedoras foram citadas como participantes de cartel nos depoimentos do ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Youssef, bem como nos depoimentos prestados no âmbito do acordo de delação premiada dos executivos Julio Gerin de Almeida Camargo, do Grupo Toyo, e Augusto Ribeiro de Mendonça Neto, do Grupo Setal, segundo informou a Petrobras.

Parentes fazem última visita do ano aos presos da Operação Lava Jato

Empresários vão passar a virada de ano na carceragem da Polícia Federal.
Familiares não puderam levar bebidas alcoólicas para os réus.

 

Do G1 PR
Familiares não puderam levar alimentos especiais para os presos (Foto: Daiane Baú/G1)Familiares não puderam levar alimentos especiais para os presos (Foto: Daiane Baú/G1)


Os presos da Operação Lava Jato, que investiga um esquema de lavagem e desvio de dinheiro de bilhões de reais, recebem nesta terça-feira (30) a última visita de familiares do ano na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. 

Normalmente, a visita aos detentos ocorre às quartas-feiras, porém, devido ao feriado de Ano Novo foi antecipada. 

Os familiares foram informados que não poderiam levar comidas especiais ou bebida alcoólica para os investigados.

Entre as pessoas que continuam detidas na Polícia Federal estão executivos de algumas das maiores empreiteiras do país, como OAS, Camargo Corrêa e Mendes Júnior. 

Além deles, o doleiro Alberto Youssef, apontado como operador do esquema de desvio de dinheiro na Petrobras e líder de uma quadrilha de lavagem de dinheiro também permanece detido. 

Até o momento, 39 investigados se tornaram réus no processo, sendo 27 ligados às empreiteiras.

O período de visitas durou toda a tarde. Cada grupo podia ficar até 20 minutos com o preso que foi visitar. Nenhum parente quis dar declarações à imprensa sobre a situação dos detidos.

Em fevereiro de 2015, os primeiros depoimentos dos agora réus no processo serão colhidos e, segundo o Jornal Nacional, os executivos terão de explicar à Justiça Federal se houve pagamento de propina e lavagem de dinheiro em todos os contratos listados na planilha.

Entenda a Lava Jato

A Operação Lava Jato começou apurando um esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas que teria movimentado cerca de R$ 10 bilhões. 


A investigação acabou resultando na descoberta de um grande esquema de desvio de recursos da Petrobras, segundo a Polícia Federal e o Ministério Público Federal.

Na primeira fase da operação, deflagrada em março deste ano, foram presos, entre outras pessoas, o doleiro Alberto Youssef, apontado como chefe do esquema, e o ex-diretor de Refino e Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa.

A sétima fase da operação policial, no mês passado, teve como foco executivos e funcionários de nove grandes empreiteiras que mantêm contratos com a Petrobras em um valor total de R$ 59 bilhões.

Parte desses contratos está sob investigação da Receita Federal, do MPF e da Polícia Federal. 

Ao todo, foram expedidos na sétima etapa da operação 85 mandados em municípios do Paraná, de Minas Gerais, de São Paulo, do Rio de Janeiro, de Pernambuco e do Distrito Federal.

VALE ESTE - Arte Lava Jato 7ª fase (Foto: Infográfico elaborado em 15 de novembro de 2014)

Ações da Petrobras têm queda de 37% no ano


Empresa também perdeu R$ 87,182 bilhões em valor de mercado.
No ano, a Bovespa também fechou no vermelho, perdendo 2,91%.

 

Do G1, em São Paulo


As ações da Petrobras fecharam o ano em queda, com perda de 37,6% no valor das ações preferenciais, segundo dados da Economatica. 

As ações ordinárias (sem direito a voto) tiveram desvalorização de 37,9%.

Além disso, a empresa perdeu R$ 87,182 bilhões em valor de mercado, caindo de R$ 214,688 bilhões em 2013 para R$ 127,506 bilhões em 2014.



Arte problemas Petrobras (Foto: Editoria de Arte/G1)
No último pregão do ano, nesta terça-feira (30), as ações ordinárias da Petrobras caíram 2,84%. 

A Bovespa terminou o dia no vermelho, após um início sem tendência definida. 

Em 2014, a bolsa brasileira acumulou queda de 2,91%.

O Ibovespa, principal índice da bolsa, caiu 1,16% nesta terça, a 50.007 pontos. Veja a cotação

No dia 30 de dezembro de 2013, o indicador havia fechado a 51.507 pontos, com uma queda anual de 15,5%.

No centro de um escândalo de corrupção, a Petrobras informou na véspera que divulgará em janeiro do próximo ano o balanço do terceiro trimestre de 2014, sem o relatório do auditor externo. 

Inicialmente, o resultado financeiro do período entre julho e setembro estava previsto para ser publicado no dia 14 de novembro. 

Naquela data, a estatal citou a operação Lava Jato – que investiga denúncias de corrupção na empresa – para justificar o adiamento em um mês da divulgação dos dados, que deveriam ser ajustados com base nas investigações.

A companhia pode entrar em default técnico (como é chamado o descumprimento de contrato) em algumas de suas dívidas externas se credores aderirem a uma campanha para forçá-la a acelerar as possíveis baixas contábeis devido ao gigante escândalo de corrupção que envolve a petroleira.
 
"A situação é muito preocupante para a maior empresa do Brasil, e o curto prazo continua bastante sombrio", disse o analista Marco Aurelio Barbosa, da CM Capital Markets, em nota a clientes.

Estatais caem, bancos sobem


De acordo com dados da Economatica, a Vale também fechou o ano no vermelho, com queda de 36,82% no valor das ações preferenciais e de 34,55% nas ordinárias. 


O valor de mercado da mineradora encolheu R$ 70,526 bilhões, passando de R$ 178,163 bilhões em 2013 para R$ 107,637 bilhões neste ano.

As ações preferenciais da Eletrobras também terminaram 2014 com desvalorização, caindo 22,5%. 


Já os papéis ordinários subiram 4,34% no ano. 

A empresa perdeu R$ 541 milhões em valor de mercado, passando de R$ 9,018 bilhões em 2013 para R$ 8,477 bilhões neste ano.

Os bancos fecharam no azul. 


O Bradesco teve alta de 25,45% nas ações preferenciais e de 11,35% nas ordinárias, aumentando seu valor de mercado em R$ 17,451 bilhões. 

Em 2013, o valor era de R$ 128,085 bilhões, e neste ano foi para R$ 145,536 bilhões.

O ItaúUnibanco teve ganho de 25,3% nas ações preferenciais e de 24,78% nas ordinárias. 


O valor de mercado do banco subiu R$ 32,483 bilhões, passando de R$ 150,611 bilhões para R$ 183,094 bilhões.

A alta das ações do Banco do Brasil foi menor, de 4,21%. 


No ano, o valor de mercado do banco diminuiu R$ 2,044 bilhões, caindo de R$ 68,533 bilhões para R$ 66,489 bilhões.

Melhores e piores

Veja a seguir as ações que tiveram os melhores e os piores desempenhos no ano, de acordo com levantamento da Economatica, considerando o período de 31 de dezembro de 2013 a 29 de dezembro de 2014. 


A lista levou em conta papéis que compõem a carteira teórica do Ibovespa:


Melhores Retorno ao ano (%)* Piores Retorno ao ano (%)*
Kroton/ KROT3 75,17 Oi/ OIBR4 -75,82
Marfrig/ MRFG3 53,75 Usiminas/ USIM5 -63,41
Gol/ GOLL4 43,03 Rossi Residencial/ RSID3 -59,71
Cetip/ CTIP3 40,82 Siderúrgica Nacional/ CSNA3 -58,13
BB Seguridade/ BBSE3 38,21 PDG Realt/ PDGR3 -52,49
Lojas Americanas/ LAME4 37,64 Gerdau Met/GOAU4 -50,79
Cesp/ CESP6 34,11 Gerdau/ GGBR4 -46,41
Embraer/ EMBR3 33,12 Gafisa/ GFSA3 -37,67
BRF SA/ BRFS3 31,74 Bradespar/ BRAP4 -37,11
JBS/ JBSS3 31,53 Vale/ VALE5 -36,53
* Retorno do fechamento de 31/12/2013 a 29/12/2014. Fonte: Economatica
 
Baixo volume
 

Os principais índices acionários mantinham a tendência de oscilações modestas e baixo volume no penúltimo pregão do ano. 

"O mercado está sem liquidez e qualquer fluxo dita um movimento", disse à Reuters o gestor Joaquim Kokudai, da Effectus Investimentos.

"Ao mesmo tempo, o mercado está terminando 2014 'cansado', com um quadro ruim da economia. 

A contratação de Joaquim Levy para chefiar a equipe econômica trouxe alento, mas todos aguardam se ele conseguirá resolver. 

É como um time de futebol que foi rebaixado e trouxe um craque para a próxima temporada."

Na véspera, no penúltimo pregão de 2014, a bolsa brasileira fechou em alta, à medida que os índices norte-americanos ficaram próximos das máximas. 

O resultado de novembro das contas públicas, que apresentou o pior dado para o mês em 18 anos, esteve no foco. 

O Ibovespa subiu 0,90%, a 50.593 pontos.

Dólar
A moeda norte-americana fechou em queda frente ao real nesta terça-feira (30), na última sessão do ano. 


A desvalorização foi de 1,78%, a R$ 2,6587 na venda. 

Em 2014, a moeda acumulou valorização de 12,78%, em relação ao fechamento de 2013, no dia 30 de dezembro, quando o dólar encerrou cotado a R$ 2,3575. 

A maior cotação do ano foi de R$ 2,7355, no último dia 16 de dezembro.